sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Multidão invade UBS na Zona Leste de SP para se vacinar contra febre amarela

19 de Janeiro de 2018
Uma Unidade Básica de Saúde (UBS), no Jardim Helena, Zona Leste da cidade de São Paulo, foi invadida na manhã desta sexta-feira (19). Pela manhã, funcionários entregavam 300 senhas para a vacinação contra a febre amarela quando as pessoas se aglomeraram para forçar a passagem e abriram o portão. Dentro do posto havia uma viatura da Polícia Militar, que impediu que a multidão entrasse nas salas de vacinação. Imagens mostram o momento que uma policial militar pega o cassetete para impedir a aproximação. Os funcionários do posto agiram rapidamente e logo fecharam os portões. Em nota, a Secretaria Municipal da Saúde afirma que a unidade Jardim Helena foi abastecida com mil doses da vacina e que o atendimento teve de ser interrompido momentaneamente. Agentes da Guarda Civil Municipal estão no local para reforçar a segurança no local. 

Leia a nota na íntegra
"A Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo reitera que, neste momento, a campanha de vacinação da febre amarela tem como público-alvo todos os distritos da zona Norte, onde 90 UBS estão aplicando vacina para população que reside ou trabalha na região; três distritos da zona Sul (Parelheiros, Marsilac e Jardim Angela), além de parte do Capão Redondo (referência da UBS Luar do Sertão); e na zona Oeste apenas os moradores do distrito Raposo Tavares, onde três postos estão vacinando contra a doença. As demais unidades que aplicam a vacina da febre amarela são de referência para viajantes e estão destinadas a aplicar a vacina para quem vai viajar, passear ou mesmo visitar municípios, estados ou países com risco para a doença. Mesmo assim, essas unidades têm recebido um alto fluxo de pessoas buscando a vacina. No caso da UBS Jardim Helena, houve uma confusão na fila na hora da distribuição das senhas, o que ocasionou a interrupção do atendimento, que já foi retomado. A unidade está abastecida com mil doses. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de São Paulo decidiu antecipar o início da campanha de vacinação fracionada contra a febre amarela para o dia 26 de janeiro, sexta-feira. A ação se estenderá até 17 de fevereiro e foi ampliada para atender os moradores de 16 distritos, conforme recomendação do Ministério da Saúde. Farão parte da ação preventiva na zona Leste os distritos Cidade Líder, Cidade Tiradentes, Guaianases, Iguatemi, José Bonifácio, Parque do Carmo, São Mateus e São Rafael. Já na zona Sul serão vacinadas as pessoas que moram ou trabalham em Capão Redondo, Cidade Dutra, Grajaú, Jardim São Luis, Pedreira, Socorro, Vila Andrade e acrescentou ainda o Campo Limpo para esta primeira fase da campanha de vacinação fracionada. Outros distritos deverão ser incluídos na campanha de vacinação nos próximos meses."
Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário