sexta-feira, 15 de novembro de 2019

Messi marca, e Brasil perde para a Argentina, na pior sequência de resultados desde 2012

15 de novembro de 2019
A derrota para a Argentina iguala sequência de resultados do fim da passagem de Mano Menezes e início da volta de Felipão na Seleção. Na ocasião, o Brasil empatou com a Colômbia (1 x 1), perdeu para a Argentina (1 x 2), as duas partidas com Mano, perdeu para a Inglaterra (1 x 2), e empatou com Itália (2 x 2) e com a Rússia (1 a 1). Nesta sequência, o Brasil empatou com a Colômbia (2 a 2), perdeu para o Peru (0 a 1), empatou com Senegal e Nigéria, e agora perdeu para a Argentina. 

Poucas chances
Gabriel Jesus sofreu pênalti e perdeu mais um - foi o terceiro erro nos último quatro cobrados. Messi foi derrubado por Alex Sandro, perdeu a cobranças, mas no rebote de Alisson marcou. Não foi uma partida de muitas chances, como é comm em muitos clássicos. Tite promoveu duas mudanças na equipe, com Paquetá na vaga de Coutinho e Militão no lugar de Marquinhos. O zagueiro do Real foi bem, mas o meia do Milan pouco criou. Finalizou uma vez sem força. Na segunda etapa, Coutinho voltou e criou boa jogada para Jesus, mas foi só. Depois, a Argentina retomou controle da partida e poderia ter marcado. Lautaro perdeu chance clara. E o Brasil só pressionou no fim. Tite colocou Renan Lodi e ainda promoveu estreias de Rodrygo e Wesley, mas o time brasileiro pouco ameaçou.
Fonte: Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário