Petrocar Transportes

Petrocar Transportes

quarta-feira, 13 de abril de 2016

Facebook lança ferramenta de inteligência artificial para 'Messenger'

12 de Abril de 2016
Na conferência F8, realizada pelo Facebook para desenvolvedores nesta terça-feira (12), o fundador da rede social, Mark Zuckerberg, detalhou seus planos pelos próximos dez anos. No palco do evento em São Francisco, nos Estados Unidos, ele falou sobre uma nova ferramenta de inteligência artificial no aplicativo "Messenger", aparelhos de realidade virtual e de realidade aumentada. Em palestra transmitida ao vivo por seu perfil na rede social, Zuckerberg anunciou o BETA! Messenger bots, uma série de ferramentas para ajudar os desenvolvedores a construírem programas de inteligência artificial no "Messenger". A ideia é que empresas consigam utilizar o app para atendimento automatizado de clientes, ou que veículos de mídia consigam enviar notícias personalizadas através dele. Recentemente, o Facebook divulgou que mais de 900 milhões de pessoas usavam o aplicativo mensalmente. 

Novas realidades
Zuckerberg também afirmou que o óculos de realidade virtual Oculus Rift ganhará controladores touch que permitirão a manipulação de objetos em aplicativos virtuais. "Isto permitirá uma nova camada de imersão, um novo conjunto de experiências sociais nessas plataformas de realidade virtual", disse. Ele também demonstrou um aplicativo que permitirá que duas pessoas joguem juntas virtualmente. Além dos planos para o mundo virtual, o executivo falou sobre realidade aumentada, mostrando um aparelho que parece um par de óculos normal. "No futuro, se você quiser sacar suas fotos e deixá-las do tamanho que quiser, você poderá pegar seus óculos de realidade aumentada e torná-las tão grande quanto quiser e mostrá-las às pessoas. Objetos como a sua TV poderão ser substituídos por aplicativos de US$ 1 na loja de apps", afirmou. "Mas levará muito tempo para fazer isso funcionar." 

Muros e críticas
O executivo-chefe do Facebook também criticou pessoas que difundem o medo e defendem a construção de muros para conter a imigração, uma alusão que os veículos da imprensa dos Estados Unidos interpretaram como uma indireta ao pré-candidato republicano Donald Trump. "Estou começando a ver pessoas ao redor do mundo contra a ideia de um mundo conectado, de uma comunidade global. Ouço vozes que difundem o medo e pedem para construir muros e distanciar as pessoas que chamam de 'outros'. Ouço-os pedir que se bloqueie a liberdade de expressão, que se freie a imigração, se reduza o comércio e, em alguns casos, se corte o acesso à internet", disse Zuckerberg.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário