Petrocar Transportes

Petrocar Transportes

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Sol, praia, piscina, mar e atividades ao ar livre: cuidados com a visão precisam ser intensificados durante o verão

19 de Novembro de 2015
Está chegando a temporada de férias – leia-se os meses de Dezembro e Janeiro – e junto com ela, a estação mais quente do ano. O verão chega entre o final e o começo do ano, trazendo dias mais longos e quentes, que favorecem a realização de atividades ao ar livre. Pela temperatura ser mais elevada durante esta época do ano, é necessário que tenhamos cuidados especiais com o corpo e principalmente, com a visão. A saúde dos olhos pode ser seriamente danificada por conta de longas exposições ao sol. Todos nós sabemos que o astro-rei, mesmo em sua tamanha beleza, pode ser nocivo ao corpo humano. Assim como a pele, os olhos precisam ser protegidos dos raios solares de forma adequada, uma vez que a radiação pode provocar problemas como queimaduras, irritações na córnea e inflamação ocular. Locais como praia e piscina, boas pedidas da estação, podem oferecer um alto risco de proliferação de bactérias – piscinas com excesso de cloro e praias com areias sujas e mar impróprio para banho reúnem fungos e vírus que colocam em risco a saúde ocular causando algumas doenças. A conjuntivite bacteriana, por exemplo, é uma das mais comuns durante a temporada de alta temperatura, já que se espalha com mais facilidade em dias de calor intenso. Ela é contagiosa, podendo ser contraída em banhos de mar e piscina sem cloro, além de ambientes fechados com grande concentração de pessoas, e pode também causar inflamações. O melhor tratamento uma vez que contraída é a aplicação de compressas de água filtrada diretamente nos olhos. Para o oftalmologista João Vilaça, “a ceratite actínica e o pterígio também são doenças oculares comuns no verão. Causada por uma inflamação na córnea que ocorre devido à exposição por mais de seis horas ao sol, sem qualquer proteção, a ceratite actínica tem como principais sintomas a vermelhidão, dor na região ocular e aquela sensação de areia nos olhos”. Segundo Vilaça, “a melhor forma de tratá-la é procurar um oftalmologista para que seja indicado o tipo de tratamento adequado e imediato”, destacou. O desconforto ocular causado pelo crescimento de uma massa vermelha na membrana que reveste os olhos, direcionada para a córnea. Este tipo de alteração é causada também pela constante exposição ao sol e também à poeira, sem proteção. Vilaça ainda explica que o tratamento para esta lesão também deve ser recomendado por um oftalmologista. Existem algumas práticas que são essenciais durante o verão que ajudam na preservação da saúde dos olhos durante esta estação. São elas: 
- Acessórios: bonés, viseiras e óculos escuros de boa qualidade são extremamente recomendados. Eles auxiliam na proteção dos olhos contra os raios UVA e UVB. Fique atento aos óculos de sol: de acordo com o Conselho Brasileiro de Oftalmologia, 40% dos óculos de sol comercializados no país são falsificados, ou seja, de má qualidade que não garantem a eficiência da proteção nas lentes. Este alerta serve não só para os adultos, mas para todas as idades, afinal de contas crianças também precisam se precaver dos efeitos dos raios solares. 
- Alimentação: Procure ingerir alimentos saudáveis que contenham vitaminas A e C. Cenoura, ovo e verduras verdes devem fazer parte de uma refeição diária, pois agem com mais eficiência na saúde dos olhos. 
- Hidratação: Em tempos mais quentes, a desidratação ocular por ser uma constante por facilitar de forma considerável a evaporação das lágrimas. É recomendável beber bastante água durante a estação para manter um nível adequado de água no organismo e não prejudicar a visão. 
- Filtro Solar: Os protetores à base de pó são os mais aconselháveis para a região dos olhos. Isto porque não irritam a área com facilidade. Produtos líquidos e pastosos devem ser evitados. 
- Óculos de grau: Quem usa óculos de grau devem usar, de preferência, armações com lentes fotossensíveis que escureçam conforme o contato com os raios UV, de acordo com especialistas. Desta forma, pode ser evitado o desconforto na visão por causa do sol e oferecer ainda mais proteção sem perder a qualidade visual. 
Por Rômulo França

Fonte: Blog Diniz K-9

Nenhum comentário:

Postar um comentário