domingo, 3 de novembro de 2019

Satélite revela raio mais longo já registrado com 500 km de comprimento

02 de novembro de 2019
Uma nova pesquisa publicada pelo Boletim da Sociedade Meteorológica Americana registrou um raio que se estendeu por mais de 500 quilômetros acima dos estados de Texas, Oklahoma e Kansas no ano de 2017. Com uma média de 6 a 10 quilômetros, esse em questão se sobressaiu e cruzou o céu dos três estados no sudoeste dos Estados Unidos. Na manhã de 22 de outubro de 2017, uma linha de instabilidade, ou seja, uma série de tempestades que se formavam à frente de uma frente fria, apareceu no sudoeste dos EUA. À 1h13 da manhã no horário local, um raio apareceu acima do norte do Texas e se espalhou rapidamente na direção norte-nordeste através de Oklahoma, terminando finalmente no sudeste do Kansas. No total, o megaflash viajou mais de 500 quilômetros, iluminando uma área de 67.845 quilômetros quadrados. Os "megaflashes", como são conhecidos cientificamente, se estendem por mais de 100 quilômetros de comprimento. "A extensão horizontal de um raio dentro da nuvem, no entanto, pode ser muito mais longa, atingindo dimensões de 'mesoescala' em grandes sistemas de tempestades", escreveram os autores do novo estudo, liderado por Walter Lyons da FMA Research em Fort Collins, no Colorado. Para chegar aos resultados do estudo, os pesquisadores coletaram dados do Mapeador Geoestacionário de Raios (GLM) a bordo dos satélites GOES 16 e GOES 17 da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica dos EUA (NOAA, na sigla em inglês), lançados em 2016 e 2018, respectivamente.

Fonte: Tilt/UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário