Petrocar Transportes

Petrocar Transportes

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Sisu tem prazo de inscrição prorrogado após falhas em acesso

26 de Janeiro de 2017
O prazo de inscrição no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) foi prorrogado para até as 23h59 de domingo (29), de acordo com o Ministério da Educação (MEC). Segundo o MEC, o resultado está mantido para segunda-feira (30) e as inscrições são realizadas no http://sisu.mec.gov.br/. O MEC anunciou a alteração nesta tarde de quinta-feira (26), após o ministro da Educação, Mendonça Filho, ter admitido no período da manhã que os programas oferecidos pelo governo atraem um grande contingente de interessados e que, em alguns momentos, os sistemas do MEC enfrentam dificuldade diante da demada. Antes disso, o ministério já tinha decidido alterar o cronograma do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e do Programa Universidade para Todos (Prouni) por "precaução técnica" para garantir o atendimento dos estudantes. Tanto o Fies quanto o Prouni tiveram datas de início e fim das inscrições adiados em um dia. Prouni - inscrições: 31 de janeiro a 3 de fevereiro Fies - inscrições: 7 a 10 de fevereiro O total de bolsas ou de contratos de financiamentos que será oferecido ainda não foi divulgado. 

Falha no acesso ao Sisu
No caso do Sisu, desde que foram abertas as inscrições na terça-feira (24), estudantes reclamaram que não conseguiam fazer sua inscrição para disputar uma das mais de 230 mil vagas de graduação em universidades, institutos de tecnologia e centros tecnológicos federais e estaduais em todo o Brasil. O MEC admitiu o problema, mas não deu um balanço do total de afetados. Nesta quinta, o governo disse que os problemas foram resolvidos. "As inconsistências encontradas no sistema, que dificultavam o acesso de candidatos das primeira e segunda aplicações, foram sanadas. Qualquer problema pontual é preciso que o candidato entre em contato com o MEC por meio do 0800 61 61 61 ou pelo ouvidoria@mec.gov.br", informou em nota. 

Problemas com notas do Enem
O Sisu não foi o único sistema do Ministério da Educação a ter problemas neste ano. Muitos candidatos que fizeram o Enem 2016 também tiveram problemas para acessar a nota. A consulta, que é individual e feita exclusivamente pela internet, deveria ter sido aberta no dia 19 de janeiro, mas acabou sendo antecipada para 18 de janeiro, a pedido do ministro da Educação, Mendonça Filho. Porém, muitos candidatos só conseguiram ver seus resultados um ou dois dias depois. Boa parte deles eram participantes da segunda aplicação do Enem. Logo após a divulgação, o site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) apresentou instabilidade e ficou indisponível durante algumas horas para todos os participantes. À época, a presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Maria Inês Fini, justificou afirmando que o site do Enem sofria ataques. Ela não deu detalhes das supostas ações contra o sistema. De acordo com o Inep, oito dias após a publicação dos resultados da edição 2016 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), 351.856 participantes ainda não consultaram suas notas. Às 18h desta quinta-feira, 26, o número de participantes que já tinham acessado os resultados chegou a 5.150.542 pela Página do Participante e 376.291 pelo Aplicativo Enem 2016.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário