sábado, 9 de fevereiro de 2019

UPA 24H de Petrolina já utiliza a Telemedicina

09 de fevereiro de 2019
Bastante comentada esta semana na imprensa, a telemedicina é um processo avançado para monitoramento de pacientes, troca de informações médicas e análise de resultados de diferentes exames. Tudo feito de forma digital, dando apoio à medicina tradicional. O recurso é utilizado em todo o mundo, de forma segura e legalizada. No Brasil está de acordo com a legislação e as normas médicas. Na Unidade de Pronto Atendimento de Petrolina (UPA 24h) é utilizada para otimizar a realização do Eletrocardiograma (ECG) com laudo. "O eletrocardiograma é muito solicitado no nosso serviço de urgência e emergência, pois ele é capaz de diagnosticar possíveis arritmias cardíacas e outras cardiopatias. No nosso caso, a telemedicina otimiza o tempo de resposta, já que os exames são enviados digitalmente para uma empresa de Salvador-BA, que os devolve com o laudo em poucos minutos", esclarece a coordenadora geral, Grazziela Franklin. Desse modo, por meio da tecnologia, é possível oferecer aos pacientes uma maior credibilidade na avaliação dos resultados e maior agilidade na entrega, proporcionando aos médicos emergencistas clínicos uma tomada decisão mais rápida e precisa. "Em média, realizamos de 20 a 30 ECGs com laudo por dia. Depende do plantão. Então, são muitos os pacientes beneficiados", ressalta a enfermeira gerente da urgência e emergência, Juliana Carvalho. De acordo com Grazziela, esse é o futuro: "A saúde digital deve ser utilizada em conjunto com outras tecnologias da informação, de forma a oferecer melhores condições aos processos clínicos, ao tratamento dos pacientes e melhores condições de custeio do SUS. O conceito inclui diversas vertentes e pode, inclusive, garantir o acesso à saúde a pacientes de áreas remotas do Brasil. Por aqui nós já demos o pontapé inicial". 
Anna Monteiro - Hospital Dom Malan/Imip

Fonte: Blog Diniz K-9

Um comentário: