sábado, 20 de abril de 2019

Valdiram, ex-atacante do Vasco, é encontrado morto em São Paulo

20 de abril de 2019
Valdiram Caetano de Morais, de 36 anos, foi encontrado morto e com sinais de espancamento pelo corpo em uma rua na região de Santana, zona norte de São Paulo. Valdiran foi atacante do Vasco e enfrentava problemas com alcoolismo e drogas. A informação foi confirmada pelo Lance!. Segundo a Polícia Militar, uma equipe foi atender uma chamada sobre um morador de rua morto. Quando os policiais chegaram no local, encontraram o corpo do ex-jogador caído na calçada e com sinais de agressão. Os policiais militares chegaram a acionar o serviço de resgate médico, que constatou o óbito. A Agência Record apurou que o corpo está no IML-Norte (Instituto Médico Legal Norte) aguardando por um familiar para reconhecer o corpo e cuidar dos trâmites legais. O caso foi registrado no 13° DP (Casa Verde).

Fonte: R7 Esportes

17ª Corrida Tiradentinhos acontecerá neste domingo em Juazeiro-BA

20 de abril de 2019
Se a 35ª Meia Maratona Tiradentes, em Juazeiro-BA, teve as inscrições prorrogadas até o final deste mês, a 17ª Corrida Tiradentinhos está confirmadíssima para este domingo (21), às 8h. Promovida pela prefeitura municipal através da Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes, a prova terá largada na Rua Tiradentes, Bairro Santo Antônio, Centro da cidade. O evento, que tem como objetivo estimular a garotada para a prática da atividades físicas e educar através do esporte, surgiu na década de 80, por iniciativa dos moradores da Rua Tiradentes, e faz parte do calendário esportivo do município há 10 anos, além de ser registrado na Superintendência de Esportes da Bahia (Sudesb). “Cerca de 300 crianças e adolescentes, entre 7 e 14 anos, participam da Corrida Tiradentinhos, e a gente considera um grande sucesso a realização. A prova precede a Meia Maratona e é também uma oportunidade para que os pequenos possam mostrar seus talentos“, frisa o superintendente de Esportes, Gilberto Pacheco. A Tiradentinhos é dividida em quatro baterias; os primeiros colocados de cada categoria (masculino e feminino) recebem uma bicicleta, além de brindes e troféus. Os demais participantes ganham medalhas de participação. Vale ressaltar que a competição tem apoio de educadores físicos, assim como a parceria do Corpo de Bombeiros e do Samu. “Nossa preocupação vai desde o lanche e a água, até a segurança com a saúde. O investimento no desporto do município é amplo e contempla o esporte educacional, profissional e amador”, conclui Pacheco.

Fonte: Blog do Carlos Britto

Policiais militares da 76ª CIPM prendem em Juazeiro-BA acusado de homicídio menos de 24 horas após o crime

20 de abril de 2019
De acordo com informações policiais, um homem foi preso em flagrante neste Sábado (20), após a Polícia Militar averiguar uma denúncia através do 190, dando conta de que o acusado de ter cometido um homicídio a menos de 24 horas no Bairro Jardim São Paulo, em Juazeiro-BA, estaria homiziado em uma residência no mesmo bairro. Diante da denúncia as viaturas realizaram deslocamento até o local e após uma busca minuciosa conseguiram encontrar o acusado Iata Anderson dos Santos, que confessou aos policiais que efetuou vários disparos de arma de fogo contra a pessoa de nome Fábio Lopes, que veio a óbito no local. O acusado foi encaminhado até à 17ª Coorpin para registro dos fatos, sendo a ocorrência direcionada para o Flagrante, pois ainda não havia se passado as 24 horas. O acusado recebeu voz de prisão em flagrante pelo crime de homicídio com agravante, pois o mesmo estava na “Saidinha da Semana Santa”. Na Delegacia foi verificado que ele é reincidente no crime de homicídio e estando cumprindo uma pena de 13 anos dos 15 anos ao qual foi condenado. Participaram da ocorrência as viaturas 7601, 7604, 7603, Rondesp e PETO 76 em apoio.
Ascom PMBA/76ª CIPM/Imagem: Reprodução/PMBA

Fonte: Blog Diniz K-9

11 mitos e verdades sobre o cérebro

20 de abril de 2019
Será que realmente só usamos um décimo de nossa capacidade cerebral? 
“É você olhar no espelho, se sentir um grandesíssimo idiota/ Saber que é humano, ridículo, limitado/ E que só usa 10% de sua cabeça animal”, cantou Raul Seixas em “Ouro de tolo”. O roqueiro baiano tinha razão em falar que nós humanos somos limitados (e ridículos?). Mas, será que realmente só usamos um décimo de nossa capacidade cerebral? Confira o que dizem os especialistas sobre os “neuromitos” que circulam por aí. 

1. "Não é preciso estudar ao longo do semestre, somente na véspera da prova". 
MITO 
“Está provado até através de testes em abelhas e ratos que um treinamento espaçado, de cinco vezes por semana, por exemplo, é melhor do que um treinamento massivo em um só dia. Ou seja, a exposição ao conteúdo ao longo do semestre é muito melhor para o aprendizado”, diz o neurocientista Sidarta Ribeiro. 

2. "Só precisamos de cinco horas de sono". 
DEPENDE 
“Na verdade cada um precisa de uma quantidade própria. Em média, esse tempo costuma ser de no mínimo seis horas. O sono é importante para a recuperação dos neurônios e até para prevenção de doenças como o Alzheimer ”, afirma Ribeiro. 

3. "Soneca melhora o aprendizado". 
VERDADE
“O sono deveria ser trazido para dentro da escola das crianças pois é essencial para o aprendizado”, diz Sidarta Ribeiro. “É importante tanto para preparar o cérebro para o conteúdo novo, quanto para fixar e consolidar a memória.” 

4. "O cérebro não cria novos neurônios". 
MITO
“Isso caiu por terra há tempos. Hoje se sabe que enquanto a pessoa estiver viva ela tem capacidade de criar novas sinapses e novos neurônios de fato”, diz a pesquisadora Julie Weingartner. 

5. "Para tocar bem um instrumento musical, só se começar na infância." 
VERDADE 
“Ainda existe muito essa lenda, mas já sabemos que há uma plasticidade neural em graus muito avançados, independentemente da idade. Ou seja, podemos sempre aprender coisas novas. A vantagem de crianças e adolescentes é que elas tem uma velocidade muito maior nesse processo”, afirma Weingartner. 

6. "É impossível sentir dor no cérebro". 
VERDADE 
De acordo com uma lista de curiosidades sobre o cérebro elaborada pelo Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino (IDOR), esse órgão não possui receptores responsáveis pela sensação de dor. Por isso algumas cirurgias cerebrais podem ser feitas com o paciente acordado. 

7. "Cada área cerebral tem uma função". 
MITO 
Segundo o IDOR, hoje sabemos que o cérebro funciona em rede, com várias áreas atuando em conjunto. 

8. "Possuímos trilhões de neurônios". 
VERDADE
O número de sinapses, que são as conexões entre os neurônios, gira em torno de 500 trilhões, de acordo com o IDOR. 

9. "Atividades em grupo fazem bem ao cérebro". 
DEPENDE 
“Existem diferentes perspectivas e teorias sobre isso. A primeira argumenta que o ritual não é importante ou benéfico para o bem-estar mental ou físico, e que as pessoas perdem muito tempo e energia que poderiam ser gastas de forma mais produtiva. Também facilitaria a divulgação de informações falsas ou erradas e a disseminação de rumores. Por outro lado, há um grande número de teóricos que argumentam que os rituais têm efeitos positivos no bem-estar mental e físico ao ligar as pessoas umas às outras. Há fortes evidências de que laços sociais ajudam as pessoas a levarem vidas mais felizes e saudáveis.”, afirma o neurocientista Ronald Fischer. 

10. "A genética pode influenciar em nosso comportamento". 
DEPENDE 
“Nós carregamos conosco um conjunto de genes específicos que nos predispõem a tornar alguns comportamentos ou hábitos mais fáceis ou mais difíceis de adquirir. No entanto, como esses genes se desenvolvem, vai depender do ambiente. Portanto, as condições culturais são realmente importantes para entender como os processos neuropsicológicos estão sendo traduzidos em comportamentos”, afirma Fischer. 

11. "Usamos apenas 10% do nosso cérebro". 
MITO
Segundo o IDOR, ao contrário do que se acredita, não usamos apenas 10% do cérebro: ele está sempre em atividade plena.
Imagem: iBahia

Fonte: Agência O Globo/iBahia

Governo Federal lança Programa Ciência na Escola

20 de abril de 2019
Os ministérios da Educação (MEC) e da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) lançaram nesta semana o programa Ciência na Escola. O objetivo da iniciativa é qualificar o ensino de temas relacionados à disciplina em escolas públicas, nos ensinos fundamental e médio. Serão disponibilizados R$ 100 milhões para instituições apresentarem projetos visando a estimular essa temática nos bancos escolares. Poderão concorrer a esses recursos redes de instituições que envolvam escolas, universidades, centros de ciência e espaços de desenvolvimento científico e inovação. As verbas serão distribuídas em diferentes escalas de projetos, como estadual (R$ 4 milhões), interestadual (R$ 10 milhões) e regional (R$ 20 milhões). Os ministérios anunciaram outros projetos dentro do programa. As pastas vão ampliar a Olimpíada Nacional de Ciências, atualmente uma iniciativa do MCTIC em parceria com a Universidade Federal do Piauí. O investimento previsto é de R$ 1 milhão. A meta é ampliar o escopo da competição e chegar a 1 milhão de alunos de diferentes estados. Entre as medidas está prevista também uma chamada pública para destinar recursos a pesquisadores com estudos relacionados ao tema, com foco no ensino de matérias dos anos finais do ensino fundamental e do ensino médio. O Objetivo é disseminar a prática científica e aproximar universidades, instituições científicas e tecnológicas e escolas públicas. Os ministérios vão implementar uma plataforma que ganhou o nome de “Ciência é 10”, voltada à qualificação de professores em assuntos vinculados à área. Professores poderão fazer especialização a distância em ensino de ciências. Além disso, outra plataforma foi desenvolvida pela Rede Nacional de Pesquisa para facilitar o acompanhamento das ações do conjunto do programa.

Fonte: Tribuna da Bahia

Álcool será restringido nos estádios durante a Copa América

19 de abril de 2019
O torcedor que for aos estádios assistir à Copa América 2019 terá seu consumo de bebidas alcoólicas restringido. Sem uma Lei Geral que autorize dribles na legislação, a organização do torneio terá de ceder à nova regra. “Vamos seguir as leis de cada estado”, afirmou Thiago Jannuzzi, gerente geral do Comitê Organizador Local (COL). Assim, nas partidas que serão disputadas em Porto Alegre e São Paulo não será vendida cerveja nos estádios. Em Belo Horizonte, a lei atual permite a comercialização até o intervalo dos jogos, mas tramita na Assembleia Legislativa mineira um projeto para liberar durante toda a partida. Apenas Salvador e Rio de Janeiro não terão nenhum tipo de restrição. Segundo Jannuzzi, o COL vai interferir o mínimo possível nos estádios da Copa América. Eles manterão suas atividades rotineiras e em maio, 30 dias antes da competição, o gramado do estádio entrará num período de preparação final para a competição. Será resguardado e avaliado periodicamente até o início do torneio. “Durante a competição, o comitê terá 100% de controle sobre os estádios nos dias de jogo e véspera de jogo. Nos demais dias, haverá um uso compartilhado”, afirmou. Os locais de treino estão em definição, depois de uma série de visitas técnicas do COL a locais de cada cidade-sede. Os campos de treino serão nas cidades-sede. Segundo Jannuzzi, o primeiro deles, em São Paulo, estará funcionando a partir do dia 11 de junho. Pelo regulamento, cada seleção precisa chegar à sede com três dias de antecedência. “Mas vale lembrar que as seleções podem escolher qualquer local para fazer o seu período de aclimatação, antes do início da Copa América”, explicou. Jannuzzi afirmou que o COL não tem encontrado resistência de clubes e municípios. A entidade tem trabalhado em conjunto com as forças públicas de segurança das cinco cidades-sede e do governo federal em um plano de segurança para o torneio. “A receptividade e o desejo de participar de alguma forma da Copa América tem sido grande por parte de todos.” Até o momento, a venda de ingressos superou 350 mil unidades, o que foi classificado como “satisfatório” por Jannuzzi. A expectativa é atrair mais de 1 milhão de torcedores. O canal oficial de venda é o portal copaamerica.com. “A tendência é de aumento da procura com a proximidade da competição. Além do Brasil, torcedores de 98 países já compraram entradas”, afirmou. 
Com Estadão Conteúdo

Fonte: Veja

Grávida de 7 meses morre afogada ao tentar salvar filho de 5 anos em represa

19 de abril de 2019

Grávida de sete meses, a jovem Camila Bianca Pereira da Silva, de 24 anos, morreu na tarde de quinta-feira (18) ao tentar salvar o filho, Erick Miguel da Silva Alves, de cinco anos, após se desequilibrar ao brincar e cair em uma área funda na represa de Jurumirim, em Avaré, no interior de São Paulo. Além da mulher, o menino e o bebê também morreram no acidente. Ao portal da RedeTV!, o Corpo de Bombeiros de Avaré (SP), a criança chegou a ser socorrida antes da mãe, que só foi retirada com a chegada dos bombeiros - que realizaram o resgate, tentaram reanimá-la e a encaminharam para o Pronto Socorro de Avaré. Já sem sinais vitais, Camila morreu ao dar entrada no local. A criança que ela esperava, uma menina, também não pôde ser salva. O menino foi socorrido por outras pessoas no local e levado pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) ao mesmo hospital. Ele também não resistiu. Ainda conforme os bombeiros informaram ao portal da RedeTV!, o acidente aconteceu em um local conhecido como Prainha de Itaí, que é uma área rasa e geralmente usada para o lazer por moradores da região. A profundidade do local é de 1,5 metro, mas a criança caiu numa parte onde havia um buraco, cuja profundidade chegava a 2,5 metros. Nas redes sociais, amigos e familiares publicaram fotos de Camila e Erick e lamentaram a tragédia. "Minha irmã e sobrinhos, que Deus receba vocês de braços abertos. Não tenho palavras para expressar tamanha dor. Não deu tempo de fazer a visita que eu havia te prometido minha irmã, tantas palavras que não foram ditas, tantas saudades. Descanse em paz, meus anjos", escreveu a irmã da mulher. "O minha filha, que Deus te dê um bom lugar pra você meu neto e minha netinha, que não pudemos conhecer. Infelizmente, não tivemos muito tempo juntos mas sempre vou amar vocês. Um dia a gente se reencontra. Luto profundo. Filha, vai com Deus", publicou o pai de Camila. Os corpos devem passar por exame no Instituto Médico Legal (IML) de Avaré ainda nesta sexta-feira (19) e serão velados a partir das 17h, no Velório Municipal de Avaré. O enterro será realizado no Cemitério Municipal de Avaré. O caso foi registrado e as circunstâncias do acidente serão investigadas pela Polícia Civil.
Por Sara Oliveira

Fonte: Rede TV

Por que peixe não é considerado carne durante a Quaresma?

18 de abril de 2019
Para os cristãos, a quaresma é o período litúrgico de preparação para a Páscoa. Ela é uma época de viver de forma simples, praticar o jejum, a abstinência, a reflexão espiritual e a penitência. Mas, também é o período de trocar o Big Mac por um McFish. Mesmo que peixe, teoricamente, também seja carne. A tradição de não comer carne nas sextas-feiras da quaresma vem para “honrar” o sacrifício que Cristo fez. A maioria dos cristãos associa a data aos 40 dias que Jesus passou em jejum no deserto, sendo atormentado pelo demônio, antes de começar sua vida pública e se apresentar como um profeta de Deus. Na verdade, a duração da Quaresma nem está diretamente ligada a isso: ela é baseada na simbologia que o número quarenta possui na Bíblia — quarenta dias do dilúvio, quarenta anos de peregrinação do povo judeu pelo deserto, quarenta dias e Moisés e de Elias na montanha, 400 anos que durou o exílio dos judeus no Egito, etc. Desde a antiguidade, a carne vermelha foi símbolo de opulência e celebração. Por isso, consumi-la durante a Quaresma não faz jus às práticas humildes desta época. Mesmo assim, isso não responde por que apenas carnes vermelhas e aves são proibidas, enquanto peixe é liberado. E é aqui que entram Paulo e São Tomás de Aquino. 

As explicações religiosas
Na primeira carta de Paulo aos Coríntios, ele escreveu: “Nem todas as carnes são iguais: uma é a dos homens e outra a dos animais; a das aves difere da dos peixes” (15:39). A distinção foi possivelmente tirada das próprias restrições alimentares do judaísmo, que separam os próprios peixes em dois grupos, de “permitido” e “proibido”. O peixe para a dieta judaica só é um alimento considerado “limpo” e adequado se tiver barbatanas e escamas – é o caso do atum e do salmão, mas não de tubarões, bagres e enguias, por exemplo. Entre os bichos terrestres, a regra é que o bicho seja ruminante e tenha os cascos fendidos em duas partes. Então vale carne de vaca, mas não de porco… Nem de camelo. Nem de coelho. Mas nada disso tinha ligação com a quaresma, em si. Vamos então ao século XIII, quando a separação de carne vs. peixe se estabeleceu de vez. São Tomás de Aquino dá outra explicação, em seu texto “Suma Teológica II”. Segundo ele, a regra tinha a ver… com evitar prazer e sexo (!). “O jejum foi instituído pela Igreja a fim de refrear as concupiscências da carne, que consideram os prazeres do toque em relação à comida e ao sexo. Portanto, a Igreja proibiu aqueles que jejuam de comer alimentos que proporcionam mais prazer ao paladar (…) e que seu consumo resulta em um maior excedente de matéria seminal, que quando abundante se torna um grande incentivo à luxúria.” Tradução: eles acreditavam que comer refeições mais “parrudas”, com carne vermelha, não só eram mais gostosas, como aumentavam a produção masculina de sêmen. E esse aumento levaria a uma libido maior (o que, vale lembrar não é verdade, não é ciência, era apenas o entendimento religioso da época). Mas não só as carnes vermelhas foram proibidas. São Tomás de Aquino adverte que o frango também proporciona prazer, já que também é um animal de “sangue quente” e da terra, diferenciando-se do peixe. 

Flexibilização das crenças — e carnes
Apesar dessas explicações, há quem acredite que, na verdade, essa restrição veio de interesses particulares do Vaticano, grande proprietário de comércios marítimos. E eles flexibilizaram as regras ao longo dos anos, de acordo com determinadas conveniências. No século XVII, o bispo do Quebec decidiu que os castores eram peixes. Em vários dos nosso vizinhos da América Latina, não há problema em comer capivara —aparentemente também um “mamífero aquático” para a Igreja — nas sextas-feiras da Quaresma. E, em 2010, o arcebispo de Nova Orleans deu positivo a carne de jacaré quando declarou: “O jacaré é da família dos peixes”. E essas restrições na dieta só se aplicam aos cristãos católicos: graças ao rei Henrique VIII e a Martinho Lutero, os protestantes não precisam se preocupar com o bacalhau do domingo. Quando Henrique reinou, o peixe era um dos pratos mais populares da Inglaterra. Mas quando ele se separou da Igreja Católica, consumir peixe nesse período se tornou uma declaração política pró-católica. Os anglicanos e os simpatizantes do rei, então, faziam questão de comer carne nas sextas-feiras da Quaresma. Na mesma época, Martinho Lutero declarou que o jejum dependia do indivíduo, não da Igreja. Mas essas atitudes prejudicaram bastante o setor pesqueiro da Inglaterra. Em 1547, o filho de Henrique, o rei Eduardo VI tentou restabelecer o jejum de carne para melhorar a economia do país – pelo menos para os peixeiros. Alguns anglicanos até retomaram a prática, mas os protestantes nunca morderam totalmente a isca.

Fonte: Super Interessante

UEFA divulga datas das semifinais da Champions

18 de abril de 2019
A Uefa definiu as datas dos jogos das semifinais da Liga dos Campeões da Europa. Tottenham e Ajax serão os responsáveis por abrir as partidas decisivas e fazem o jogo de ida em 30 de abril, na Inglaterra. Barcelona e Liverpool se enfrentam no dia 1º de maio na Espanha. Os confrontos de volta acontecem na semana seguinte. No dia 7 de maio, o Liverpool recebe o Barcelona no estádio Anfield para o segundo jogo da semifinal. Enquanto que o Ajax será o anfitrião no confronto contra o Tottenham no dia 8 do mesmo mês, na Amsterdam Arena. Todas as partidas serão às 16h (de Brasília). Na última terça-feira, o Barcelona venceu o Manchester United por 3 a 0 na partida de volta após o triunfo por 1 a 0 no primeiro duelo. Ontem, o Liverpool goleou o Porto por 4 a 1 e se garantiu nas semis depois da vitória por 2 a 0 na volta. Também em 16 de abril, o Ajax derrotou a Juventus por 2 a 1 fora de casa no jogo de volta. Na ida, a equipe holandesa empatou por 1 a 1 com a Velha Senhora. Ontem, o Tottenham conseguiu a vaga nas semis mesmo depois de perder por 4 a 3 para o Manchester City na volta, já que triunfou por 1 a 0 na partida de ida. 

Confira as datas dos confrontos:

Jogos de ida
Tottenham x Ajax - 30/04 
Barcelona x Liverpool - 1/05 

Jogos de volta
Liverpool x Barcelona - 7/5 
Ajax x Tottenham - 8/5

Fonte: UOL

Mulher é presa após atear fogo em morador de rua, no Distrito Federal

18 de abril de 2019
Uma mulher de 25 anos foi presa em flagrante na tarde de quarta-feira (17), suspeita de atear fogo em um morador de rua, no Setor Central da região administrativa, no Distrito Federal. A suspeita, que também vive em situação de rua, relatou a polícia que estava sob efeito de álcool e outras drogas, quando jogou o líquido inflamável em cima do homem. A motivação do crime, ainda de acordo com o relato da mulher, é que o rapaz teria se recusado a comprar mais bebidas alcoólicas. O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado para socorrer a vítima, que, segundo publicação do Correio Braziliense, teve 36% do corpo queimado, com maioria das lesões de 2º grau. A mulher pode pegar até 30 anos de prisão.

Fonte: Leia Mais

Corrida na praia, no parque ou na esteira? Confira as diferenças

18 de abril de 2019
Algumas preferem correr na esteira, outras preferem ao ar livre, seja no parque ou na praia. Mas, apesar de ser a mesma modalidade, cada tipo de solo traz um impacto diferente ao corpo, o que é a diferença principal entre os exercícios. A esteira possui um sistema de amortecimento próprio, o que evita problemas nas articulações. Além disso, oferece um monitoramento que permite calcular o tempo, distância percorrida e frequência cardíaca. Já correr no parque requer alguns cuidados. A primeira coisa a se observar é a escolha do tênis. Ele precisa ser específico para seu tipo de pisada, já que sem esse detalhe as lesões se tornam mais comuns. Além disso, é recomendável fazer exercícios ao ar livre em horários em que o sol esteja mais baixo. A areia tem outros diferenciais. É essencial comprar uma sapatilha de neoprene para evitar cortar o pé pisando em alguma lada, por exemplo. Nesse tipo de treino, a musculatura da panturrilha é muito exigida por conta da areia. O ideal é que se reforce a musculatura na academia para que consiga suportar a sobrecarga.

Fonte: iBahia

Cérebro pode ser treinado para curar doenças, revela estudo

 18 de abril de 2019

O cérebro pode ser treinado para curar as doenças que o acometem. Cientistas brasileiros acabam de apresentar uma técnica de treinamento cerebral capaz de modificar as conexões neuronais em tempo recorde. O trabalho, publicado na Neuroimage, abre o caminho para novos tratamentos para o acidente vascular cerebral (AVC), a doença de Parkinson e até a depressão. O cérebro se adapta a todo momento - um fenômeno conhecido como neuroplasticidade. Essas mudanças na forma como funciona e conecta suas diferentes áreas são as bases do aprendizado e da memória. Entender melhor essas interações permite o avanço na compreensão do comportamento humano, das emoções e também das doenças que acometem o cérebro. "Tudo o que a gente é, faz, sente, todo o nosso comportamento é reflexo da maneira como o nosso cérebro funciona", explica o neurocientista Theo Marins, um dos autores do estudo. Algumas doenças, segundo o especialista, alteram esse funcionamento. E o cérebro passa a funcionar de maneira doente. "Ensinar" o cérebro a funcionar de maneira correta pode melhorar os sintomas de várias doenças. Uma das ferramentas que vem sendo utilizadas para compreender melhor essas dinâmicas é o neurofeedback. Assim é chamado o treinamento do cérebro para modificar determinadas conexões. O estudo dos neurocientistas do Instituto IDOR de Ensino e Pesquisa e da UFRJ mostrou que o treinamento é capaz de induzir essas modificações em menos de uma hora. Para fazer o trabalho, os cientistas contaram com 36 voluntários que se submeteram a exames de ressonância magnética. A atividade neuronal captada no exame é transformada em imagens apresentadas em computadores de acordo com a intensidade. Os voluntários acompanhavam as imagens em tempo real, aprendendo a controlar a própria atividade cerebral. Enquanto 19 participantes receberam o treinamento real, outros 17 foram instruídos com falsa informação - o que funcionou como uma espécie de placebo. Antes e depois do treino, os pesquisadores registraram as imagens cerebrais que permitiam medir a comunicação (a conectividade funcional) e as conexões (a conectividade estrutural) entre as áreas cerebrais. O objetivo era observar como as redes neurais eram afetadas pelo neurofeedback. 

Antes e depois
Ao comparar a arquitetura cerebral antes e depois do treinamento, os cientistas constataram que o corpo caloso (a principal ponte de comunicação entre os hemisférios esquerdo e direito) apresentou maior robustez estrutural. Além disso, a comunicação funcional entre as áreas também aumentou. Para os pesquisadores, é como se o todo o sistema tivesse se fortalecido. "Sabíamos que o cérebro tem uma capacidade fantástica de modificação. Mas não tínhamos tanta certeza de que era possível observar isso tão rapidamente", conta Marins. Desta forma, o treinamento cerebral se revelou uma ferramenta poderosa para induzir a neuroplasticidade. Agora, os pesquisadores esperam utilizá-lo para promover as mudanças necessárias para recuperação da função motora em pacientes que sofreram um AVC, que foram diagnosticados com Parkinson e mesmo com depressão. "O próximo passo será descobrir se pacientes que sofrem de desordens neurológicas também podem se beneficiar do neurofeedback, se ele é capaz de diminuir os sintomas dessas doenças", disse a médica radiologista Fernanda Tovar Moll, presidente do IDOR. "Ainda falta muito para chegarmos a protocolos específicos. Quanto mais entendermos os mecanismos, mais terapias poderemos desenvolver."
As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

Fonte: Estadão Conteúdo/Viva Bem

Ex-presidente do Peru comete suicídio na presença da polícia

18 de abril de 2019
O ex-presidente do Peru Alan García, 69 anos, atirou em sua própria cabeça após a polícia chegar à casa dele em Lima para prendê-lo. O caso aconteceu na manhã dessa quarta-feira (17). Ele era acusado de suborno em relação à empreiteira Odebrecht. García foi levado imediatamente ao hospital Casimiro Ulloa, mas não resistiu ao ferimento. A TV local informou que García passou por uma cirurgia de emergência e estava em situação crítica. Imagens do filho de García e de apoiadores chegando ao hospital foram exibidas na televisão peruana. 

Fonte: Reuters

Hemofilia é hereditária e afeta a coagulação do sangue

18 de abril de 2019

A hemofilia é um distúrbio genético e hereditário que compromete a capacidade do corpo em formar coágulos, tão necessários para interromper as hemorragias. Isso acontece quando há ausência de proteínas, substâncias que, dentre inúmeras funções, ajudam na coagulação. Quando uma pessoa corta alguma parte do corpo e começa a sangrar, são as proteínas que entram em ação para estancar o sangramento. Esse processo é chamado de coagulação. As pessoas portadoras de hemofilia, não possuem essas proteínas e sangram mais. "Não podemos esquecer que as pessoas também podem ter coagulações internas, como sangramentos espontâneos nas articulações ou nos músculos e podendo até levar a deficiência física, caso não seja tratado", destaca a Dra. Eveny Cristine Luna - hematologista - Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian (Humap) - Campo Grande (MS). Quem tem hemofilia, quando se machuca, permanece sangrando durante um tempo maior do que pessoas que não possuem o distúrbio. Também há casos que o sangramento pode ocorrer por vários dias, após um ferimento ou uma cirurgia. Outra característica de quem tem hemofilia é a baixa atividade dos fatores de coagulação. Existem 13 tipos diferentes de fatores de coagulação e os seus nomes são expressos em algarismos romanos. Pessoas com deficiência de atividade do Fator VIII, por exemplo, possuem hemofilia A. Aquelas com deficiência de atividade do Fator IX, possuem hemofilia B. As hemofilias A e B atingem predominantemente pessoas do sexo masculino, com mais de 40 anos e negros. 

Sintomas
Os sintomas mais comuns são os sangramentos prolongados. Esses sangramentos podem ser externos, como quando ocorrem cortes na pele, ou internos, quando o sangramento ocorre dentro das articulações, dentro dos músculos ou em outras partes internas do corpo. Como a coagulação nessas pessoas é muito lenta, ocorre grande derramamento de sangue nessas regiões provocando inchaço e dor. 

Diagnóstico
O diagnóstico de hemofilia deve ser pensado sempre que há histórico de sangramento fácil, após pequenos traumas, ou ainda se casos espontâneos, quando são formados hematomas subcutâneos nos primeiros anos de vida. Também é preciso ficar atendo ao sangramento muscular e/ou articular, em meninos acima de dois anos, ou mesmo com história de sangramento excessivo após procedimentos cirúrgicos ou extração dentária. "O diagnóstico de hemofilia pode ser detectado também na gestação, mas não é um exame pedido no pré-natal, ele pode ser feito, mas só é pedido em casos com histórico na família", fala Luna. Segundo a especialista, em até 30% dos casos pode não haver antecedente familiar de hemofilia. 

Tratamento
O SUS (Sistema Único de Saúde) oferece uma linha de cuidados de qualidade para tratar a hemofilia e prevenir suas complicações, que vai desde o diagnóstico correto e o atendimento aos pacientes e familiares por equipes multidisciplinares. Tudo orientado por protocolos específicos.

Fonte: Blog da Saúde/Viva Bem

terça-feira, 16 de abril de 2019

Trailer do Game Sekiro...

16 de abril de 2019
Fonte: You Tube

De onde veio a expressão "sem eira nem beira"?​

16 de abril de 2019
Fulano não tem eira nem beira, ou seja: não tem onde cair morto. A expressão veio de Portugal, de navio. A palavra eira vem do latim "area", significando um espaço de terra batida, lajeada ou cimentada, próximo às casas, nas aldeias portuguesas, onde se malhavam, trilhavam, limpavam e secavam cereais. Depois da colheita, os cereais ficavam ao ar livre e ao sol, a fim de serem preparados para a alimentação ou para serem armazenados. Quem possuísse uma eira era proprietário e produtor, com terras, casa e bens. Quer dizer que tinha riqueza, poder e status social, explica o professor de Língua Portuguesa Ari Riboldi. Já a beira é a aba da casa, aquela extensão do telhado que serve para proteger da chuva. "Quem não tem eira nem beira não é dono de terra nem de casa. Nos tempos atuais, é um sem-teto, um sem-terra. Diz-se de quem vive miseravelmente, na extrema pobreza", esclarece Riboldi. O professor conta que a expressão ganhou popularidade devido a sua rima e mostra a condição de uma legião cada vez maior de famintos e miseráveis, "na margem das cidades e das estradas, à espera de dias melhores". 
Foto: Istock

Fonte: Terra

Governo propõe salário mínimo de R$ 1.040 para o próximo ano

16 de abril de 2019
Pela primeira vez, o valor do salário mínimo ultrapassará R$ 1 mil. O governo propôs salário mínimo de R$ 1.040 para 2020, o que representa alta de 4,2% em relação ao atual (R$ 998). O valor consta do projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2018, apresentado hoje (15) pelo secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues. Até este ano, o mínimo era corrigido pela inflação do ano anterior medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) mais a variação do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e dos serviços produzidos no país) de dois anos anteriores. Como a lei que definia a fórmula deixará de vigorar em 2020, o governo optou por reajustar o mínimo apenas pela inflação estimada para o INPC. A LDO define os parâmetros e as metas fiscais para a elaboração do Orçamento do ano seguinte. Pela legislação, o governo deve enviar o projeto até 15 de abril de cada ano. Caso o Congresso não consiga aprovar a LDO até o fim do semestre, o projeto passa a trancar a pauta. O valor do salário mínimo pode subir ou cair em relação à proposta original durante a tramitação do Orçamento, caso as expectativas de inflação mudem nos próximos meses. 

Fonte: Agência Brasil

Comunitário Léo Vinícius divulga colocação da placa para início da obra da Ponte do Bairro Vale do Grande Rio, em Petrolina

16 de abril de 2019
"Venho mais uma vez agradecer ao Blog Diniz K-9, são 4 anos de parceria forte! 4 anos de pedidos e muitos atendidos através desse respeitado blog. Desta vez viemos divulgar a colocação da placa para início da obra da Ponte do Bairro Vale do Grande Rio, pedido antigo do líder comunitário Léo Vinícius."
Ass. LéoVinícius
Fonte: Blog Diniz K-9

Fratura por estresse: O que é, causas e como evitar o problema...

16 de abril de 2019
Os atletas vêm se esforçando cada vez mais para irem além das provas de 10 km e desafiar uma meia-maratona, mas nesse caminho, muitos vêm sendo acusados com fratura por estresse por consultórios especializados. Ana Paula Simões, mestre em ortopedia e traumatologia pela Santa Casa de São Paulo, informa que 10% das fraturas esportivas ocorrem por estresse. “As fraturas por estresse são causadas por uma multiplicidade de fatores. Mas o que mais vejo são pessoas que começaram a aumentar a planilha de treinos repentinamente”, diz. A fratura por estresse ocorre quando o osso é submetido a cargas muito intensas e não suporta tamanha pressão. A sobrecarga e o aumento do impacto fragilizam o osso a ponto de fazê-lo trincar e quebrar. Segundo Ana Paula, os pacientes acometidos por esse tipo de fratura frequentemente possuem algum grau de fraqueza muscular. “Se o músculo não tiver capacidade de absorver o impacto, a energia fica retida nos ossos, que perdem a capacidade de impulsionar o corpo”, completa. O peso é outro agente determinante. Muitos dos que praticam atividades físicas o fazem por causa do sobrepeso, que transfere essa sobrecarga à estrutura óssea. “Há outras causas, como variáveis genéticas, problemas hormonais, uso de drogas”, afirma a ortopedista. 

Fratura por estresse em mulheres é mais comum
Os casos também aumentam com o crescimento da participação feminina nas corridas. Em mulheres é mais comum a fratura por conta das alterações hormonais decorrentes da atividade esportiva. “As alterações hormonais associam-se as mudanças nutricionais. Em muitos dos casos, baixa bastante a entrada de minerais, que desencadeia o enfraquecimento do osso”, assinala Ana Paula. Evelyn Vaz do Amaral, de 40 anos, é uma das atletas que passaram pelo consultório de Ana Paula. Ela participou de uma prova dominical de 9 km, à qual somaria um trecho de treino de 5 km para cumprir 14 km. No sétimo quilômetro, as dores começaram a atacá-la e a ressonância mostrou uma fratura por estresse na tíbia. De acordo com Ana Paula, dependendo do grau da fratura, a recuperação não demanda tanto tempo e a cicatrização ocorre entre quatro e seis semanas. Evelyn ficará afastada dos treinos de corrida por um mês. “Acho que pensei muito na prova e me esqueci de outras coisas”, reflete a corredora. Já em casos de fraturas em zonas de difícil consolidação, é necessária cirurgia. Para estimular a consolidação óssea, os médicos adotam ingestão de cálcio, estimulação por ondas de choque e até a infusão de células mesenquimais, um método ainda experimental. No combate à dor, a acupuntura é uma excelente aliada quando há dores fortes. Entre as causas, a única que não dá para corrigir é a genética. Nesse caso, a saída é usar cálcio e tomar vitamina D. Além de buscar fortalecimento muscular e atentar à saúde dos ossos, o corredor deve verificar o que pode fazer para reduzir o impacto. Procurar informações sobre modelos de tênis mais compatíveis às suas necessidades particulares é fundamental. De acordo com Ana Paula, também é importante variar o tipo de terreno, procurando outras alternativas, como grama, areia, terra.

Fonte: Ativo/MSN

sexta-feira, 12 de abril de 2019

Ferragens em geral é na Juá Ferro

12 de abril de 2019
Pensou em construir? A Juá Ferro tem uma solução de qualidade e com preço acessível para você. A Juá Ferro trabalha com ferragens em geral, colunas, lajes (cerâmica e isopor). Faça um orçamento sem compromisso, mas já vou adiantando que não se encontra preço melhor na região. A Juá Ferro só trabalha com materiais de ótima qualidade e realiza a entrega de todo o material na sua obra em Petrolina e Juazeiro. A empresa fica localizada na Rua São João nº 365, Piranga, Juazeiro-BA. Entre em contato através dos números: (74) 8802-5413/8817-7709/3613-5068.
Laje Cerâmica
Laje Isopor
Vergalhões
Esqueletos para colunas
Treliça
Imagens: Google

Fonte: Blog Diniz K-9

Bolsonaro fará reunião com ministros e responsáveis pela política de preços da Petrobras

12 de abril de 2019
O presidente Jair Bolsonaro afirmou na noite desta sexta-feira (12) que convocou ministros e os responsáveis pela política de preços da Petrobras para uma reunião. O encontro foi marcado após a estatal, por ordem de Bolsonaro, desistir de aumentar o preço do diesel nas refinarias, determinado na véspera. A decisão foi mal recebida pelos investidores, e a Petrobras perdeu R$ 32,4 bilhões em valor de mercado. Segundo Bolsonaro em uma rede social, participarão da reunião com a equipe técnica da Petrobras os ministros Paulo Guedes (Economia), Tarcísio Freitas (Infraestrutura) e Bento Albuquerque (Minas e Energia). No anúncio do encontro, Bolsonaro também afirmou que a política do governo é de "mercado aberto e de não intervenção na economia". Mais cedo, o presidente já havia afirmado que não defende práticas "intervencionistas" nos preços da estatal. 

Interferência
A Petrobras desistiu na noite de quinta-feira (11) do aumento do preço do diesel nas refinarias anunciado mais cedo. O recuo na decisão da companhia ocorreu após uma determinação do presidente Jair Bolsonaro. Para justificar a manutenção do preço, a estatal afirmou que há margem para postergar o aumento do diesel por "alguns dias". Depois do anúncio do aumento, Bolsonaro determinou que a companhia revisasse a alta no preço do combustível. Ele disse que telefonou para o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, e pediu justificativa baseada em números. "Se me convencerem, tudo bem, se não me convencerem tudo bem. Não é resposta adequada para vocês, não sou economista, já falei", disse Bolsonaro durante viagem a Macapá. A interferência, no entanto, foi mal recebida pelos mercados. As ações da estatal na Bovespa tomaram um tombo de mais de 8% no pregão desta sexta, fazendo a empresa perder R$ 32,4 bilhões em valor de mercado. 

Paulo Guedes
Nesta sexta, o ministro da Economia, Paulo Guedes, se negou a comentar a decisão do presidente de barrar o reajuste. "Eu não sei nem do que vocês estão falando", disse Guedes, questionado se havia sido consultado por Bolsonaro sobre a decisão. Guedes afirmou ter passado "o dia todo trabalhando", e não ter informação suficiente sobre o assunto. "Eu tenho um silêncio ensurdecedor para os senhores", disse o ministro, diante da insistência dos jornalistas. 

Petrobras
A Petrobras afirmou no início da noite desta sexta, em esclarecimento enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que a decisão de reverter o reajuste do diesel foi tomada após a avaliação de que as condições permitiam um espaçamento por mais alguns dias no reajuste do preço do combustível. Na nota, a estatal afirma que, diante do anúncio do reajuste, e de ameaças de uma nova paralisação dos caminhoneiros, foi alertada pela União para o possível agravamento da situação. O governo teria também solicitado esclarecimentos à Petrobras sobre o reajuste proposto. "A Companhia, então, revisitou sua posição de hedge (um mecanismo de proteção financeira) e avaliou que as operações contratadas na quarta-feira (10/04/19) permitiam um espaçamento por mais alguns dias no reajuste do preço do diesel", afirma a estatal na nota.
Imagem: Reprodução/TV Globo

Fonte: G1

Em recuperação judicial, Avianca Brasil cancela 180 voos a partir de sábado

12 de abril de 2019
A companhia aérea Avianca Brasil informou nesta sexta-feira (12) que vai cancelar voos e interromper a venda de passagens para diversos destinos já a partir deste sábado (13). A empresa justificou a decisão por causa da redução da frota e para "minimizar o impacto na sua operação e aos seus passageiros". Ao todo, foram cancelados 180 voos até quarta-feira (17). A lista de voos suspensos é atualizada diariamente. Em recuperação judicial, a Avianca Brasil tem sido acionada na justiça pelas companhias que fazem o empréstimo de avião por falta de pagamento. Nesta sexta, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou que recebeu pedido para cancelar as matrículas de dez aviões operados pela Avianca Brasil, que pertencem à Constitution Aircraft Leasing. Uma das aeronaves já foi devolvida na quinta-feira, e as outras nove serão devolvidas até o final do domingo. O G1 apurou ainda que atualmente há nove aviões em disputa com a arrendadora Aircastle - uma aeronave já teve de ser devolvida pela companhia aérea. Procurada pelo G1, a Avianca Brasil não esclareceu se essas são as mesmas aeronaves mencionadas pela Anac, ou se se somam a elas. A frota atual da Avianca é de 35 aviões. 

Passageiros afetados
A companhia aérea disse que vai entrar em contato com os passageiros afetados para oferecer reembolso ou opções de reacomodação. Também informou que, se as passagens foram compradas por meio de agências, sites de viagem, o passageiro deve entrar em contato diretamente com as empresas. Segundo a Anac, em caso de cancelamento ou de alteração do voo por iniciativa da Avianca, o passageiro deve ter os seus direitos respeitados, disponíveis para consulta no portal da ANAC na internet. Reclamações podem ser feitas pela plataforma Consumidor.gov.br, e, caso não sejam atendidas, o passageiro poderá recorrer aos órgãos do Serviço Nacional de Defesa do Consumidor. 

Avianca em crise
Quarta maior companhia aérea do Brasil, a Avianca Brasil entrou em recuperação judicial desde dezembro do ano passado. Na semana passada, os credores aprovaram o plano de recuperação judicial da companhia. Nos últimos dias, a companhia aérea também tem enfrentado uma série de problemas com operadores de aeroportos. A companhia está atrasando o pagamento de taxas aeroportuárias, o que tem levado as empresas operadores a ameaçar de suspensão de voos da companhia. A companhia já atrasou pagamentos nos aeroportos de Guarulhos, Florianópolis, Porto Alegre, Salvador e Fortaleza.

Fonte: G1

Cientistas criam água que não congela

12 de abril de 2019
A água se solidifica de 0 ºC para baixo. Isso é tão certo quanto show do Roberto Carlos no fim do ano. Basta encher uma forma e colocar no freezer para confirmar. Agora, contrariando seus anos de aula de Química na escola, cientistas anunciaram a criação de uma água que não congela. É isso mesmo: por nada, nem mesmo em condições térmicas muito próximas do frio mais frio possível – conhecido como zero absoluto, quando cessa toda a agitação de um objeto na escala molecular. No experimento, pesquisadores do Instituto Federal de Tecnologia de Zurique e da Universidade de Zurique, na Suíça, submeteram as moléculas de H2O a uma temperatura de -263 ºC, apenas 10 ºC acima do 0 na escala Kelvin – que é o zero absoluto. E a dita cuja continuou líquida. O segredo para impedir que a água vire gelo é encontrar um jeito de evitar que as moléculas de H2O se organizem em uma estrutura tridimensional quando são submetidas ao frio. Pois a solidificação, observada na escala molecular, nada mais do que o momento em que as moléculas que compõem uma substância, antes soltinhas, começam a se encaixar umas nas outras como peças de LEGO. O truque para evitar a organização foi sintetizar uma nova forma de lipídio – isto é, gordura – para criar um tecido biológico macio que não é nem sólido, nem líquido, e sim uma mesofase – estado que fica no meio dos dois. Nessas condições, os lipídios se agregam por conta própria e formam membranas, organizadas em uma rede de canais conectados com diâmetro de um nanômetro. Isso é muito pouco. Para se ter uma ideia, o DNA humano mede 2,5 nanômetros de uma hélice à outra. Um nanômetro é o tanto que a sua unha cresce por segundo. Dentro desses estreitos tubinhos biológicos, que também não congelam, não há espaço para que a água forme cristais de gelo. Então ela permanece em estado líquido mesmo depois que o hélio líquido resfria os materiais às temperaturas próximas do zero absoluto. Os resultados foram publicados na segunda (8) no periódico Nature Nanotechnology. Essa nova biotecnologia pode vir a ser usada em seja lá qual for o processo que precise da água sempre líquida. Mas, de acordo com Rafaelle Mezzenga, pesquisador do ETH que participou do estudo, o trabalho não mira em aplicações exóticas. “Nosso foco principal foi dar aos pesquisadores uma nova ferramenta para facilitar o estudo de estruturas moleculares a baixas temperaturas sem a interferência de cristais de gelo”, afirma. O fato de ser uma estrutura biológica torna a pesquisa ainda mais interessante. “Em última instância, quisemos entender como dois dos principais componentes da vida, água e lipídios, interagem sob condições extremas de temperatura e confinamento geométrico”, explica Mezzenga. Será que, em algum mundo congelado do Universo, um sistema parecido seria capaz de permitir a existência de seres vivos?

Fonte: Super Interessante

Líder Comunitário Léo Vinícius denuncia abandono de obra pública no Projeto Bebedouro, zona rural de Petrolina

12 de abril de 2019
"Venho através desse respeitado blog mostrar minha revolta e indignação com o dinheiro público. Uma verdadeira tragédia e descaso com a humanidade. Vejam através de vídeo e fotos a UBS do Projeto Bebedouro, zona rural de Petrolina, moradores revoltados com a situação mais que degradante dessa que será a UBS, toda cheia de ratos, baratas e até cupins tomando conta. Algo inaceitável. Como pode começar uma obra com nosso dinheiro e abandonar? A comunidade petrolinense se sente envergonhada com uma gestão que inicia uma obra de mais de R$ 320 mil e simplesmente joga nosso dinheiro no lixo."
Ass. Léo Vinícius - Líder Comunitário
Fonte: Blog  Diniz K-9

STF valida lei que permite emissão de documentos em cartórios

11 de abril de 2019
O Supremo Tribunal Federal (STF) julgou constitucional nessa quarta-feira (10) a lei que permitiu aos cartórios de registro civil a oferta de serviços remunerados como emissão de documentos de identificação e de veículos. Em geral, esse tipo de serviço é prestado em cartórios em cidades pequenas. Foi o que publicou a ABr Pela decisão, os cartórios precisam de autorização do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e dos tribunais de Justiça dos estados para oferecer novos serviços. A atividade primária dos cartórios de registro civil é a emissão de certidões de nascimento, de casamento e de óbito.

Fonte: Agência Brasil