Petrocar Transportes

Petrocar Transportes

terça-feira, 12 de setembro de 2017

São muito grandes as chances de você ter diabetes e não saber: reconheça 8 sinais

12 de Setembro de 2017
O índice de pessoas que têm diabetes e não sabe é perigosamente alto, alerta o relatório publicado pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças, dos Estados Unidos. De acordo com a pesquisa, praticamente uma em cada quatro pessoas são sabe que são diabéticas e, em casos de pré-diabetes, o índice é ainda mais alto: apenas uma em cada dez pessoas sabem da condição. 

Pré-diabetes e diabetes
Muitos tem e não sabem. As informações reportadas são referentes à população norte-americana, mas a proporção é semelhante à brasileira. Nos Estados Unidos, 30,3 milhões de pessoas são diabéticas (9,9% da população), e desse total, 7,2 milhões delas não têm o diagnóstico. No Brasil, a OMS estima que sejam 16 milhões de diabéticos (8,1% da população adulta brasileira), embora não haja precisão sobre os casos sem diagnóstico. De acordo com a entidade, o número de pessoas com a doença no país saltou 61,8% nos últimos dez anos. No caso da população pré-diabética, ainda menos gente está ciente de seu quadro. A pesquisa afirma que há, além dos 30 milhões de diabéticos, mais 84 milhões de norte-americanos que sofrem de pré-diabetes, mas que somente 11,6% deles sabem. O relatório lista alguns sinais de alerta que podem ser sintomas de pré ou de diabetes: sede excessiva, excesso de suor, boca seca e fadiga extrema. A recomendação é que caso esses sinais sejam recorrentes, deve-se procurar um médico. 

Grupos de risco

A pesquisa do instituto norte-americano elencou também os grupos de risco para a presença de diabetes: 

Fumantes
15,9% dos diabéticos nos EUA são fumantes e pelo menos 34,5% deles já fumaram pelo menos 100 cigarros ao longo da vida. 

Sobrepeso e obesidade
87,5% dos diabéticos adultos têm sobrepeso ou obesidade (para tal classificação, a pesquisa considerou o índice de massa corpórea acima de 25 kg/m2), sendo que deste montante 26,1% estão apenas acima do peso (IMC entre 25 e 30), 43,5% são obesos (IMC entre 30 e 40) e 17,8% têm obesidade severa (IMC acima de 40). 

Sedentarismo
De acordo com a pesquisa, 40,8% são considerados sedentários, ou seja, fazem menos de 10 minutos de atividade física por semana. 

Pressão alta
73,6% de quem têm diabetes apresentam pressão sanguínea acima de 140 mmHg por 90 mmHg (14/9) ou tomam remédios para controle. 

Colesterol
Da população diabética, em 58,2% dos casos era preciso administração de remédios para controle de gordura no sangue, quando não havia doença cardiovascular. Nos casos de quem tem esta condição, o índice subia para 66,9%.
Por Luiz Felipe Silva

Fonte: Vix/MSN

Nenhum comentário:

Postar um comentário