quinta-feira, 9 de maio de 2019

Mãe é presa após "vender" a filha de 11 anos a estuprador por R$ 263,00, na Argentina

09 de maio de 2019
Uma mãe argentina de 42 anos foi presa após entregar sua filha, de 11 anos, para ser estuprada em troca de cerca de R$ 263. O homem que pagou a quantia e cometeu o abuso sexual também foi preso. O estupro aconteceu na casa da família, em La Banda, na província de Santiago del Estero, na Argentina. Segundo o jornal local Clarín, as investigações do caso tiveram início somente após uma tia da vítima ouvir seu relato e levar o abuso às autoridades. À polícia, a menina contou que viu o momento que a mãe recebeu o pagamento do homem, que é amigo do padrasto dela. Na sequência, a mulher teria deixado os dois a sós em casa com a desculpa de ir buscar lenha. Quando a mãe voltou, o abuso já havia acontecido e foi relatado pela criança, mas ela acusou a filha de estar mentindo e disse que não prestaria queixa contra o homem. Após a denúncia da tia, a criança passou por exames que identificaram lesões compatíveis com abuso sexual. Traumatizada, a criança tentou se jogar da janela do hospital e, dias antes, tentou se matar de outro jeito. Com a prisão da mãe, a menina e o irmão dela, de dois anos, foram levados para morar com a avó. A mulher e o agressor ficarão à disposição da Justiça de Santiago del Estero até o fim das investigações.

Fonte: Rede TV/UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário