Petrocar Transportes

Petrocar Transportes

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Ministério Público do Piauí notifica dono de festa que oferecia R$ 100,00 à mulher que tirasse calcinha

28 de Outubro de 2015
O Ministério Público Estadual do Piauí, por meio do Núcleo de Promotorias de Justiça de Defesa da Mulher Vítima de Violência Doméstica e Familiar (NUPEVID), notificou uma casa de show em Teresina que divulgou uma festa na qual as mulheres que subissem ao palco e tirassem a calcinha receberiam R$100. O evento iria acontecer nesta quinta-feira (29), na Zona Norte da capital. Para a promotora Amparo Paz, esse tipo de evento fere a dignidade das mulheres. “Esse tipo de evento desvaloriza a mulher que precisa ter a sua dignidade preservada. Essa festa pode até acontecer, mas não com esse tipo de atitude”, disse. O MP entende que esse tipo de atitude é crime obsceno previsto no artigo 234 do Código de Processo Penal e também é crime de favorecimento a prostituíção ou outra forma de exploração sexual, que está previsto no artigo 228 do CPP. A delegada Claudia Luz, do 7º Distrito de Polícia Civil de Teresina, deve intimar os proprietários ainda nesta quarta-feira (28). “Ficamos horrorizadas com essa atitude. Vamos ouvir o que eles têm a dizer e firmar um termo circunstanciado. Vou acompanhar os depoimentos”, afirmou a promotora. Procurado pelo G1 o dono da casa de shows, Jorge dos Santos, afirmou que o banner com anúncio da festa foi alterado e que o evento com título de 'Pagode da Calcinha' nunca existiu. Ainda segundo ele, a montagem em cima do anúncio original incluiu ainda a oferta dos R$ 100. “Não faço eventos como este, minhas festas são sérias, sempre fiz shows aqui em Teresina. Desde ontem estou procurando saber quem fez essa montagem”, contou. A imagem (ao lado) em questão foi divulgada no Facebook da casa de shows, mas removida horas depois e substiuída por outro anúncio sem a oferta de tirar a calcinha por dinheiro. 

Fonte: G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário