Petrocar Transportes

Petrocar Transportes

sábado, 30 de abril de 2016

Artistas se reúnem para defender a permanência do coordenador do centro de cultura João Gilberto

29 de Abril de 2016
Após a informação da possível substituição da coordenação do Centro de Cultura João Gilberto, em Juazeiro-BA, artistas da região das áreas teatro, música, áudio visual, artes visuais, manifestação popular e produtores culturais, se reuniram ontem para reivindicar a permanência de João Leopoldo Viana Vargas, que está na coordenação da Casa há mais de 5 anos. Segundo o ator, Nilton Miranda, mais conhecido como o palhaço Morroia, o centro de cultura nunca foi tão democrático. “Hoje nós temos o Centro de Cultura extremamente dinamizado e democrático, com a participação dos artistas, sendo o segundo em arrecadação, entre os 17 espaços culturais do estado da Bahia. O nosso medo é que ele volte a ser um elefante branco, como aconteceu em outras épocas. A cultura do território do Sertão do São Francisco teve um avanço muito grande após essa gestão. Isso sem falar na mudança no espaço, com intervenções culturais nos muros e paredes do prédio. Em termos de estrutura nós evoluímos muito, novos equipamentos adquiridos desde linóleo a equipamentos de sonorização, iluminação e salas climatizadas. Periodicamente são realizados mutirões para conservar o espaço limpo. Então, não aceitamos a substituição sem uma justificativa plausível, apenas por interesse politico. Só aceitaremos uma substituição se essa acontecer por eleições diretas. Estamos cansados de engolir as demandas sempre de cima pra baixo”. Já para o ator e diretor de teatro, Mauricio Fabio, o centro de cultura nunca recebeu tantos cursos e formações nas áreas artísticas e de elaboração de projetos. “Há muito tempo não acontecia no espaço tantos cursos de qualificação em artes e criação de projetos para concorrer aos editais, essa gestão se preocupa, divulga e incentiva a participação nas oficinas e nos editais, não só no meio artístico mas o publico em geral” Na reunião, algumas ações foram programadas, entre elas, um abaixo assinado, que será entregue, ao secretário de cultura da Bahia, Jorge Portugal, e ao diretor de espaços culturais, Romualdo Lisboa. No documento, os artistas afirmam que o atual coordenador, mantem relações de parceria, cordialidade e respeito com a classe. Uma campanha também será lançada hoje na internet com vídeos de até 15 segundos com a #ficajoãonojoão. 
Por Elson Campos Ator/Produtor/Articulador Cultural

Fonte: Blog Diniz K-9

Nenhum comentário:

Postar um comentário