Petrocar Transportes

Petrocar Transportes

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Lula orientou reforma de R$ 1,2 milhão no sítio em Atibaia (SP), diz PF

28 de Julho de 2016
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e sua mulher, dona Marisa Letícia, orientaram as reformas no sítio de Atibaia (SP), frequentado pela família do petista e investigado pela força-tarefa da Operação Lava Jato. As mudanças na propriedade custaram R$ 1,2 milhão, de acordo com laudo da PF (Polícia Federal) divulgado nesta quinta-feira (28). O R7 teve acesso ao laudo, que traz detalhes sobre as melhorias feitas na área externa da casa e em cada um dos cômodos internos. Fotos de eletrodomésticos e notas fiscais estão em destaque, divididos por espaços da casa, como "sala de estar" e "cozinha gourmet". As reformas no sítio foram planejadas em setembro de 2010, mas começaram efetivamente em novembro de 2010 — portanto, enquanto Lula ainda ocupava a Presidência da República. As alterações na propriedade prosseguiram até outubro de 2014, aponta o laudo. Após analisar os gastos com os equipamentos de cozinha do sítio, o laudo da PF aponta que "a execução foi coordenada por arquiteto da empreiteira OAS, Sr. Bento Gordilho, com conhecimento do presidente da OAS, Léo Pinheiro, e com orientação do ex-presidente Lula e sua esposa, conforme identificado nas nas comunicações do arquiteto da empreiteira e de Fernando Bittar". Os agentes federais dizem, no laudo, que as mensagens de texto trocadas entre Gordilho e Pinheiro se referem ao sítio como "fazenda do Lula" e pedem que o assunto seja mantido em "sigilo absoluto". Essas mensagens indicam que a compra e a instalação da cozinha do sítio de Atibaia foram bancadas por um centro de custo da OAS chamado "Zeca Pagodinho". Os policiais federais indicaram ainda que acharam, em uma mídia pertencente a Gordilho, uma foto de Lula no sítio.
Por Marc Sousa, da TV Record, em Curitiba

Fonte: R7 Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário