Petrocar Transportes

Petrocar Transportes

terça-feira, 19 de julho de 2016

Participação do perito Sanguinetti no Caso Beatriz vai depender da liberação do inquérito policial

19 de Julho de 2016
O advogado do Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, Clailson Ribeiro, confirmou que o perito George Sanguinetti aceitou o convite da unidade de ensino de Petrolina para colaborar nas investigações do caso da menina Beatriz Angélica Mota, de sete anos, morta dentro do colégio no dia 10 de dezembro passado. De acordo com Clailson Ribeiro, o encontro com Sanguinetti foi positivo, porém a atuação do perito no Caso Beatriz está condicionada à liberação dos autos para consulta. O inquérito segue sob sigilo e qualquer acesso a informações contidas nele deve ser autorizado pela justiça. Ainda segundo o advogado do Auxiliadora, a peça processual que solicita a liberação do inquérito já está sendo elaborada. Através de sua página nas redes sociais, Sanguinetti falou sobre o crime e afirmou que em breve estará em Petrolina, onde deverá ter acesso aos autos e laudos periciais. “Quando autorizado, chego a Petrolina para trabalhar e não irei voltar sem as respostas: quem matou Beatriz? e qual o motivo?”, destacou. Sanguinetti carrega uma trajetória profissional atrelada à participação em casos de repercussão nacional – a exemplo do assassinato de Paulo César Farias, o tesoureiro de campanha do ex-presidente Fernando Collor de Melo. O perito já havia sinalizado o desejo de contribuir com as investigações do caso Beatriz. No entanto, de acordo com a diretora da escola, Irmã Julia Maria de Oliveira, não há previsão para o início das atividades de Sanguinetti em Petrolina. 
Foto: Reprodução

Fonte: Blog do Carlos Britto

Nenhum comentário:

Postar um comentário