Petrocar Transportes

Petrocar Transportes

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Juízes do gabinete de Teori já ouviram a maioria dos delatores da Odebrecht

26 de Janeiro de 2017
Os juízes auxiliares do Supremo Tribunal Federal (STF) já realizaram audiências com ao menos 60 dos 77 executivos e ex-executivos da Odebrecht que fizeram delação premiada na Operação Lava Jato. A expectativa é que o procedimento, último passo antes da homologação dos acordos, termine nesta sexta (27), quando também será ouvido, dentro da prisão em Curitiba, o ex-presidente e principal herdeiro do grupo, Marcelo Odebrecht. Nessas entrevistas, os juízes apenas perguntam se os delatores prestaram informações de livre e espontânea vontade, sem coação por parte dos investigadores do MP. As audiências, que têm durado cerca de 30 minutos, são feitas pela mesma equipe do ministro Teori Zavascki, relator original do caso e morto em acidente de avião na semana passada. Assim, assessores do gabinete recebem os delatores no STF ou viajam até as cidades em que eles moram ou estão presos. O trabalho foi iniciado nesta semana por autorização da presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, após uma conversa com o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que pediu urgência no caso. A homologação poderá ser feita pela própria ministra de forma fatiada, à medida que os acordos forem retornando ao STF. Segundo auxiliares, Cármen Lúcia continua conversando com os colegas de tribunal para chegar a uma solução para repassar os processos da Lava Jato para um novo relator, que substituirá Teori Zavascki, morto num acidente de avião na semana passada. A expectativa é que essa definição ocorra até a semana que vem.
Imagem: Google

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário