quarta-feira, 1 de agosto de 2018

Irmãs abusadas sexualmente matam o pai a facadas na Rússia

01 de agosto de 2018

As jovens identificadas como Kristina, 19 anos, Angelina, 18, e Maria, 17, estão sendo acusadas de assassinar o próprio pai, Mikhail Khachaturyan, 57, a facadas. Segundo informações, as jovens sofriam abusos sexuais praticados pelo patriarca da família. A polícia de Moscou, Rússia, local onde ocorreram os fatos, confirma que as meninas confessaram o crime e, se condenadas, podem pegar detenção de até 15 anos. Segundo apurações do site britânico Metro, a mais velha das irmãs, Kristina, disse à polícia que elas odiavam o pai e queriam que ele desaparecesse: "queríamos que ele fosse embora e nunca mais voltasse", falou. As irmãs alegaram que no dia do crime o pai foi quem ameaçou com uma faca e uma das jovens conseguiu tomar a arma branca do homem e o esfaqueou várias vezes. O site informou que segundo relatórios da investigação, Mikhail ainda tentou fugir do apartamento, mas foi supostamente atacado novamente e morreu perto do elevador. Ele foi identificado como um tipo de chefe da máfia. Amigos e vizinhos alegaram que o pai era "tirânico" e que sua esposa o havia abandonado por causa de seu abuso, sendo proibida por ele de manter contato com as filhas. Um outro filho do casal, um jovem de 21 anos, também foi expulso da convivência com o pai. Apurações locais apontam que o pai sempre batia nas meninas e que ele já tentou matá-las numa floresta. 

Fonte: Leiajá

Nenhum comentário:

Postar um comentário