Petrocar Transportes

Petrocar Transportes

sábado, 26 de agosto de 2017

Acusado de estuprar criança de 9 anos é espancado por populares em Trindade-PE

26 de Agosto de 2017
Uma criança de 9 anos foi estuprada na cidade de Trindade, no Sertão de Pernambuco. O caso aconteceu na sexta-feira (25) e, de acordo com o delegado Moari Drumond Pimenta, responsável pelas investigações, o suspeito do crime é um ex-presidiário, de 36 anos, vizinho da família da vítima. De acordo com a Polícia, a menina desapareceu por volta das 08h00, quando saiu de casa para comprar pão. O suspeito sequestrou a criança, após pedir que ela o ajudasse a pegar um determinado objeto. A vítima foi mantida em cárcere privado, violentada sexualmente, agredida fisicamente e psicologicamente, com ameaças. O suspeito ainda teria dado dois copos de vinho para a criança. Após o desaparecimento, familiares, vizinhos e demais moradores da cidade iniciaram uma buscar na tentativa de encontrar a menina. A garota só foi localizada quando fugiu da casa do suspeito. A criança foi encaminhada para o hospital, em Ouricuri, também no Sertão, onde passou por exames que comprovaram o abuso. A menina permanece hospitalizada. Tomando conhecimento do ocorrido a população resolveu fazer justiça com as próprias mãos tentando linchar o estuprador, chegando a agredir o autor do delito que ficou com graves ferimentos e sangramentos principalmente na cabeça, os populares só não espancaram até a morte por que a policia interviu na ação, uma ambulância tentou prestar socorro ao homem, más foi impedida pelos populares. Durante as primeiras horas da tarde já havia milhares de pessoas em volta da casa do estuprador, o que dificultava o trabalho da policia de fazer a retirada e prestar socorro, em alguns momentos de tensão a população tentou invadir a residência sendo necessário solicitar reforço policial para conter a multidão. Segundo a polícia, o homem é pouco conhecido e ficava viajando entre as cidades de Petrolina e Trindade. Após a descoberta do caso, moradores invadiram a casa do suspeito e o espancaram. As agressões só pararam com a chegada da polícia. O homem foi levado para o hospital de Ouricuri, onde permanece preso sob custódia. Ele foi autuado em flagrante e deve responder por estupro de vulnerável, cárcere privado, lesão corporal e por fornecer bebida a menor de idade.

Fonte: Blog do Zé Carlos Borges

Nenhum comentário:

Postar um comentário