Petrocar Transportes

Petrocar Transportes

sábado, 16 de janeiro de 2016

Disque-Denúncia oferece recompensa de R$ 5 mil por pistas de assassino da menina Beatriz

15 de Janeiro de 2016
O Disque-Denúncia de Pernambuco oferece recompensa por informações que levem à prisão do assassino da menina Beatriz Angélica Mota, de sete anos de idade, que foi morta a facadas durante um evento festivo no Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, Centro de Petrolina, no dia 10 de dezembro passado. A recompensa é de R$ 5 mil. De acordo com o coordenador do Disque-Denúncia do Interior, Alexandre César Silva (foto), que veio a Petrolina lançar a campanha nesta sexta-feira (15), o serviço oferece três formas de denúncia, todas com anonimato. A primeira e mais tradicional é via telefone, a segunda pela internet – através do site do Disque-Denúncia -, e a terceira pelo aplicativo WhatsApp. “O serviço tem três canais para denúncia, sendo que os três canais têm anonimato total. Quando elas ligam para o serviço, elas recebem uma senha, e esse número é que vai possibilitar que o denunciante faça o acompanhamento da denúncia e, posteriormente, possa solicitar a recompensa, que vai até cinco mil reais”, frisa Alexandre. O coordenador também disse que qualquer tipo de informação pode ajudar nesse momento, mas a principal é de autoria. “Mas outras informações também podem ser trazidas através de denúncias, como elementos do crime, roupas que a pessoa vestia no dia, onde podem ser encontradas essas roupas com vestígio de sangue, por exemplo. Qualquer situação relacionada ao caso, nesse momento, é importantíssima para que a polícia, através dessas informações, possa seguir com as investigações e concluir o inquérito policial com a autoria do assassinato”, pontua. 

Canais de denúncia
Quem tiver alguma informação a respeito da localização do assassino da menina Beatriz, pode ligar para o telefone (81) 3719-4545 (o custo é de uma ligação interurbana), através do site http://www.disquedenunciape.com.br/, ou ainda enviar mensagens de texto, fotos ou vídeos para o WhatsApp do Disque-Denúncia: (81) 99119-3015. “Em todos o anonimato é garantido”, reforçou Alexandre César Silva.

Fonte: Blog do Carlos Britto

Nenhum comentário:

Postar um comentário