Petrocar Transportes

Petrocar Transportes

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Perímetros irrigados de Petrolina, Juazeiro e região serão contemplados com investimentos de R$ 38 milhões para adequação de sistemas de captação de água

05 de Novembro de 2015
O trabalho desenvolvido pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) para assegurar o abastecimento de água em perímetros irrigados da bacia do Rio São Francisco foi apresentado pelo diretor da Área de Empreendimentos de Irrigação da empresa, Luís Napoleão Casado, a membros do Congresso Nacional, em audiência pública da Comissão Mista Permanente sobre Mudanças Climáticas do Congresso Nacional realizada ontem (04). Em caráter emergencial, o governo federal investe cerca de R$ 38 milhões na adequação de sistemas de captação que retiram água do São Francisco para a irrigação. O diretor da Codevasf afirmou que a equipe técnica da empresa acompanha, diariamente, o andamento dos serviços. “A presidência da Codevasf e toda a sua equipe técnica está sensível e empenhada para soluções vivenciadas por essa situação atípica que ocorre em toda bacia do São Francisco. Nós estamos atentos e sensibilizados com essa situação e o governo federal não medirá esforços para a boa operação do sistema“, disse Napoleão. Segundo a Codevasf, serão beneficiados pelas ações irrigantes dos perímetros Betume, Cotinguiba-Pindoba e Propriá, em Sergipe; Nilo Coelho, Brígida, Icó Mandantes, Fulgêncio e Manga de Baixo, em Pernambuco, e Curaçá, Maniçoba e Pedra Branca, na Bahia. 

Redução da vazão
A Comissão Mista de Mudanças Climáticas (CMMC) do Congresso Nacional e os órgãos presentes à audiência pública de ontem, vão solicitar oficialmente ao Ibama e à Agência Nacional de Águas (ANA) que a vazão de defluência da Usina Hidrelétrica de Sobradinho seja reduzida dos atuais 900 para 800 metros cúbicos por segundo. A mobilização junto ao Instituto Brasileiro de Meio Ambiente será formalizada por ofício da CMMC, resultado de requerimento apresentado hoje pelo presidente da Comissão, senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE), e aprovado durante a audiência pública, à qual compareceram representantes da ANA, da Codevasf e da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf). “Estamos otimistas e acreditamos que a redução da defluência de Sobradinho será autorizada o mais rapidamente possível, evitando-se, assim, um verdadeiro colapso hídrico no Vale do São Francisco“, ressaltou Fernando Bezerra. O senador defendeu que a medida seja iniciada no próximo dia 29, prazo afinado à conclusão das obras de instalação de flutuantes e bombas de captação de água do lago, coordenadas pela Codevasf. 
Foto: Assessoria/divulgação

Fonte: Blog do Carlos Britto

Nenhum comentário:

Postar um comentário