terça-feira, 6 de março de 2018

Homem é preso após vender espetinhos de bem-te-vi como se fossem de frango

05 de março de 2018
A lenda urbana do ‘espetinho de gato’ ganhou um novo capítulo na tarde deste primeiro de março. Um ambulante, de 59 anos, foi preso em flagrante no litoral de São Paulo, na cidade de Ilha Comprida, por suspeita de matar aves nativas da região e vendê-las na praia como se fossem ‘espetinhos de frango’. A informação foi divulgada pela Polícia Militar Ambiental da cidade e, além de ser detido, ao homem também foi aplicada uma multa de R$ 10 mil. O homem foi encontrado durante uma patrulha de rotina de uma das equipes da Polícia Militar Ambiental, nas proximidades de sua casa. Com a aproximação da viatura, o ambulante demonstrou nervosismo e os policiais, por cautela, realizaram uma abordagem. Ao ser questionado, o homem declarou que possuía uma espingarda de pressão e permitiu que os agentes entrassem em sua casa para uma vistoria. O resultado da operação foi a apreensão de dez aves abatidas, que estavam guardadas em um freezer, e a arma portada pelo infrator.
Por Lucas Negrisoli/Estado de Minas/Foto: Divulgação/Polícia Militar Ambiental

Fonte: Correio Braziliense

Nenhum comentário:

Postar um comentário