Petrocar Transportes

Petrocar Transportes

terça-feira, 20 de outubro de 2015

Monstro que matou criança de 9 anos em Petrolina confessa que havia matado outra em Sobradinho-BA

19 de Outubro de 2015
Como havia sido noticiado no último dia sábado (17) o Monstro da Praça da Sementeira e primeiro caso de um Serial Killer em Petrolina, José Cícero da Silva, assumiu a autoria da morte da criança Carlos Eduardo, de 4 anos de idade na cidade de Sobradinho-BA. Segundo informações da Delegada Pollyana Nery, ele é o autor confesso da morte da criança de Sobradinho. A mãe da criança compareceu a Delegacia e relatou o caso. A Delegada falou que “a mãe da criança de Sobradinho nos procurou informando que há um mês atrás, precisamente em agosto, o José Cícero residiu em Sobradinho. Foi residir lá num sábado e passou o sábado, domingo e a segunda, a criança desapareceu na terça e na quarta-feira foi encontrada dentro de uma fossa aberta num matagal”, relatou a Drª Pollyana Nery. O acusado chegou a ser preso, mas foi solto por falta de provas. “A população suspeitou dele porque existiam testemunhas que viram ele saindo do local onde o menino foi morto. José Cícero foi apreendido, levaram ele a delegacia, mas como não havia indícios suficientes o delegado liberou José Cícero”. Ainda de acordo com a Delegada, a mãe da criança só veio a Petrolina relatar o caso porque soube da prisão do acusado na semana passada. “Quando houve a prisão dele, a mãe da criança veio a delegacia e nos informou sobre o caso e entramos em contato com a Penitenciária Dr. Edvaldo Gomes (PDEG) e por telefone falamos com os agentes penitenciários e a eles José Cícero confessou ter sido o autor da morte dessa criança em Sobradinho”. Pollyana Nery também confirma que a morte do menor na cidade baiana aconteceu da mesma forma em que Wallyson Pedro Souza, encontrado morto no canal do Antônio Cassimiro, em Petrolina, na última quarta-feira (14). “Nos mesmos moldes: abuso sexual, como ele sempre faz, estupro e morte por asfixia. Depois ele atirou o corpo da criança em uma fossa aberta no matagal”, destacou a delegada. “Continuamos investigando por se tratar de um delinquente, um psicopata, acreditamos que por todas as cidades onde ele passou, ele fez vítimas. Na história de Sobradinho foi a própria mãe que nos procurou na delegacia informando que ele morava lá, vizinho a uma tia da criança e tinham testemunhas de que ele tinha saído do local onde a criança foi encontrada”. Ao finalizar a entrevista a delegada aproveitou para fazer um pedido às mães de toda a região. “Eu peço as pessoas que tenham seus filhos desaparecidos, com idade entre oito e nove anos que nos procure na delegacia, se o desaparecimento aconteceu no período em que esse maníaco estava solto, para que possamos ajudá-los. O nosso intuito agora é dar paz para essas famílias. E peço também para as mães, tomem cuidado com seus filhos, oriente para que não andem com pessoas desconhecidas. Mas assim, nós fizemos o nosso trabalho e tiramos um maníaco da sociedade”.

Fonte: CUBAPE

Nenhum comentário:

Postar um comentário