segunda-feira, 30 de março de 2020

Dinheiro gasto na construção do Estádio Mané Garrincha daria para comprar mais de 30 mil respiradores

30 de março de 2020
Não deixa de ser uma ironia que o estádio Mané Garrincha se torne um hospital de campanha para receber pacientes da Covid-19. Imaginem o que se poderia fazer na saúde pública com os R$ 2 bilhões usados na construção. Nunca ficou tão evidente que esse dinheiro poderia salvar vidas. Seria suficiente para comprar mais de 30 mil respiradores, equipamento fundamental nos casos críticos de Covid-19. 

Dinheiro vai fazer falta
A Operação Lava-Jato de Curitiba recuperou mais de R$ 4 bilhões que circularam no esquema de corrupção da Petrobras. Essa é apenas uma parte, a que retornou aos cofres públicos. Essa bolada vai fazer falta na solução para a pandemia de coronavírus no país. Pelo Twitter, o coordenador da força-tarefa, Deltan Dallagnol, chamou a atenção para o colapso que pode ocorrer no Brasil: a falta de leitos hospitalares no auge da pandemia. O Brasil tem 1,95 leitos para cada mil habitantes. Na Itália, o caos mundial, tem 3,2. 
Coluna Eixo Capital/Por Ana Maria Campos 

Fonte: Correio Braziliense

Nenhum comentário:

Postar um comentário