Petrocar Transportes

Petrocar Transportes

terça-feira, 8 de março de 2016

Secretária responsável por pagamentos da Odebrecht negocia delação premiada

08 de Março de 2016
A secretária Maria Lúcia Tavares, responsável por guardar a contabilidade dos "acarajés", codinome que a polícia atribui à propina nos e-mails trocados entre executivos da Odebrecht, passou a colaborar com os investigadores da Operação Lava Jato no âmbito da negociação de um acordo de delação premiada, conforme o jornal Folha de São Paulo. Ainda de acordo com a publicação, Maria Lúcia, que era secretária lotada na sede da empresa em Salvador, guardava as planilhas indicando pagamentos a "Feira" – o apelido dado ao marqueteiro do PT, João Santana, e à mulher dele, Monica Moura, que estão presos desde o dia 23, em Curitiba, no Paraná. Em uma das planilhas encontradas com Maria Lúcia, com o título "Lançamentos X Saldo (Paulistinha)" estão registrados 41 repasses destinados a "Feira", entre 2014 e 2015, totalizando R$ 21,5 milhões. Essa planilha só foi anexada no pedido da PF para transformar as prisões de João Santana e da mulher, Monica Moura, em preventiva. Em outro arquivo, o "Feira -evento 2014", encontrado na casa da secretária, constam repasses totalizando R$ 4 milhões e a anotação "tot.atendida" – "totalmente atendida", na interpretação da PF. Esta é a primeira vez que um empregado da maior empreiteira do país passa a colaborar com a investigação. As informações de Maria Lúcia podem ajudar a polícia a esclarecer pagamentos feitos ao publicitário João Santana de 2008 até a reta final da campanha presidencial de 2014.

Fonte: Bocão News

Nenhum comentário:

Postar um comentário