sábado, 23 de novembro de 2019

Gugu foi disputado pessoalmente por Silvio Santos e Roberto Marinho

22 de novembro de 2019
No auge do sucesso, nos anos 1980, Gugu Liberato, que morreu nesta sexta-feira (22) aos 60 anos, foi disputado por duas emissoras. A "briga" pelo apresentador envolveu dois grandes nomes da televisão: Silvio Santos e Roberto Marinho. Gugu estava à frente do Viva Noite e era uma das principais estrelas do SBT quando foi convidado para trabalhar na Globo, para comandar um programa dominical. O apresentador chegou a fechar contrato com a emissora, mas, antes mesmo de estrear, voltou atrás por conta de uma contraproposta de Silvio Santos. Em entrevista recente ao Programa do Porchat, Gugu relembrou quando o dono do baú foi pessoalmente conversar com Roberto Marinho para evitar a saída dele do canal. "O Silvio me chamou e falou: 'Eu queria que você não fosse para Globo'. Ele estava com um problema de garganta e disse que talvez não pudesse fazer o programa e queria que eu dividisse com ele. E eu disse: 'Não posso, assinei um contrato com a Globo, como é que vou chegar lá agora depois de um ano de investimentos — viajei para Alemanha e EUA pela Globo fazendo cursos — e dizer não?'. Ele falou: 'Se o problema é dizer não para a Globo, eu vou com você e falo com o Roberto Marinho. Vou agora, inclusive, vamos lá'.", detalhou. O apresentador viajou para o Rio de Janeiro com Silvio. "O aeroporto de Congonhas [em São Paulo] parou por causa do Silvio Santos", recordou Gugu. "Chegamos lá, pegamos um táxi, fomos para o Jardim Botânico, no prédio onde ficava a sala do Boni [diretor do canal na época]. E a Rede Globo inteira já sabia que o Silvio Santos estava lá. O Boni chegou e o Silvio disse: 'Vim aqui dizer que o Gugu não vai para Globo, ele vai continuar no SBT'.", completou. O dono do baú pediu para Gugu voltar para o aeroporto enquanto ele esperaria para falar com Roberto Marinho, pois, segundo Boni, ele era o único que poderia resolver o caso. O apresentador confessou que ficou preocupado com a reação de Marinho diante da conversa. "Imaginei que ele não ia aceitar e o Silvio ficaria chateado comigo. Até que o Silvio chegou e disse que estava tudo certo e que eu ficaria no SBT."
Fonte: R7 Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário