segunda-feira, 30 de março de 2020

Equipe Mercedes desenvolve respirador para pacientes com coronavírus em cinco dias

30 de março de 2020
Atual hexacampeã mundial de Construtores na Fórmula 1, a Mercedes desenvolveu em apenas cinco dias, num trabalho conjunto com a Universidade College de Londres, um respirador para ser utilizado por pacientes com coronavírus. O aparelho foi aprovado pela NHS, o sistema nacional de saúde do Reino Unido. É o primeiro dispositivo desenvolvido por uma equipe de Fórmula 1 desde que passou a haver uma atuação conjunta após uma convocação extraordinária do governo local. Além da Mercedes, outras seis equipes com sede no país estão colaborando em áreas como prototipagem rápida, design e testes para o desenvolvimento de aparelhos que ajudem nessa pandemia de Covid-19. O trabalho está sendo chamado de "Project Pitlane". O aparelho desenvolvido pela Mercedes se chama Continuous Positive Airway Pressure (Pressão Positiva Contínua nas Vias Aéreas, em português) e ajudará pacientes com problemas graves de respiração. Com a aprovação do sistema, a estimativa é de que mil aparelhos possam ser fabricados por dia. Chefe de alta performance da Mercedes, Andy Cowell comemorou: Já o professor Tim Baker, do departamento de engenharia mecânica da universidade, exaltou o fato de que um projeto desses teoricamente levaria muito mais tempo para ser desenvolvido: - Dada a necessidade urgente, somos gratos por termos conseguido reduzir um processo que poderia levar anos para questão de dias. Como recebemos o resumo, trabalhamos todas as horas do dia, desmontando e analisando um dispositivo não patenteado. Usando simulações em computador, aprimoramos ainda mais o dispositivo para criar uma versão de ponta adequada à produção em massa. Tivemos o privilégio de poder recorrer à capacidade da Fórmula 1.

Fonte: Globo Esporte

Dinheiro gasto na construção do Estádio Mané Garrincha daria para comprar mais de 30 mil respiradores

30 de março de 2020
Não deixa de ser uma ironia que o estádio Mané Garrincha se torne um hospital de campanha para receber pacientes da Covid-19. Imaginem o que se poderia fazer na saúde pública com os R$ 2 bilhões usados na construção. Nunca ficou tão evidente que esse dinheiro poderia salvar vidas. Seria suficiente para comprar mais de 30 mil respiradores, equipamento fundamental nos casos críticos de Covid-19. 

Dinheiro vai fazer falta
A Operação Lava-Jato de Curitiba recuperou mais de R$ 4 bilhões que circularam no esquema de corrupção da Petrobras. Essa é apenas uma parte, a que retornou aos cofres públicos. Essa bolada vai fazer falta na solução para a pandemia de coronavírus no país. Pelo Twitter, o coordenador da força-tarefa, Deltan Dallagnol, chamou a atenção para o colapso que pode ocorrer no Brasil: a falta de leitos hospitalares no auge da pandemia. O Brasil tem 1,95 leitos para cada mil habitantes. Na Itália, o caos mundial, tem 3,2. 
Coluna Eixo Capital/Por Ana Maria Campos 

Fonte: Correio Braziliense

Prazo para saque imediato de até R$ 998 do FGTS acaba amanhã

30 de março de 2020
O trabalhador que até hoje (30) não fez o saque imediato de até R$ 998 do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) tem até amanhã (31) para retirar o dinheiro. Na quarta-feira (1º), todo o dinheiro não sacado retornará à conta original. Desde setembro do ano passado, a Caixa Econômica Federal está distribuindo dinheiro de contas ativas ou inativas do FGTS. Os recursos foram liberados de forma escalonada até dezembro, num cronograma baseado no mês de nascimento do trabalhador. Ao todo, foram distribuídos cerca de R$ 40 bilhões, que serviram para estimular a economia no fim do ano passado. O valor usado como referência para o saque imediato é o saldo de cada conta – ativa ou inativa – em 24 de julho do ano passado. Os trabalhadores com saldo acima de R$ 998 nessa data só podem sacar até R$ 500 por conta de FGTS. Quem tinha contas com até R$ 998 – montante equivalente ao salário mínimo no ano passado – pode sacar até esse valor. Numa simulação, um trabalhador que tinha R$ 998 numa conta do FGTS e R$ 1 mil em outra conta em 24 de julho do ano passado só pode retirar R$ 998 da primeira conta e R$ 500 da segunda. A retirada também pode ser feita por quem tinha sacado os R$ 500 da conta no ano passado e não retirou a diferença entre R$ 500 e R$ 998 em dezembro. Inicialmente, o governo permitiria apenas a retirada de até R$ 500 por conta, mas o Congresso Nacional ampliou o saque para R$ 998 para contas com saldo igual ou inferior ao salário mínimo. 

Como sacar
O saque poderá ser feito pelos mesmos canais de pagamento da primeira etapa do saque imediato. Por causa da pandemia de coronavírus, a Caixa orienta o resgate por meio do aplicativo FGTS, disponível para tablets e smartphones dos sistemas Android e iOS. Nesse caso, o trabalhador pode programar a transferência do dinheiro para qualquer conta em seu nome, independentemente do banco. A operação não tem custo. Os saques de até R$ 998 podem ser feitos nas casas lotéricas, caso esses estabelecimentos estejam abertos, e terminais de autoatendimento para quem tem senha do Cartão Cidadão. Quem tem Cartão Cidadão e senha pode sacar nos correspondentes Caixa Aqui, caso esses estabelecimentos estejam autorizados a abrir. Basta apresentar documento de identificação. 

Atendimento
Desde a última terça-feira (24), as agências da Caixa estão funcionando em horário reduzido, das 10h às 14h. O atendimento está restrito a quem não puder resolver o problema por canais eletrônicos. As dúvidas sobre valores e a data do saque podem ser consultadas no aplicativo do FGTS, pelo site da Caixa ou pelo telefone de atendimento exclusivo 0800-724-2019, disponível 24 horas. A Caixa destaca que o saque imediato não altera o direito de sacar todo o saldo da conta do FGTS, caso o trabalhador seja demitido sem justa causa ou em outras hipóteses previstas em lei. Essa modalidade de saque não significa que houve adesão ao saque aniversário, que é uma nova opção oferecida ao trabalhador a partir de abril, em alternativa ao saque por rescisão do contrato de trabalho. Por meio do saque aniversário, o trabalhador poderá retirar parte do saldo da conta do FGTS, anualmente, de acordo com o mês de aniversário. 
Edição: Graça Adjuto

Fonte: Agência Brasil

Senado vota hoje auxílio de R$ 600 para autônomos e informais

30 de março de 2020
O Senado vota hoje (30) o pagamento de um auxílio emergencial por três meses, no valor de R$ 600, destinado aos trabalhadores autônomos, informais e sem renda fixa. O presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP), havia confirmado a data da votação em postagem no Twitter, na última sexta-feira (27). Alcolumbre continua se recuperando após ser diagnosticado com o novo coronavírus. Quem tem comandado as sessões remotas é o vice-presidente, senador Antonio Anastasia (PSD-MG). A sessão está prevista para ocorrer às 16h. Antes, às 10h, os líderes se reunirão, também remotamente, para discutir outras votações prioritárias da semana. Pelas manifestações de senadores nas redes sociais, a expectativa é que a medida seja aprovada sem objeções. Inicialmente, na primeira versão do relatório, o valor proposto era de R$ 500. Após negociações com o líder do governo, deputado Vitor Hugo (PSL-GO), o Executivo decidiu aumentar para R$ 600 e a proposta foi aprovada na Câmara dos Deputados na última quinta-feira (26). O auxílio é voltado aos trabalhadores informais (sem carteira assinada), às pessoas sem assistência social e à população que desistiu de procurar emprego. A medida é uma forma de amparar as camadas mais vulneráveis à crise econômica causada pela disseminação da covid-19 no Brasil, e o auxílio será distribuído por meio de vouchers (cupons).

Fonte: Agência Brasil

quinta-feira, 26 de março de 2020

Comunitário Leo Vinicius faz apelo aos governantes em prol dos caminhoneiros

26 de março de 2020
Fonte: Blog Diniz K-9

Espaço do Leitor: Casa de apoio do TFD de Petrolina no Recife continua no esquecimento

25 de março de 2020
Entra ano e sai ano a casa de apoio do TFD da cidade de Petrolina, que fica no bairro da Encruzilhada, na capital pernambucana, continua com o mesmo descaso por parte do poder público municipal. Recentemente a gestão do município anunciou a mudança da sede do TFD em Petrolina para uma melhor instalação que fica na Avenida da Integração, área central da nossa cidade, um ônibus com mais conforto para os pacientes, mas o contribuição de R$ 20,00 continua e a situação da casa de apoio no Recife permanece no mesmo descaso, segundo reclamações do paciente Jeferson Costa, que faz tratamento desde 2012. O comunitário chama a atenção do poder público municipal e dos vereadores. "Aí fica a pergunta, até quando esse descaso vai continuar? Será que temos essa força política toda?" Desabafou o paciente.
Por Cleber Sena

Fonte: Blog Diniz K-9

domingo, 15 de março de 2020

Partido Patriota 51 poderá lançar candidato a Prefeito em Petrolina

14 de março de 2020
O partido PATRIOTA 51 em Petrolina estuda a possibilidade de lançar candidatura própria a prefeito da cidade, tendo em vista que em Petrolina não tem ainda nenhum candidato que se declarou bolsonariano. O Partido pensa em levar ao povo petrolinense um candidato com essa característica, a fim de atender ao pleito dos militantes do presidente. Bolsonaro teve em média 50 mil votos em nossa cidade e todo esse público, principalmente militares e evangélicos, ainda esperam que um dos pré-candidatos a prefeito assuma o apoio ao nosso presidente, o que ainda não ocorreu. A discussão tomou conta do partido nos últimos dias e nomes de alto gabarito foram cogitados para a disputa, a exemplo do Coronel Carlos Pereira, ex-comandante-Geral da PMPE, o Coronel Álvaro Miranda, médico ortopedista, o Coronel Helvetius, ex-comandante do 72º Batalhão do Exército Brasileiro, o Capitão e Professor José Alencar, além do líder evangélico Erivelton. Acredita-se que com o apoio de Bolsonaro e dos bolsonarianos petrolinenses, o candidato PATRIOTA possa ir para o segundo turno com o Prefeito Miguel Coelho. 
Ascom PATRIOTAS 51

Fonte: Blog Diniz K-9 

quinta-feira, 5 de março de 2020

IR 2020: O que mudou? Veja as novidades no Imposto de Renda deste ano

05 de março de 2020
Embora as principais regras continuem as mesmas, a declaração do Imposto de Renda 2020 traz algumas novidades em relação ao ano passado para os contribuintes. Neste ano, o prazo para entrega da declaração se estenderá até o dia 30 de abril. A Receita Federal espera receber 32 milhões de declarações dentro do prazo legal. O programa para o preenchimento da declaração do IR 2020 informa as novidades deste ano logo no momento em que o contribuinte abre a tela. 

Patrões não poderão mais deduzir gastos empregados domésticos 
Uma das novidades na declaração do IR deste ano é que a dedução de gastos dos patrões com a previdência de empregados domésticos não será mais permitida. O benefício levou a uma renúncia fiscal de cerca de R$ 674 milhões em 2019 e não foi prorrogado. Com o fim da dedução da contribuição patronal paga ao INSS pelo empregador, a estimativa do Ministério da Economia é de elevar a arrecadação em aproximadamente R$ 700 milhões. 

Doação a fundo destinado ao Estatuto do Idoso 
A partir desse ano é possível realizar a doação a fundos de idosos diretamente na declaração do IR (e não somente no ano-base 2019), por meio de DARF cod 9090, até o limite individual de 3% do imposto devido. Assim, não há mais a necessidade do desembolso durante todo o ano anterior. Vale lembrar, porém, que o somatório das doações para fundos relacionados ao Estatuto do Idoso e ao Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) está limitado a 6% do imposto devido apurado na declaração em conjunto com as doações efetuadas no decorrer do ano-calendário de 2019, incluindo também as relativas à cultura e incentivo à atividade audiovisual e ao desporto. Aqueles contribuintes que quiserem destinar parte do seu imposto devido a alguma instituição poderão fazê-lo diretamente na ficha de “Doações Diretamente na Declaração". 

Prazo ampliado para débito automático
A Receita ampliou este ano o prazo para quem tenha imposto a pagar e desejar pagar todas as parcelas no débito automático. Foi estendido até o dia 10 de abril o prazo para quem entregar a declaração e desejar pagar a primeira quota do imposto de renda já via débito bancário. Até o ano passado, esse prazo era até o final de março. Quem entregar a declaração a partir de 11 de abril e tiver imposto a pagar terá que pagar a primeira parcela através de Darf (Documento de Arrecadação de Receitas Federais) – o débito automático só será autorizado a partir da segunda parcela. 

Restituição chegará antes
O calendário de restituições começará mais cedo neste ano: serão 5 lotes e não 7, como ocorreu até o ano passado. O primeiro lote está programado para o dia 29 de maio, com o último lote previsto para 30 de setembro. Para efeitos de comparação, no ano passado as restituições iniciaram no dia 17 de junho, com o último lote sendo depositado no dia 16 de dezembro. As restituições serão priorizadas pela data de entrega da declaração do Imposto de Renda. Vale lembrar que idosos, portadores de doença grave e deficientes físicos ou mentais têm prioridade. Veja aqui o calendário de restituição.

Dados mais detalhados e novos campos obrigatórios
O programa gerador do IR 2020 traz campos novos. Para as informações bancárias de conta corrente ou poupança foi incluído o campo de código do banco, o que não havia até o ano passado. "Essa informação vai facilitar a identificação das contas para restituição ou débito automático em caso de imposto devido, pois o contribuinte poderá buscar os bancos cadastrados na ficha de bens e direitos, que já estiverem pré-cadastrados", explica a contadora e professora do Centro Universitário Internacional Uninter, Paolla Hauser. Neste ano, há também um novo campo obrigatório para determinados bens e direitos. Ao informar os dados de contas bancárias e aplicações financeiras, por exemplo, o contribuinte terá que informar se o bem pertence ao titular ou a um dependente, e o CNPJ ou CPF relacionado ao item. 

Matrícula de imóvel e número do Renavam seguem opcionais
Já informações complementares de bens e direitos, como número de matrícula, IPTU e data de aquisição de imóveis, além do número do Renavam de veículos e aeronaves, continuam opcionais, segundo a Receita. Vale lembrar que, como em anos anteriores, para a elaboração e transmissão da declaração é preciso informar número do recibo do ano passado, relativo ao envio da declaração do IR 2019, ano-calendário 2018. 

Rendimentos recebidos acumuladamente - isenção 65 anos 
Neste ano, é possível informar na ficha "Rendimentos recebidos acumuladamente" o valor da parcela isenta para aposentados e pensionistas com mais de 65 anos. A Receita explica, porém, que essa isenção somente será aplicada caso o contribuinte selecione a opção "Ajuste Anual" com forma de tributação do rendimento recebido acumuladamente. Caso seja selecionada a opção "tributação exclusiva na fonte", essa parcela será somada ao rendimento tributável.

Quem deve declarar? 
Deve declarar o IR neste ano quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2019. O valor é o mesmo da declaração do IR do ano passado.  

Também devem declarar:
*Contribuintes que receberam rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40 mil no ano passado; 
*Quem obteve, em qualquer mês de 2019, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas; 
*Quem teve, em 2019, receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50 em atividade rural; 
*Quem tinha, até 31 de dezembro de 2019, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil; 
*Quem passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês do ano passado e nessa condição encontrava-se em 31 de dezembro de 2019; 
*Quem optou pela isenção do imposto incidente em valor obtido na venda de imóveis residenciais cujo produto da venda seja aplicado na aquisição de imóveis residenciais localizados no país, no prazo de 180 dias, contado da celebração do contrato de venda. 

Desconto simplificado
Quem optar pelo declaração simplificada abre mão de todas as deduções admitidas na legislação tributária, como aquelas por gastos com educação e saúde, mas tem direito a uma dedução de 20% do valor dos rendimentos tributáveis, limitada a R$ 16.754,34, mesmo valor do ano passado. Veja os limites para as deduções no Imposto de Renda 2020 

Sem correção da tabela do Imposto de Renda 
A tabela do Imposto de Renda não foi corrigida no ano passado e também não há previsão de que ela seja atualizada neste ano. Quando a tabela não é corrigida, mais trabalhadores podem passar a pagar imposto no país. A falta de correção faz também com que muitos contribuintes passem a pagar uma alíquota maior em relação ao ano anterior, uma vez que reajustes salariais (ainda que abaixo da inflação) podem fazer com que a pessoa entre em outra faixa de renda da tabela do IR. A tabela do IR não é corrigida desde 2015. Segundo o Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Sindifisco Nacional), nos últimos 20 anos não houve correção da tabela do IR em quatro governo diferentes. No acumulado de 1996 a 2019, a defasagem é de 103%.

Escritório Contabilidade do Vale, em Petrolina, vai fazer declarações de interessados
O Escritório de Contabilidade do Vale, em Petrolina, localizado à Rua Petúnia, 1B, Parque Massangano, irá fazer declarações em nossa região. Os interessados poderão estar entrando em contato com o escritório através do fone 87 3862-7196. 
Fonte: G1/Blog Diniz K-9

Ronaldinho Gaúcho é investigado por suspeita de uso de passaporte falso no Paraguai

05 de março de 2020
O ex-jogador Ronaldinho Gaúcho e seu irmão, Assis Moreira, são investigados por suspeita de uso de passaporte e documentos de identificação paraguaios falsos. Eles ficaram sob custódia no hotel onde estavam hospedados em Assunção, no Paraguai, na noite desta quarta-feira (4). O ex-ídolo da seleção brasileira de futebol, que está na capital paraguaia para compromissos comerciais, e o irmão passaram a noite sob custódia da polícia no Hotel Resort Yacht y Golf Club Paraguayo. Na manhã desta quinta-feira (5), eles estão sendo ouvidos no Ministério Público. MP decidirá se denuncia ou não os dois brasileiros. A Polícia Nacional e autoridades dos ministérios do Interior e Público foram até o hotel após denúncia do Departamento de Identificações do Paraguai, que advertiu às autoridades migratórias sobre a irregularidade com os passaportes paraguaios. Na suíte em que o ex-atleta está hospedado foram apreendidos passaportes paraguaios e carteiras de identidade, além de telefones celulares, de Ronaldinho e do irmão. O Ministério Público do Paraguai declarou que os passaportes são adulterados. Eles foram emitidos para cidadãos paraguaios em janeiro de 2020. Um empresário brasileiro de 45 anos, suspeito de ter fornecido os documentos irregulares, foi detido. Ele passou a noite na sede de Investigação de Delitos da Polícia Nacional. Não está claro por que o ex-jogador entrou no Paraguai com passaporte quando, entre os países do Mercosul, não é obrigatória a sua apresentação. O documento de identidade interno de cada país é suficiente para que os cidadãos circulem entre esses países. O procurador Federico Delfino, um dos responsáveis pela investigação, disse em uma coletiva de imprensa nesta quinta que os irmãos saíram do aeroporto internacional de Guarulhos, em São Paulo, com documentação brasileira e teriam recebido os passaportes paraguaios "assim que deixaram o avião". A Justiça paraguaia também investiga suposta cumplicidade dos agentes migratórios por permitirem a entrada no país do brasileiro apesar da irregularidade na documentação. 
Defesa
O advogado Sérgio Queiroz, que representa o ex-jogador no Brasil, disse ao GloboEsporte.com que "certamente trata-se de algum equívoco que será esclarecido". Ao G1, ele afirmou que não está claro por que haveria algum problema com os documentos. “Isso me causa estranheza, porque ele tem documentação, ele tem passaporte brasileiro.” O atleta aposentado não está preso, salientou Queiroz, mas, sim, foi detido para prestar esclarecimentos. Em 2015, o ex-jogador Ronaldinho Gaúcho teve os passaportes brasileiro e espanhol confiscados por causa de problemas com a justiça. Porém, ainda de acordo com o seu advogado, os documentos estão liberados "desde setembro/outubro" do ano passado. 
Problemas com passaportes
Uma condenação por dano ambiental de Ronaldinho Gaúcho e do irmão dele na Justiça do Rio Grande do Sul levou os dois a terem os passaportes confiscados. Eles ficaram proibidos de deixar o país ou renovar os documentos até repararem os danos causados. O processo foi motivado pela construção ilegal de um trapiche, com plataforma de pesca e atracadouro, na orla do Guaíba, em Porto Alegre, em uma área de preservação permanente e sem licenciamento ambiental. A apreensão dos passaportes de Ronaldinho e Assis foi determinada em novembro de 2018, como forma de obrigar a família a pagar uma indenização que passava de R$ 8,5 milhões. Em setembro de 2019, o ex-jogador foi nomeado embaixador do turismo brasileiro pelo governo federal mesmo tendo os passaportes retidos pela Justiça e sendo proibido de renovar os documentos. Dias depois, os dois irmãos fizeram um acordo com o Ministério Público, que previa pagamento de fiança para receber de volta os documentos. 
Campeão mundial e melhor do mundo
Ronaldinho Gaúcho defendeu, entre outros times, Barcelona, Milan, Paris Saint-Germain, Grêmio, Flamengo e Atlético-MG. Foi campeão mundial pela Seleção Brasileira em 2002 e eleito melhor jogador do mundo duas vezes: 2004 e 2005.

Fonte: G1

terça-feira, 3 de março de 2020

Brasil tem 433 casos suspeitos de novo coronavírus e 2 confirmados

02 de março de 2020
O Ministério da Saúde divulgou nesta segunda-feira (2) que o Brasil tem 433 casos suspeitos de novo coronavírus (Sars-Cov-2). Nenhum novo caso foi confirmado neste novo balanço e o país permanece com dois casos confirmados da doença Covid-19. Os dois infectados são brasileiros que estiveram recentemente na Itália. Os dois seguem em isolamento domiciliar. O atual número de casos representa um aumento de 71%. De acordo com o ministério, o balanço não foi atualizado ao longo do fim de semana, o que teria contribuído para o salto. No domingo, o número de casos suspeitos era de 252. Ao todo, 162 casos foram descartados desde o início do monitoramento. O ministério não apontou nenhum "caso provável", que é uma nova categoria incluída pela pasta entre as possíveis em seus balanços. Um caso provável será aquele do paciente que apresentar sintomas e tiver tido contato direto com uma pessoa que teve Covid-19 confirmado. 

Mortes pelo mundo
O balanço mais recente da Organização Mundial da Saúde (OMS), que apresenta dados de domingo (1º), apontava 2.977 mortes causadas pelo coronavírus. Somando as mortes noticiadas nesta segunda desde o boletim da OMS, houve cerca de 3.030 mortes entre quase 90 mil casos confirmados da doença no mundo. 

Vacina contra outras doenças
Não há vacina contra o coronavírus. Apesar disso, o ministério reforçou a importância de que todo o público alvo seja vacinado na campanha regular contra a gripe. Isso porque, entre os casos descartados no atual monitoramento, há 27 casos de Influenza, que já pode ser evitada com a vacinação. Neste ano, o governo antecipou a campanha de vacinação da gripe no Brasil: o início está previsto para 23 de março. Serão distribuídas 75 milhões de doses no período de vacinação.

Fonte: G1/Bem Estar

segunda-feira, 2 de março de 2020

Declaração de Imposto de Renda 2020 é na Contabilidade do Vale, em Petrolina

02 de março de 2020
Não deixe pra última hora. Faça sua declaração de imposto de renda 2020 no início e receba nos primeiros lotes da restituição. A Contabilidade do Vale fica situada na Rua Petúnia, 11B, Parque Massangano, Petrolina, fone 3862-7196. O escritório oferece desconto especial para Policias Militares. 

Fonte: Blog Diniz K-9

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020

CBF divulga tabela do Campeonato Brasileiro 2020; veja os confrontos da 1ª rodada

27 de fevereiro de 2020
A Confederação Brasileira de Futebol divulgou, nesta quinta-feira, a tabela do Campeonato Brasileiro 2020. A competição começa a ser disputada no primeiro fim de semana de maio, nos dias 2 e 3. O Flamengo, atual campeão brasileiro, receberá o Atlético-MG no Maracanã. A tabela detalhada ainda não foi definida pela CBF.

Fonte: Globo Esporte

Valdir Espinosa não resiste a infecção e morre aos 72 anos

27 de fevereiro de 2020
Morreu na manhã desta quinta-feira o coordenador técnico do Botafogo, Valdir Espinosa, aos 72 anos. O ex-treinador estava internado havia uma semana em um hospital no Rio de Janeiro para tratar uma infecção intestinal e teve complicações pós-operatórias. Gaúcho, como era conhecido, teve uma carreira vitoriosa como treinador. O ex-lateral-direito conquistou mais de 15 títulos, com destaque para a Libertadores e Mundial de Clubes com o Grêmio em 1983. Espinosa também é figura marcante no Botafogo. Ele foi o técnico que tirou o jejum de 21 anos do Glorioso, com os títulos da Taça Rio e Carioca em 1989. Nesta temporada, Valdir tinha o cargo gerente de futebol no clube carioca. Como jogador, Espinosa teve carreira bem mais modesta. Atuou apenas oito anos, com passagens por CSA, Esportivo e Caxias. Valdir Espinosa também coleciona passagens internacionais. Clubes como Cerro Porteño, do Paraguai, Al-Hilal, da Arábia Saudita, Tokyo Verdy, do Japão, e Las Vegas City, dos Estados Unidos, foram comandados por ele. O Botafogo abriu o Salão Nobre de General Severiano para o velório do ídolo das 15 às 22 horas desta quinta-feira.

Fonte: Gazeta Esportiva

terça-feira, 25 de fevereiro de 2020

Comunitário Leo Vinicius clama por sinalização e iluminação na Ponte do Bairro Vale do Grande Rio, em Petrolina

24 de fevereiro de 2020
Venho através deste blog, alertar ao Prefeito e seus secretários, antes que aconteça uma tragédia, para que seja feita alguma sinalização na Ponte do Vale Grande Rio, em especial uma faixa contínua, além da iluminação, pois não faltam relatos de assaltos, tentativas de estupros, justamente por falta de Iluminação. 
Fica o alerta do amigo e morador Leo Vinicius...
Fonte: Blog Diniz K-9

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

É Hipocondríaco? Nove sinais de que tem a "mania das doenças"

17 de fevereiro de 2019
O hipocondríaco tem um medo infundado de ter uma doença grave e mortal, com base na interpretação errônea de funções normais do organismo, explica o hospital CUF no seu site. 

Nove sinais de que sofre de hipocondria

Procure ajuda se tem estes comportamentos: 

1. Pensa frequentemente que tem uma nova doença e que vai morrer. 
2. Preocupa-se excessivamente com a saúde e qualquer coisa serve para entrar em pânico: um espirro pode ser sinônimo de contágio por uma bactéria mortífera, uma tosse ligeira é sinal óbvio de tuberculose, uma dor de cabeça só pode ser um tumor. 
3. Faz o autodiagnóstico com a 'ajuda' da Internet e não "baixa a guarda", ainda que todos os médicos garantam que está tudo bem. 
4. Chega mesmo a sentir os sintomas da doença que imagina ter e que nenhum exame objetivo comprova. 
5. É um cliente assíduo das farmácias e tem o seu próprio stock de medicamentos em casa. 
6. Está sempre a monitorizar o seu corpo e a queixar-se de problemas que mais ninguém vê. 
7. Quando ouve falar de uma doença na televisão (como dengue, gripe ou Alzheimer), acredita que vai ser a próxima vítima. 
8. Quando sente algo, como um ruído estranho ou uma dor nova, vai logo investigar no Google. 
9. Acha que a sua família, os seus amigos e os médicos não levam as suas preocupações a sério. 

Consequências
Conforme explica a CUF, dos grandes perigos é a automedicação, devido aos efeitos secundários e às interações entre fármacos. Outro risco sério é a realização de exames 'a torto e a direito', alguns dos quais são invasivos ou envolvem radiações. Por fim, para quem se lembra da história de Pedro e o Lobo, pode acontecer que quando for 'a sério' ninguém acredite. 

Diagnóstico e tratamento
A hipocondria é mais do que uma mania temporária, sublinha o hospital CUF, é um distúrbio de ansiedade. Para ser diagnosticada, tem de causar uma preocupação constante, um sofrimento intenso e uma deterioração da qualidade de vida durante pelo menos seis meses. É distinta da depressão, do distúrbio de pânico e da perturbação obsessivo-compulsiva (POC). O tratamento é possível. Este pode incluir psicofármacos (antidepressivos, neurolépticos, ansiolíticos) e/ou psicoterapia. Fonte: Notícias ao Minuto/MSN

sábado, 15 de fevereiro de 2020

Comunidade do Serrote da Batateira, zona rural de Juazeiro-BA, clama por água

14 de fevereiro de 2020
A comunidade do Serrote da Batateira, zona rural de Juazeiro-BA, clama por água para poderem irrigar suas plantações, evitando que tudo se perca devido a escassez do precioso líquido. Os mesmos afirmam que nas eleições municipais deste ano estarão promovendo a campanha "Sem água, sem voto!", justamente para tentar sensibilizar o poder público, vindo a conseguir sucesso em seu pleito. De acordo com populares, alguns poços artesianos estão secando, devido a grande quantidade de agricultores utilizando, e muitos estão gastando o pouco recurso financeiro que lhes resta, contratando carros-pipa, para terem acesso à água, evitando a perda da lavoura, porém, todas as ações não passam de um paliativo, pois o problema só deve ser resolvido de fato, após a implantação de um projeto de irrigação na localidade.
Fonte: Blog Diniz K-9

Polícia aborda motorista que levava sogra no porta-malas de carro em rodovia de Santa Catarina

14 de fevereiro de 2020
Alguma vez você já deve ter ouvido (ou falado) que sogras são umas malas, mas, com certeza, não deve ter levado à risca essa afirmação. Um argentino não entendeu a brincadeira e foi flagrado levando a dele, de cerca de 60 anos, no porta-malas do carro enquanto visitava o Brasil. A Polícia Rodoviária de Santa Catarina parou o motorista na quinta-feira (13) e viu a senhora no compartimento de carga. Ao Portal da RedeTV!, a polícia afirmou que o homem estava indo para Florianópolis e disse que ficaria muito caro alugar mais um carro para levar a mãe de sua esposa. Além de levar a idosa onde não deveria, ele também transportava uma criança sem cadeirinha. Após os agentes pararem o carro, um SUV alugado no Brasil, logo foram surpreendidos pela cena. Eram seis pessoas, segundo a Polícia, e o homem foi autuado por transportar passageiro no compartimento de carga e por levar a criança sem equipamento de segurança adequado. A senhora precisou seguir viagem em um veículo chamado por aplicativo e o genro não deve ter ganho muita moral com a mulher.

Fonte: Rede TV/UOL

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2020

Cobra ataca microfone de repórter durante gravação

07 de fevereiro de 2020
Uma repórter do Canal 9 da Austrália levou o maior susto na gravação de uma reportagem na quarta-feira (5). Sarah Cawte estava com uma cobra píton nos ombros quando o animal deu três botes no microfone. A gravação estava sendo supervisionada por tratador especializado em répteis. Apesar do susto, a equipe e a jornalista reagiram a situação com bom humor. "Eu estava com medo porque minha mão estava muito perto do microfone. Foi muito assustador. Mais muitas delas têm mais medo de vocês do que vocês têm delas", contou Sarah ao canal de TV australiano. A repórter relatou ainda o que ocorreu após a gravação da reportagem. "Assim que consegui gravar, falei para o tratador: 'Tira a cobra de cima de mim, não quero mais isso!'", disse. Apesar do susto, nem a repórter nem o animal ficaram feridos na gravação da reportagem que, apesar do que aconteceu, foi veiculada normalmente, até mesmo com as imagens dos botes. 
Veja vídeo:
Fonte: iBahia

Ex-presidentes da república ganham novos carros esportivos

06 de fevereiro de 2020
Os ex-presidentes José Sarney, Fernando Collor, Fernando Henrique Cardoso, Dilma Rousseff e Luiz Inácio Lula da Silva receberam, na quarta-feira, 5, um carro esportivo modelo Honda Civic. Os veículos chegaram ao Palácio do Planalto em um caminhão-cegonha e substituirão os veículos de 2008 que estavam com os ex-presidentes. Um decreto prevê que os ex-presidente tenham direito a um carro oficial. De acordo com a coluna Radar, da revista Veja, o Palácio do Planalto informou que a troca da frota ocorreu após problemas com a manutenção dos carros de 2008. "As falhas mecânicas têm se tornado recorrentes, onerando os custos de manutenção", afirmou. “Visando a economicidade para a administração, foram adquiridos veículos que não se enquadram na categoria ‘executivo de luxo’, além de ter sido exigido que o fornecedor contratado realize as três primeiras revisões sem nenhum custo para a Presidência da República, tendo sido adquiridos veículos Honda Civic, com valores praticados no mercado”, informou o Planalto.
Foto: Divulgação

Fonte: A Tarde/UOL

sábado, 11 de janeiro de 2020

Com inflação de 2019, defasagem da tabela do IR chega a 103%, dizem auditores da Receita

10 de janeiro de 2020
Com o resultado do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de 2019, uma alta de 4,31%, a defasagem da tabela do Imposto de Renda em relação à inflação chegou a 103% e superou a marca dos 100% pela primeira vez, segundo levantamento do Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Sindifisco). Entre 1996 e 2019, período considerado no estudo, a variação do IPCA somou 327,37%, muito superior aos reajustes realizados pelo governo nas faixas de cobrança do tributo, que ficaram em 109,63%. Isso gerou uma defasagem de 103,87% nos valores da tabela. O ano inicial do estudo é 1996 porque foi a partir de quando a tabela começou a ter os valores em reais. Nos últimos 23 anos, em apenas cinco as correções superaram a inflação: 2002, 2005, 2006, 2007 e 2009. A última atualização nos valores da tabela foi feita em 2015. 

Faixa de isenção
Se fosse totalmente corrigida, a faixa de isenção do Imposto de Renda saltaria de R$ 1.903,98 para R$ 3.881,65, e cerca de 10 milhões de contribuintes deixariam de pagar o tributo, de acordo com o Sindifisco. “Hoje, há cerca de dez milhões de contribuintes que são isentos de Imposto de Renda. Se houvesse a correção inflacionária da tabela, esse número passaria para quase 20 milhões. Ou seja, existem quase dez milhões de brasileiros que estão pagando Imposto de Renda e não deveriam”, diz Kleber Cabral, presidente do Sindifisco Nacional. Esse descompasso afeta, sobretudo, os mais pobres, já que vai trazendo pessoas com salários cada vez menores para dentro da base de contribuição. Em 1996, a isenção do tributo beneficiava quem recebia até nove salários mínimos – relação que despencou para menos de dois em 2019. O movimento também se deve, em parte, aos aumentos reais (acima da inflação) aplicados ao salário mínimo nos últimos anos. Isso porque, até 2019, a política de valorização do piso nacional previa reajuste pela inflação mais o crescimento do PIB de dois anos antes. 

Diferença entre valores pagos
A defasagem também obriga a classe média a entregar uma fatia maior da renda aos cofres públicos. Simulação realizada pelos auditores fiscais mostra que uma pessoa com renda tributável mensal de R$ 4 mil paga hoje R$ 263,87, mas recolheria apenas R$ 8,88 caso a tabela fosse totalmente corrigida. Ou seja, o montante pago é 2.873% superior. Já um trabalhador com renda mensal de R$ 10 mil tem um “prejuízo” menor: paga um tributo 92,3% maior do que deveria. “É uma política tributária regressiva, que penaliza, principalmente, os contribuintes de mais baixa renda, na contramão do senso de justiça fiscal. E acaba aprofundando as desigualdades distributivas do país”, destacou Cabral. 

Governo avalia medidas
Em maio do ano passado, o presidente Jair Bolsonaro disse que reajustaria a tabela pela inflação de 2019. Em dezembro, durante encontro com a imprensa no Palácio do Alvorada, ele voltou a falar no assunto e, dessa vez, defendeu que o limite de isenção subisse para R$ 3 mil. Até agora, porém, nenhum anúncio foi feito. A equipe econômica estuda incluir mudanças no tributo federal dentro da reforma tributária, que deve ser proposta nos próximos meses. Ela seria estruturada em três etapas, sendo que a última incluiria o aumento no limite de isenção e a limitação das deduções (como com saúde, educação e dependentes), bem como a volta da tributação sobre lucros e dividendos, extinta em 1996. A correção da tabela do Imposto de Renda esbarra na grave crise fiscal do governo, que vem cortando despesas para tentar equilibrar o orçamento. As contas de 2019 devem fechar no vermelho pelo sexto ano seguido, mesmo com as receitas extras do megaleilão do petróleo. E a previsão para 2020 é de um novo rombo, na faixa de R$ 100 bilhões. Para o especialista em contas públicas Raul Velloso, haveria espaço para um reajuste parcial da tabela do IR, com base apenas na inflação de 2019. “A partir de agora, com a recuperação da economia e da arrecadação e a inflação continuando, como tudo indica, baixa, haverá um cenário propício para o governo começar a recuperar um pouco essa questão da tabela”, disse.
Por Bianca Pinto Lima, GloboNews

Fonte: G1

sexta-feira, 10 de janeiro de 2020

Restituição do DPVAT 2020 para quem pagou valor mais caro será pela internet; saiba como fazer

10 de janeiro de 2020
O pedido de restituição para quem pagou o DPVAT 2020 com valores mais altos será feito pela internet, informou a Seguradora Líder, empresa gestora do seguro obrigatório, nesta sexta-feira (10). O recurso estará disponível a partir da próxima quarta-feira (15). Após enviar a solicitação pelo sistema, o ressarcimento com a diferença de valores será feito na conta corrente ou conta poupança do proprietário do veículo em até 2 dias úteis, afirmou a gestora do DPVAT. Depois de ter barrado a redução dos valores do DPVAT, o Supremo Tribunal Federal (STF) voltou atrás na decisão, liberando os valores mais baixos. No entanto, o pagamento com os valores mais altos já havia sido feito por alguns motoristas. 

Entenda o 'vai e vem' DPVAT
*Em novembro, o presidente Jair Bolsonaro editou medida provisória para extinguir o DPVAT a partir de 2020; 
*O governo afirmou que a decisão visava evitar fraudes e extinguir os elevados custos de supervisão e regulação; 
*Susep afirmou que DPVAT era ineficiente e que "havia uma corrupção enorme"; 
*Seguradora Líder rebateu críticas e disse que ampliou combate a fraudes;
*A extinção do DPVAT foi relacionada a disputas políticas com Luciano Bivar, que atua no segmento de seguros; 
*No dia 19 de dezembro, o STF suspendeu a medida provisória e retomou o DPVAT; 
*Em 27 de dezembro, o Conselho Nacional Seguros Privados (CNSP) definiu os novos valores do DPVAT, com reduções de até 86%; 
*No dia 31 de dezembro, o STF suspendeu a norma que reduziu seguro DPVAT, de maneira liminar; 
*No início de 2020, a Susep fez novos questionamentos a Seguradora Líder apontando o uso de recursos do DPVAT em festa de fim de ano; 
*Em 9 de janeiro, o ministro do STF Dias Toffoli voltou atrás e manteve a redução no valor do seguro DPVAT. 

Como pedir o ressarcimento?
A Seguradora Líder disse que a restituição poderá ser solicitada a partir do próximo dia 15 de janeiro pelo site https://restituicao.dpvatsegurodotransito.com.br. Às 14h do dia 10 de janeiro, o site estava fora do ar. De acordo com a gestora, a diferença do valor será feita por depósito diretamente na conta corrente ou conta poupança do proprietário do veículo. 

Para realizar a solicitação, será necessário informar: 

*CPF ou CNPJ do proprietário; 
*Renavam do veículo; 
*E-mail de contato; 
*Telefone de contato; 
*Data em que foi realizado o pagamento maior; 
*Valor pago; 
*Banco, Agência e Conta corrente ou conta poupança do proprietário. 

A gestora do seguro obrigatório disse que o proprietário receberá um número de protocolo para o acompanhamento da restituição, no mesmo site. A previsão da Líder é que, após o cadastro, a restituição seja feita em até dois dias úteis. A Fundação de Proteção de Defesa do Consumidor de São Paulo (Procon-SP) considerou que utilização de meio eletrônico facilita o processo para ter o dinheiro de volta, mas ressalta que a gestora do seguro obrigatório não poderá reter os valores de quem não se manifestar. "Isso caracterizaria apropriação indébita – recursos que não lhe pertencem. Assim, numa segunda etapa, a empresa deverá tomar a iniciativa de procurar os consumidores que não se manifestaram a fim de fazer a devolução dos valores pagos em excesso a eles", afirmou Fernando Capez, diretor-executivo do Procon-SP. 

E se paguei o DPVAT 2 ou mais vezes?
Para quem pagou, por algum motivo, o DPVAT duas ou mais vezes, a solicitação de restituição dos valores deve ser feita pelo endereço https://www.seguradoralider.com.br/Contato/Duvidas-Reclamacoes-e-Sugestoes

Frotas de veículos
Para os proprietários que possuam frotas de veículos, o pedido de ressarcimento precisa ser realizado pelo e-mail restituicao.dpvat@seguradoralider.com.br. 

Veja os valores do DPVAT 2020: 

*Automóvel, táxi e carro de aluguel: R$ 5,23 - redução de 68%; era R$ 16,21 em 2019; 
*Ciclomotores: R$ 5,67 - redução de 71%; era R$ 19,65 em 2019; 
*Caminhões: R$ 5,78 - redução de 65,4%; era de R$ 16,77 em 2019; 
*Ônibus e micro-ônibus (sem frete): R$ 8,11 - redução de 67,3%; era de R$ 25,08 em 2019; 
*Ônibus e micro-ônibus (com frete): R$ 10,57 - redução de 72,1%; era de R$ 37,90 em 2019 
Motos: R$ 12,30 - redução foi de 86%; era de R$ 84,58 em 2019. 
(Valores finais com as taxas)
O que é o DPVAT 
O seguro DPVAT (Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de Via Terrestre), instituído por lei desde 1974, cobre casos de morte, invalidez permanente ou despesas com assistências médica e suplementares (DAMS) por lesões de menor gravidade causadas por acidentes de trânsito em todo o país. O recolhimento do seguro é anual e obrigatório para todos os proprietários de veículos. A data de vencimento é junto com a do IPVA, e o pagamento é requisito para o motorista obter o licenciamento anual do veículo. Vítimas e seus herdeiros (no caso de morte) têm um prazo de 3 anos após o acidente para dar entrada no seguro. Informações de como receber o DPVAT podem ser obtidas pelo telefone 0800-022-1204. 

Do total arrecadado pelo DPVAT:
*45% são destinados para para o Sistema Único de Saúde (SUS);
*5% vão para o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran); 
*50% vão para o pagamento de sinistros e despesas administrativas.
Por Rafael Miotto

Fonte: Auto Esporte

Fila do INSS: situação deve ser 'absolutamente regularizada' em seis meses, diz presidente

10 de janeiro de 2020
O presidente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Renato Vieira, afirmou nesta sexta-feira (10) que espera regularizar a situação do serviço nos próximos seis meses. O serviço não tem dado conta da demanda de requerimentos de benefícios. Hoje, cerca de 1,9 milhão de pedidos de aposentadorias e outros benefícios aguardam uma resposta do INSS há mais de 45 dias, prazo limite considerado normal. Renato Vieira disse não haver como fixar um prazo específico para que essa fila zerada e argumenta haver variáveis que não dependem apenas do instituto. O fluxo de requerimentos de benefícios, por exemplo, pode variar ao longo do ano. "A seguir o atual fluxo, a atual produtividade do INSS, que tem demonstrado resultados positivos, sobretudo no último semestre de 2019, nós esperamos que nos próximos 6 meses a situação esteja absolutamente regularizada", afirmou. Segundo o INSS, 500 mil pedidos aguardam a entrega de documentos complementares pelo segurado. Outros 1,3 milhão estão parados por falha no sistema do instituto. Todos os pedidos estão na mesma fila. Benefícios de assistência ao idoso, por incapacidade, para deficientes de baixa-renda, auxílio-doença, pensão por morte, além das aposentadorias, são ordenados apenas por ordem cronológica. O governo diz que tenta reduzir o estoque de pedidos encalhados, reconhece que isso está muito devagar, e argumenta que a fila única é para evitar o uso político. Em agosto de 2019 chegaram a ser anunciadas medidas para tentar reduzir a espera. Técnicos da Secretaria da Previdência do Ministério da Economia, do INSS e da Dataprev – estatal que processa os dados do INSS –estudam soluções que agilizem o serviço e já estejam adequadas às novas regras previdenciárias. À TV Globo, o secretário de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, disse que as propostas devem ser apresentadas ao ministro da Economia, Paulo Guedes, nesta segunda-feira (13). A expectativa, afirma, é anunciar as medidas na quarta-feira (15). Marinho admite, no entanto, que a fila não será zerada antes de julho. A expectativa do próprio governo era zerar a fila até dezembro do ano passado. Era para o sistema estar pronto para atender à população já dentro das novas regras da previdência. A reforma da Previdência está valendo desde novembro. Com as mudanças nas regras das aposentadoria, a corrida pelo benefício cresceu quase 6% no ano passado na comparação com o ano anterior. O presidente do INSS defende a criação de uma estrutura permanente, que consiga atender à demanda de pedidos e não seja uma solução paliativa. "É importante buscar soluções permanentes e uma delas é a concessão automática de benefícios, é fazer com que o INSS conceda o benefício, analise um requerimento sem qualquer servidor. O próprio sistema faz o cálculo se o cidadão preenche os requisitos e concede o benefício já apresentando o valor que seja devido", explica Vieira. De acordo com o presidente do instituto, no ano passado 800 mil aposentadorias e outros benefícios foram concedidos automaticamente. 
Por Ana Krüger e Delis Ortiz, G1 e TV Globo 

Fonte: G1

Pernambuco vai oferecer vacina contra a febre amarela para toda a população

09 de janeiro de 2020
A vacina contra a febre amarela vai ser oferecida nos postos de saúde de Pernambuco, para toda a população, sem necessidade de comprovação de viagem a áreas de risco, a partir de março. A inclusão do estado como área de recomendação foi anunciada pela Secretaria Estadual de Saúde em meio ao alerta provocado pela descoberta de 14 saguis mortos num condomínio em Aldeia, Camaragibe. Os moradores do residencial e de seu entorno já serão vacinados, de forma antecipada, a partir do sábado. A decisão foi tomada pelas autoridades de saúde do estado e do município. A morte dos saguis está sendo investigada pela SES e pela Vigilância Ambiental do município. Seis animais foram encaminhados ao Departamento de Veterinária da UFRPE para passarem por necrópsia. Outros oito estavam em estado avançado de decomposição. As amostras foram enviadas ao Instituto Evandro Chagas, no Pará. O órgão averiguará o que pode ter provocado os óbitos. Entre as suspeitas estão o contágio de herpes, dengue ou febre amarela, além de envenenamento. O resultado sai em até 20 dias. Os macacos não podem transmitir a doença a humanos - assim como nós, eles são contaminados por mosquitos - e matar os primatas é crime previsto em lei. Na manhã de ontem, representantes das coordenações estaduais e municipal de saúde se reuniram para orientar funcionários do condomínio. O diretor de vigilância em saúde de Camaragibe, Geraldo Vieira, informou que a última morte de macacos aconteceu em 2 de janeiro. "A transmissão da febre amarela é feita por mosquitos silvestres, aqueles encontrados em matas." Durante a reunião também foi definido que as equipes de vigilância ambiental distribuirão informativos sobre como proceder com os animais encontrados, as principais doenças que os afetam, como é feita a coleta dos animais doentes e/ou mortos e o que é feito com os que são recolhidos, além de explicar as formas de prevenção de doenças em humanos e realizar o controle de doenças transmitidas por animais. "A campanha de vacinação contra a febre amarela já aconteceria em março. O fato de ter havido 14 óbitos provocou a antecipação porque a vacina é uma forma de prevenção. Vamos começar no perímetro onde ocorreram as mortes e cobrir todo o município. É importante ressaltar que não temos o vírus circulante. Esta é uma forma de prevenção já prevista no calendário vacinal nacional e estamos apenas adiantando o cronograma de forma preventiva", esclareceu a coordenadora municipal de imunização, Maria José Neves. De acordo com a Secretaria de Saúde do estado, as primeiras mortes foram notificadas em 26 de dezembro. Desde então, técnicos do Programa Estadual de Controle das Arboviroses estiveram no condomínio para coletar os animais e enviá-los ao Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco. "Caso alguém encontre um animal morto, deve acionar a Secretaria Municipal de Saúde para que faça a manipulação correta e notifiquem os casos. É importante que a população não alimente animais silvestres", disse a gerente do Programa de Controle das Arboviroses da SES-PE, Claudenice Pontes. Desde 2017, Pernambuco faz vigilância em epizootia para monitorar a mortalidade de primatas. Desde então, não há nenhum óbito relacionado à febre amarela desses animais no estado. "É importante que a população saiba que os macacos podem nos salvar porque estão mais vulneráveis e podem nos 'informar' com mais rapidez da presença de algum vírus por estarem mais suscetíveis. O herpes, por exemplo, é muito comum em animais de vida livre. Então, muitas pessoas que dão comida, mordem uma banana e oferecem ao macaco, e podem passar ao animal. Para eles, a herpes pode ser fatal", disse a professora Maria Adélia Oliveira, do departamento de morfologia da UFRPE. De acordo com a Secretaria de Saúde, o estado não registra casos autóctones (circulação interna) de febre amarela em Pernambuco desde 1938. 

Transmissão 
-O vírus da febre amarela é transmitido pela picada dos mosquitos infectados 
- A doença não é passada de pessoa para pessoa 
- No ciclo silvestre, os macacos são os principais hospedeiros e amplificadores do vírus, transmitidos por mosquitos Haemagogus e Sabethes 
- No ciclo urbano, o homem é o único hospedeiro com importância epidemiológica e a transmissão ocorre a partir de vetores urbanos (Aedes aegypti) infectados

Sintomas
Início súbito de febre, calafrios, dor de cabeça intensa, dores nas costas, dores no corpo em geral, náuseas e vômitos, fadiga e fraqueza 

Tratamento
Cuidados ao paciente que, sob hospitalização, deve permanecer em repouso, com reposição de líquidos e das perdas sanguíneas, quando indicado

Fonte: Diário de Pernambuco

sábado, 28 de dezembro de 2019

Menino de seis anos morre afogado em festa de confraternização de creche no interior do Acre

28 de dezembro de 2019
O pequeno João Gabriel, de seis anos, morreu afogado em um igarapé [curso d'água constituído por um 'braço' longo de rio ou canal], nesta sexta-feira (27), durante uma festa de confraternização no município de Mâncio Lima, interior do Acre. A festa era da Creche Municipal Vovô Aureliano, onde ele estudava. O G1 não conseguiu contato com os pais da criança. O diretor da creche e dono do sítio onde ocorreu o acidente, Paulo Miranda, disse que foram convidados para a confraternização funcionários e os pais das crianças. “A festa era em um sítio onde passa um igarapé e estava aberto para banho. O combinado era que os pais levassem e os filhos, o convite que eu fiz mandei nesse sentido, mas, mesmo assim, estávamos dando suporte e atentos”, afirmou. Miranda disse que o menino estava na companhia de uma irmã de 13 anos e que os pais não estavam no local. "Quando vivos a tragédia, todos corremos e tiramos ele da água, tentamos reanimá-lo, mas, Infelizmente, ele já estava sem vida”, lamentou. O diretor falou ainda que foi tudo muito rápido e que não deu tempo de acionar o Corpo de Bombeiros. “Depois do acidente acionamos os pais, levamos ele para o hospital, e estamos dando todo o suporte e apoio necessário à família, lamentamos muito. O corpo do João foi encaminhado para o IML [Instituto Médico Legal] de Cruzeiro do Sul [município vizinho]”, acrescentou. Miranda disse ainda que na sala da criança estudam 26 crianças, mas que, no total, a creche atende 108. Ele não soube informar quantas pessoas estavam no local no momento do acidente. 

Bombeiros não foram acionados
O major Cláudio Falcão, assessor do Corpo de Bombeiros do Acre, informou que a corporação não foi acionada, mas que o município de Mâncio Lima é atendido pela batalhão que fica na cidade vizinha, Cruzeiro do Sul. Ao G1, o comandante dos bombeiros em Cruzeiro do Sul, tenente José Oliveira, confirmou que houve de fato o afogamento da criança, mas que eles não foram acionados para atender a ocorrência e souberam da tragédia por terceiros.
Por Janine Brasil, G1 AC

Fonte: G1

Messi é eleito melhor do mundo em 2019 pela revista World Soccer; trio do Brasileirão fica à frente de Neymar

28 de dezembro de 2019
O craque argentino Lionel Messi fechou a tríplice coroa das mais importantes e tradicionais premiações individuais no ano. Depois de faturar o Fifa The Best e a Bola de Ouro da France Football, o ídolo do Barcelona foi anunciado como vencedor da eleição de melhor do mundo em 2019 pela revista inglesa World Soccer, promovida desde 1982. Ganhou do zagueiro holandês Van Dijk por 11 pontos: 613 a 602. Foi a sexta conquista de Messi na eleição da publicação mensal, somada a 2009, 2011, 2012 e 2015. Assim, conseguiu se igualar ao português Cristiano Ronaldo, ganhador em 2008, 2013, 2014, 2016 e 2017, mas quarto colocado na classificação atual, atrás ainda do atacante senegalês Mané. Premiado em 2018, o croata Luka Modric terminou em 44º, citado apenas uma vez entre os 10 melhores indicados por cada um dos 69 jornalistas de diversas nacionalidades, sem qualquer brasileiro entre os especialistas do painel que escolheu os destaques. Se ficou no quase na premiação de melhor jogador, o Liverpool pode comemorar nas categorias time do ano e técnico. Os atuais campeões mundiais e europeus e o comandante Jürgen Klopp ganharam a eleição de forma quase unânime. Os Reds foram eleitos com 60 votos, contra apenas três cada de Manchester City, Ajax e seleção feminina dos Estados Unidos. O alemão foi indicado por 67 dos 69 jornalistas participantes do pleito, enquanto Guardiola foi escolhido por apenas dois. 

Alisson, Cebolinha, Bruno Henrique e Gabigol à frente de Neymar
Do Brasil, o que teve melhor votação foi o goleiro Alisson. Com 154 pontos, ficou em sétimo na eleição, logo atrás do companheiro Salah, sexto, e do francês Mbappé, do Paris Saint-Germain, quinto lugar. Superou o polonês Lewandowski, do Bayern de Munique, o holandês De Jong, do Barcelona, e o belga Hazard, do Real Madrid, no Top 10. - Estar presente numa lista com tantos ótimos jogadores me deixa extremamente orgulhoso. O ano de 2019 está sendo maravilhoso e só tenho que agradecer a Deus pelas bençãos e a todos que confiaram em mim desde os meus primeiros passos na carreira. Sou muito grato por tudo o que estou vivendo e sei que ainda tenho um longo caminho a percorrer - disse Alisson. 
Outros nove brasileiros foram citados na eleição, dois deles do Liverpool: Roberto Firmino, em 17º, e Fabinho, em 44º. Entre os dois, o goleiro Ederson, em 26º, e três jogadores que atuam no país. Everton Cebolinha, do Grêmio, foi o 25º, à frente da dupla de ataque do Flamengo, com Bruno Henrique em 30º e Gabigol em 33º. Neymar ganhou o mesmo número de pontos de Fabinho e ficou em 44º também. Daniel Alves, do São Paulo, e Lucas Moura, do Tottenham Hotspur, foram os outros brasileiros votados, ambos na 56ª colocação. O último jogador brasileiro eleito melhor do ano pela World Soccer foi Kaká, em 2007, quando atuava pelo Milan. Antes dele, ganharam Ronaldinho Gaúcho (2004 e 2005), Ronaldo (1996, 1997 e 2002), Rivaldo (1999) e Zico (1983). Entre os técnicos, Carlos Alberto Parreira foi o único do país agraciado, em 1994. Nesse mesmo ano, a Seleção venceu o pleito entre as equipes, repetindo a conquista em 2002. 

Entre 70 votados, 10 são jogadoras
Sem diferenciação de gênero na eleição, 10 jogadoras foram votadas entre os 70 citados. A americana Megan Rapinoe terminou com a melhor colocação, em 21ª.
Fonte: Globo Esporte