sábado, 9 de fevereiro de 2019

Sobradinho-BA ganhará escola de gestão compartilhada com a PMBA

09 de fevereiro de 2019
Com vistas ao processo de transição para gestão compartilhada da Escola Maria José de Lima Silveira, em Sobradinho-BA, fruto de uma parceria da Secretaria de Educação de Sobradinho com a Polícia Militar de Bahia, a Secretária Dulcilene Kestering visitou, na última quinta feira (07), as instalações da instituição. Acompanhada da equipe pedagógica do município, a gestora conheceu a unidade escolar, que era do Governo do Estado e conversou com a ex-diretora da escola, Evanilma de Luna sobre documentação e condições em que se encontra o prédio. "Estamos entregando ao município essa escola que tem uma história muito relevante em nossa comunidade. Atualmente são as melhores condições possíveis. Nossas salas estão aptas para receber os alunos, temos imóveis em ótimas condições para receber a nova equipe gestora. Mesmo tendo pouco tempo na direção, tenho um grande amor pela escola Maria José. É como se fosse minha segunda casa. Há uma grande expetativa dos alunos da casa que continuarão na escola pelo início das aulas. Mesmo no período das férias, eles estão vindo perguntar quando começa as aulas, sobre as fardas, isso é muito bom", afirmou Evanilma de Luna. A Secretária de Educação Ducilene Kestering falou de como está ocorrendo o processo de transição. "Todo esse processo de transição está acontecendo de forma muito tranquila, transparente e harmônica, mesmo antes da publicação no Diário Oficial do Estado. A Escola Maria José é destaque em jogos escolares, projetos em Salvador e outras cidades do país e tem grande importância em nossa cidade. A Secretaria de Educação do Estado já estava oferecendo essa transição há mais de três anos, já que consta na LDB e nos marcos legais, que o ensino fundamental é de obrigação do município e o ensino médio é obrigação do estado. Estamos realizando esse momento de forma processual, sabemos que a escola tem documentos que são de propriedades do estado, alguns funcionários que atualmente trabalham na escola continuarão, justamente para garantir que esses documentos sejam disponibilizados a quem procurar. Já solicitei ao Secretário de Infraestrutura que viabilizasse reparos no prédio como pintura, manutenção nas instalações elétricas e hidráulicas, tudo o que fazemos em nossas escolas municipais."  A secretária também informou que "o calendário da escola militar não é igual ao das escolas municipais, justamente por causa da transição." E anunciou que a previsão é de "inaugurar a escola no aniversário da cidade, como um presente pelos 30 anos de Sobradinho", finalizou Ducilene. 
Ascom PMS

Fonte: Blog do Geraldo José

Nenhum comentário:

Postar um comentário