sábado, 14 de dezembro de 2019

Os 12 finalistas do Festival Edésio Santos da Canção são definidos

14 de dezembro de 2019 
Nessa sexta-feira (13), data em que o Rei do Baião estaria fazendo aniversário, foram conhecidas as 12 músicas finalistas do maior festival de música do interior do Brasil, organizado e realizado pela Prefeitura Municipal de Juazeiro-BA, através da Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes que esse ano traz como tem ‘Dois Violões’, em homenagem a João Gilberto e José Willys (Neto). Enquanto o júri deliberava, o público não arredava os pés da pista de dança que se tornou o espaço em frente ao palco, enquanto o cantor Rodrigão dava um verdadeiro show de voz e simpatia desfilando um pot-pourri de sucessos de vários gêneros musicais. O júri oficial, formado pelo professor Gilson Barbosa, a cantora Meirielle e o maestro Maécio, apontou as seguintes canções que disputam neste sábado (14) a consagração na final da 22ª edição do Festival Edésio Santos da Canção: 

1-Gumbé, de Carlos Gomez – intérprete Jessia Stephens 
2-Ser Maria, de Amauri Plácido da Silva Neto – intérprete Alcina Gonçalves 
3-Coringa Blues, de Eugênio Cruz – intérprete Dom Pilé 
4-A Revolução dos Livros, de Darlan Cardoso Barreto – intérprete Dalmo Funchal 
5-Um só, de Joyce Guirra – Intérprete Joyce Guirra 
6-Consagração, Caroline Taianan – intérprete Ruthe Moraes 
7-Além desse momento, de Zebeto Corrêa – intérprete Fabiana Santiago 
8-Regresso, de Eurivalter Cupertino – intérprete P1 Papers 
9-Rosa Miragem, de Tiago Maci – intérprete Tiago Maci 
10-Apareça, de Pedro Rhuas – intérprete Pedro Rhuas 
11-Ainda há tempo, de Keréto – intérprete Keréto 
12-Metrópole, de Herberth Mascarenhas – intérprete Herberth Mascarenhas 
Por Carlos Humberto/Seculte/PMJ

Fonte: Blog Diniz K-9

Estudo aponta as semelhanças genéticas de distúrbios psiquiátricos

14 de dezembro de 2019
Desvendar a origem de doenças psiquiátricas instiga cientistas e médicos. Vários especialistas se dedicam a decifrar esses mistérios porque as respostas podem ajudar no desenvolvimento de tratamentos mais eficazes. Um trabalho desenvolvido por um consórcio de cientistas internacionais avança nesse sentido. A equipe realizou um levantamento genético inédito de estruturas relacionadas a enfermidades incidentes. O trabalho, publicado na última edição da revista especializada Cell, revela mais de 100 variantes genéticas que afetam o risco de ocorrência de mais de uma complicação de saúde mental. Um gene é constituído por segmentos de DNA, e uma alteração na sequência de DNA produz uma variante genética que pode aumentar ou diminuir o risco de uma doença ocorrer. Os cientistas foram em buscas de variações que estivessem relacionadas a uma série de distúrbios psiquiátricos. “Identificar variantes genéticas que influenciam o risco de mais de um distúrbio psiquiátrico é um passo importante para melhorar o diagnóstico e o tratamento dessas condições”, frisa, em comunicado, Jordan W. Smoller, professor de psiquiatria na Faculdade de Medicina de Harvard, nos Estados Unidos, e um dos autores do estudo. Na pesquisa, foi usada a técnica chamada associação geral do genoma para analisar dados genéticos de 494.162 indivíduos saudáveis e 232.964 pessoas diagnosticadas com pelo menos um de oito distúrbios psiquiátricos comuns. A análise identificou 109 variantes genéticas que afetam o risco de ocorrência de mais de uma complicação psiquiátrica. 

Três grupos 
Como os distúrbios compartilhavam muitas variantes, os investigadores os dividiram em três grupos de doenças geneticamente relacionadas: distúrbios caracterizados por comportamentos compulsivos (anorexia nervosa, transtorno obsessivo-compulsivo e síndrome de Tourette em menor grau), transtornos do humor e psicóticos (transtorno bipolar, depressão maior e esquizofrenia) e distúrbios do desenvolvimento neurológico de início precoce (distúrbio do espectro do autismo, TDAH e síndrome de Tourette). Segundo os cientistas, essas descobertas podem contribuir para uma melhor compreensão das doenças analisadas e suas semelhanças “mecânicas”. “Entender como variações genéticas específicas podem contribuir para um amplo espectro de doenças pode nos dizer algo sobre em que grau esses distúrbios podem ter uma biologia compartilhada”, ressalta Smoller. Os pesquisadores também identificaram variantes genéticas individuais que afetam o risco de distúrbios psiquiátricos específicos. No entanto, eles explicam que os genes geralmente são pleiotrópicos, o que significa que produzem múltiplos efeitos no organismo. Essa característica é algo que contribui negativamente na busca de tratamentos para essas doenças, pois uma alteração nas variantes pode desencadear uma atividade em cadeia, causando uma série de danos ao organismo. Graziela Paronetto, membro da Sociedade Brasileira de Genética Médica e Genômica (SBGM), acredita que o trabalho americano usa um tipo de análise já conhecido, mas se destaca pela quantidade de variações genéticas encontradas e pela possibilidade de agrupá-las. “Não é novidade a relação das variações genéticas que apontam a predisposição a sofrer com enfermidades. Temos algumas já identificadas para a esquizofrenia, por exemplo. Mas o que difere são a relação desses grupos distintos que os cientistas conseguiram fazer, as similaridades observadas e também a quantidade contabilizada”, diz a também geneticista da clínica de Reprodução Humana FertilCare, em Brasília. A especialista também ressalta que as variantes identificadas apontam apenas o risco aumentado de se ter uma enfermidade, mas não são a certeza de ocorrência. “Temos enfermidades que são provocadas por mutações específicas, mas as variações nos ajudam apenas a calcular ao risco de uma pessoa sofrer com determinado problema de saúde. Por mais que ela tenha (a mutação), pode ser que a doença não se manifeste. Usamos as variações para dizer, por exemplo, a chance de alguém vir a sofrer com a depressão por meio de uma porcentagem”, detalha. 

Uso clínico
Para os cientistas, o maior ganho da pesquisa é oferecer um banco de dados que pode servir de base para o desenvolvimento de terapias. “Na medida em que esses genes possam ter efeitos amplos, eles podem se tornar alvos em potencial para o desenvolvimento de tratamentos que consigam amenizar várias condições”, frisa Smoller. Paronetto também acredita em um desdobramento nesse sentido. “Quando você tem um gene com uma determinada alteração, existe a esperança de poder modificar isso e, dessa forma, evitar o problema de saúde. Mas assim como os cientistas falam no estudo, os genes pleiotrópicos são uma barreira. Ao serem alterados, eles podem resultar em uma reação em cascata e causar uma série de problemas”, frisa a geneticista. A médica acredita que o trabalho dos cientistas americano deverá se concentrar em “dissecar” as variações detectadas em cada um dos três grupos de doenças. “É importante entender essa ‘maquinaria’. Se temos as mesmas variações relacionadas a mais de uma condição, o que elas têm em comum? Como isso pode ajudar na área terapêutica? É importante saber como essas variações trabalham para tentar desenvolver estratégias de tratamento”, opina.

Fonte: Correio Braziliense

VI Festival Internacional da Sanfona acontecerá de 26 A 28 de dezembro em Juazeiro-BA

14 de dezembro de 2019
A VI edição do Festival Internacional da Sanfona, sediado em Juazeiro-BA, será realizado entre os dias 26 e 28 de dezembro. É um evento que tem apoio financeiro do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia e que reverencia a sanfona, mostrando toda sua beleza e importância, encerrando o ano com o melhor da sanfona do Brasil e do mundo. O Festival que acontece no Centro de Cultura João Gilberto, traz consigo diversos artistas nacionais e internacionais e uma vasta programação. Durante os três dias de Festival, os visitantes poderão apreciar a exposição de sanfonas, ter aulas de sanfona 120 baixos, Jam Sanfona Session, participar de workshops e assistir a shows de vários artistas como: Ivan Greg, Fernando Ávila, Petar Maric (Sérvia), Chico Chagas, Olivier Forel (Suíça), Danilo Cruces (Chile), Targino Gondim e Quinteto Sanfônico do Brasil, dentre outros. O Festival Internacional da Sanfona é uma realização da Conspiradoria Projetos e Produções e Toca Pra Nós Dois Produções e Eventos Ltda. 

Programação

VI Festival Internacional da Sanfona 
26 a 28 de dezembro de 2019 

Quinta, sexta e sábado: 
• 09 horas: Exposição de sanfonas (novas, usadas, montagem, afinação) Marciano Marçall -Foyer 
• 09 horas: Aulas de sanfona 120 baixos (com Chico Chagas) - Sala Multiuso 
• 17 horas: Jam Sanfona Session - Foyer 

WORKSHOPS - Sala Multiuso 
*Quinta (26/12) - A partir das 15h - Por Dentro do Fole – com Fernando Ávila 
*Sexta (27/12) - A partir das 15h Como nasceu o acordeon? Piano dos pobres ou órgão dos ricos? – com Olivier Forel & Danilo Cruces 
*Sábado (28/12) - A partir das 15h Acordeon & Tecnologia – com Petar Maric 

SHOWS – ARENA 
*Quinta (26/12) - A partir das 20h 
• Ivan Greg 
• Silas França 
• Fernando Ávila 
* Sexta (27/12) - A partir das 20h 
• Raniel Pernalonga 
• Petar Maric (Sérvia) 
• Chico Chagas 
* Sábado (28/12) - A partir das 20h 
• Duo Internacional de Acordeon – "Dos Alpes aos Andes" com Olivier Forel (Suíça) & Danilo Cruces (Chile) 
• Targino Gondim 
• Chico Chagas 
• Marciano Marçall 
• Quinteto Sanfônico do Brasil - Encerramento 

Serviço: VI Festival Internacional da Sanfona 
Data: 26, 27 e 28/12/2019 
Local: Centro de Cultura João Gilberto 
Entrada: Gratuita 
Indicação: Livre 
Endereço:Rua José Petitinga, Bairro Santo Antônio, Juazeiro, Bahia. 
Ascom

Fonte: Blog Diniz K-9

Monterrey segura pressão do Al Sadd no fim, vence e pega Liverpool na semifinal do Mundial de Clubes

14 de dezembro de 2019
O Liverpool sabe quem será seu adversário na semifinal do Mundial de Clubes. Em jogo movimentado e com belos gols, o Monterrey venceu o Al Sadd por 3 a 2, no estádio Jassim Bin Hamad, no Catar, e avançou para enfrentar os Reds na próxima fase. A equipe mexicana suportou a pressão do time do técnico Xavi Hernández no fim e confirmou o favoritismo. O duelo com o time inglês será na próxima quarta-feira. 

Jogo movimentado
Ao melhor estilo catalão, o Al Sadd terminou o jogo com 59% de posse de bola. No entanto, não teve a mesma precisão espanhola. Os donos da casa começaram mais agressivos, mas deixaram espaços para o Monterrey começar a construir sua vitória. Primeiro, com Vangioni, aos 22, em um chutaço de fora da área. Depois, com Funes Mori, em um vacilo de Gabi, que deu a bola nos pés do artilheiro argentino. Na segunda etapa, o panorama se inverteu. Os mexicanos voltaram melhor, mas viram os donos da casa diminuir. Bounedjah, com bela cabeçada, recolocou o Al Sadd no jogo. No entanto, o volante Rodríguez aproveitou rebote dentro da área e fez o terceiro dos Rayados, aos 31 da etapa complementar. Abdelkarim, com um belo chute da intermediária, fez o segundo dos anfitriões, que pressionaram até o último minuto pelo gol de empate, que levaria a decisão para a prorrogação. Mas a reação parou por aí: 3 a 2 para os mexicanos. 

Pelo fim do jejum
O Monterrey está em sua quarta participação no Mundial de Clubes, a 15ª do México na competição. Mas nunca um clube do país conseguiu chegar à decisão do torneio. Os Rayados terão a chance de quebrar esse jejum. As melhores campanhas de mexicanos no Mundial são do Necaxa (2000), o próprio Monterrey (2012), e o Pachuca (2017), todos com o terceiro lugar. 

A Agenda
Monterrey e Liverpool se enfrentam na próxima quarta-feira, às 14h30 (de Brasília), no estádio Khalifa International, em Doha, em uma das semifinais do Mundial de Clubes.
Fonte: Globo Esporte/You Tube

Menino consegue cirurgia para mãe retirar tumores nos ouvidos após escrever cartinha ao Papai Noel

144 de dezembro de 2019
Um menino de 9 anos, morador de Marília (SP), pediu algo diferente na cartinha para o Papai Noel neste ano. Nada de brinquedos, eletrônicos, roupas ou outros presentes comuns nesta época de Natal. Rafael Yoshio Shiraishi conseguiu, com a sua cartinha, uma cirurgia para a mãe dele, Andrea Cristina Toledo Luis, que precisa retirar dois tumores dos ouvidos. A carta do Rafael foi postada nas redes sociais e muitas pessoas compartilharam o pedido de Natal tão diferente. Dois dias depois, o desejo do menino se tornou realidade e a mãe dele recebeu uma ligação do hospital agendando a consulta que ela esperava há mais de seis meses. Andrea trata há 14 anos tumores nos dois ouvidos, chamado colesteatoma. Neste período, ela chegou a fazer duas cirurgias para a retirada, mas com o tempo, o problema retornou e a mãe de Rafael perdeu 80% da capacidade de ouvir. “Ele falava, falava, e eu não conseguia entender. Aí chegou um momento em que eu tive que falar para ele: 'Rafa, fala olhando para a mamãe. E fala devagar, pausadamente, para eu poder ler os seus lábios quando eu não escutar o que você fala'”, lembra Andrea. Em maio deste ano, depois de uma consulta, ela recebeu a notícia de que não havia previsão para que a cirurgia de retirada do tumor fosse marcada. Então, Rafael teve a ideia de pedir o procedimento ao Papai Noel. O presente de Natal chegou mais rápido do que o esperado. Andrea passou pela consulta nesta semana e a cirurgia para a retirada do tumor de um dos ouvidos foi marcada para o dia 23 de dezembro. "Eu fiquei muito emocionado, chorei de alegria com a minha vó”, lembra Rafael. A cirurgia do outro ouvido só será agendada após a recuperação do primeiro procedimento. Segundo os médicos, depois de todo o processo, será avaliada a necessidade de um implante que pode ajudá-la a recuperar a audição. "Como o Rafa mesmo disse, quando a gente faz o bem, o bem colabora. Gerou uma corrente de ajuda. Todo mundo começou a compartilhar, acho que tocou nas pessoas. O Natal é isso, ele não pensou nas vontades dele, pensou em mim. É um presente de Natal chegando dois dias antes”, se emociona Andrea. 
Fonte: G1

Gomis sai do banco, faz golaço, e Al Hilal avança para pegar o Flamengo no Mundial

14 de dezembro de 2019
Não foi tão fácil, mas o atacante Gomis fez com que a profecia feita por Jorge Jesus nas últimas semanas se cumprisse. O atacante saiu do banco de reservas para marcar um golaço e garantir a vitória do Al Hilal por 1 a 0 sobre o Esperánce, após jogo duro neste sábado, no Jassim Bin Hamad, em Doha. Agora, o time da Arábia Saudita avança para pegar o Flamengo na semifinal do Mundial de Clubes, na próxima terça-feira, às 14h30 (de Brasília). 

O Mister avisou
Desde que venceu a Copa Libertadores e garantiu vaga no Mundial de Clubes com o Flamengo, o técnico Jorge Jesus não hesitou ao tratar o adversário nas semifinais como definido: para o Mister, seria o Al Hilal, da Arábia Saudita, última equipe que ele comandou antes de ir ao Brasil. A vitória suada neste sábado confirmou a vaga para os árabes, que disputam a competição pela primeira vez na história. 

Astro decisivo
Um dos principais astros do elenco do Al Hilal, Gomis começou a partida no banco de reservas junto a Giovinco, por opção do técnico Razvan Lucesceu, que não mandou força total a campo neste sábado. E, quando foi acionado, precisou de menos de 10 minutos para fazer a diferença: mostrou sua categoria ao receber um passe, girar, dar um lençol no marcador e bater de primeira no canto. Um golaço que classificou o Al Hilal e foi celebrado diante de Jorge Jesus, que sorriu. 

Alô, Flamengo!
Embora não estivesse com todos os titulares em campo, Al Hilal não teve facilidade para vencer o Esperánce, apesar do favoritismo. Os africanos conseguiram defender bem e agredir em alguns contra-ataques, enquanto os árabes ficaram com a posse de bola, mas sofreram para ter espaço para finalizar. O meia brasileiro Carlos Eduardo apareceu bem em algumas oportunidades, assim como Carrillo, que foi eleito o melhor jogador da partida pela Fifa.
Fonte: Globo Esporte/You Tube

sexta-feira, 13 de dezembro de 2019

7 estados aprovaram reformas próprias para previdência de servidores

13 de dezembro de 2019
Com as contas públicas debilitadas, os governos estaduais decidiram tomar a dianteira na condução da reforma de seus sistemas de previdência. Levantamento realizado pelo G1 e pela GloboNews mostra que, em sete estados, as respectivas assembleias legislativas já aprovaram projetos que alteram as aposentadorias dos servidores locais: Acre, Alagoas, Espírito Santo, Maranhão, Paraná, Piauí e Mato Grosso do Sul. (Correção: O G1 errou ao informar, inicialmente, que foram aprovadas reformas da previdência em seis estados. A reportagem não considerava que a assembleia do Piauí aprovou a reforma no estado na última quarta-feira. Este texto foi corrigido em 13/12/2019, às 11h05) Outros 17 estados mandaram ou pretendem enviar aos legislativos locais textos próprios que alteram pontos específicos da legislação previdenciária. Por ora, apenas Distrito Federal e Bahia ainda avaliam se vão enviar propostas, e Rondônia é o único estado que rejeita alterar as regras para aposentadoria, segundo a Secretaria de Comunicação local. 
Há mudanças consideradas brandas, que apenas alteram as alíquotas de contribuição e criam fundos de previdência complementar para os servidores. Essas regras se tornaram praticamente obrigatórias para os estados após a aprovação da reforma da União – se não adotarem essas medidas até julho de 2020, os governos estaduais perderão repasses. Mas há também propostas mais duras, que definem a adoção de idade mínima e aumento no tempo de contribuição. Entre os analistas, é consenso que os estados só vão conseguir superar a atual crise fiscal se resolverem o tamanho do gasto com pessoal – em algumas administrações, essa rubrica chega a consumir 80% da receita corrente líquida, sendo que o limite pela Lei de Responsabilidade Fiscal é de 60%. "O processo de reequilíbrio fiscal dos estados vai exigir uma reforma administrativa, revisão de carreiras, além de uma reforma previdenciária profunda", afirma a economista e sócia da consultoria Oliver Wyman, Ana Carla Abrão. "A estrutura atual faz com que as despesas sejam maiores do que a receita." Para ela, a questão vai muito além de uma correção na alíquota de contribuição dos servidores. "O problema é muito mais complexo e profundo", alerta. A inclusão de estados e município foi defendida pelo governo federal na primeira proposta de reforma da Previdência apresentada pela equipe econômica, mas o item acabou sendo retirado do projeto durante a tramitação do texto na Câmara. Inicialmente, a economia esperada com a proposta dos estados era de R$ 329,5 bilhões em dez anos. Há uma possibilidade de reinclusão desses entes federativos na reforma, via a chamada PEC Paralela, que já foi aprovada pelo Senado. O texto, porém, tramita a passos lentos na Câmara, o que preocupa os governadores. "O ideal seria que estados e municípios também tivessem as mesmas regras da União", diz o diretor da Instituição Fiscal Independente (IFI), Josué Pellegrini. "Mas é melhor que haja alguma mudança do que mudança nenhuma.

Serviços afetados
A crise fiscal dos estados atinge em cheio a vida do cidadão. Os governos estaduais são responsáveis por fornecer serviços públicos básicos, como educação, saúde e segurança pública. Os primeiros sinais da crise começaram a aparecer em meados da década, e a situação tem se agravado nos últimos anos. O fim do ciclo do boom de commodities, com a consequente redução das receitas provenientes do comércio exterior, a queda na arrecadação provocada pela crise econômica e o aumento de gastos provocaram um descompasso nas finanças estaduais. Um estudo da Tendências releva bem o quadro de dificuldade dos governadores. Atualmente, apenas sete estados têm situação fiscal confortável: Espírito Santo, Amapá, Rondônia, Paraíba, Ceará, Pará e Alagoas. O estudo classifica a saúde fiscal dos Estados com notas de 0 a 10 e monitora seis indicadores das finanças estaduais: endividamento, poupança corrente, liquidez, resultado primário, despesa com pessoal e investimentos. Também faz a classificação com base na situação fiscal dos três últimos anos. "O desafio hoje é fundamentalmente reequilibrar o orçamento, reduzindo o gasto e melhorando a composição do orçamento. Esse é o principal desafio dos Estados", diz Klein. 
Entre os governos estaduais com baixa classificação, o quadro fiscal diverge bastante. São Paulo, por exemplo, tem um bom fluxo de caixa, mas carrega um alto endividamento histórico. Já Rio Grande do Sul e Minas Gerais têm problemas em todos os quesitos analisados pelo estudo. "É visível a falta de investimento público na qualidade de rodovias, da energia elétrica, dos hospitais e da educação", afirma Klein "Todos muito ruins, porque o governo não está conseguindo ter capacidade de reequilibrar as contas, a não ser cortando investimentos."

Fonte: G1

Dupla é presa por força de Mandados de Prisão em Juazeiro-BA

13 de dezembro de 2019
De acordo com informações policiais, em cumprimento a Mandados de Prisão e Busca e Apreensão expedidos pela Vara do Juri e Execuções Penais da Comarca Juazeiro-BA, a Delegacia de Homicídios de Juazeiro deflagrou a Operação Boas Festas, com o intuito de localizar armas de fogo e objetos relacionados à prática de homicídios em Juazeiro. No cumprimento das cautelares foram presos Leandro José da Silva Gundim, vulgo "Boneco", de 34 anos de idade, residente no Bairro Tabuleiro, nesta urbe, sob a acusação de posse ilegal de arma de fogo, sendo apreendido em poder do mesmo 01 Espingarda calibre 20, marca Boito, com a numeração suprimida e cano serrado, 02 Smartphones da marca Motorola e 01 Coldre para revólver e Fabrício Pereira da Silva, de 21 anos de idade, residente no Bairro Atrás da Banca, em Petrolina-PE. Foram apreendidos 04 Smartphones, sendo 03 de marca Samsung e um Motorola na residência de Luanderson Dias Alves, de 25 anos de idade, residente no Bairro Tabuleiro, nesta urbe, 01 Espingarda calibre 20, marca Boito, com a numeração suprimida e cano serrado. O autuado em flagrante e alvo de Busca e Apreensão Leandro José da Silva Gundim é suspeito de coautoria em homicídio praticado em Juazeiro, no dia 02/12/2019, no Bairro Tabuleiro, quando vitimado Patrício José da Silva com disparos de arma de fogo.
Ascom 17ª Coorpin/Juazeiro-BA

Fonte: Blog Diniz K-9

Músicas de qualidade emocionam público na primeira noite do Festival Edésio Santos em Juazeiro-BA

13 de dezembro de 2019
O público que compareceu ao espaço da Orla II em Juazeiro-BA, na noite dessa quinta-feira (12), aplaudiu as 12 músicas concorrentes do 22º Festival Edésio Santos da Canção. O festival é uma realização da Prefeitura Municipal de Juazeiro, através da Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes. Esse ano faz a homenagem ‘Dois Violões’ a Neto (José Wilys) e João Gilberto. Ao tempo em que os sons tomavam conta da noite ribeirinha, torcidas organizadas ou não, aplaudiam os intérpretes. Alguns já com performance de vencedores. Foi o caso da petrolinense Alcina Gonçalves que defendeu a canção ‘Só Maria’, de autoria de Amauri Plácido da Silva Neto. Ao soltar a voz, acompanhada de seu violão e da banda base Amadores Profissionais, o público abandonou as cadeiras e foi à frente do palco, aplaudir a cantora, que é portadora de necessidades especiais para a visão. Entre os alcançados pela emoção, estava o professor da Universidade Estadual da Bahia (Uneb), o agrônomo e administrador de empresas José Humberto, que não escondeu a escolha do seu voto na categoria popular: “Para mim, essa é a mais forte concorrente ao título do Edésio esse ano”, disse. Para o compositor concorrente da 22° edição do Festival Edésio Santos, Eugênio Cruz, a primeira noite do evento teve uma sensação muito especial. “Esse ano o Festival acontece no mesmo local onde participei pela primeira vez, em 2004. Minha história como compositor se mistura a esse festival que tanto amo participar. Agora é aguardar o resultado e torcer para levar meu ‘Coringa’ - que fez bastante sucesso pela condução do sempre irreverente e incrível de Dom Pilé para a final dessa edição, que promete ser épica por vários motivos, especialmente, por respirar o mesmo ar do meu maior mestre e influenciador, Geraldo Azevedo, que fará o show de encerramento e que era amigo de Edésio Santos”, afirma. Ao lado de Mundinho, Mestre Alvinho e os filhos do cantor Neto - um dos dois violões homenageados, João Sereno e sua batida de violão botaram o público para dançar, fechando a primeira noite do festival de forma emocionante. Nesta sexta-feira (13), a partir das 20h, acontece a segunda noite do FESC, com a apresentação de mais 12 músicas e show do cantor Rodrigão. Ao final das apresentações, o público vai conhecer as 12 canções finalistas, que concorrem no sábado (14), quando acontece o show de encerrado com Geraldo Azevedo. 
Por Carlo Humberto/Seculte

Fonte: Blog do Geraldo José

Mais de 10 milhões poderão sacar até R$ 998 do FGTS; veja como fica

13 de dezembro de 2019
Mais de 10 milhões de trabalhadores poderão sacar a "parcela extra" de R$ 498 do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), totalizando mais de R$ 2,6 bilhões em pagamentos, informou a Caixa nesta sexta-feira (13). Tem direito a retirar o recurso quem tinha até R$ 998 em cada conta do fundo (ativa ou inativa) em 24 de julho deste ano. Para as contas com saldo superior a esse valor naquela data, o saque continua limitado a R$ 500. "Se o saldo da conta no dia 24 era de até R$ 998, você saca a diferença. Se era superior, fica limitado aos R$ 500", disse Paulo Angelo, vice-presidente de fundos de governo da Caixa, em transmissão ao vivo em uma rede social nesta sexta-feira. Os saques poderão ser feitos a partir do dia 20 de dezembro e vão até 31 março do ano que vem. O limite para a retirada dos recursos do fundo, inicialmente, era de R$ 500 por conta. Mas ao analisar a MP que autorizou os saques, o Congresso Nacional alterou o valor para até R$ 998. A lei foi sancionada por Bolsonaro nesta quinta-feira (12). 

Para atender aos trabalhadores, as agências da Caixa terão horário estendido entre os dias 18 e 20 de dezembro. 
*Agências que abrem às 8h: ficarão abertas mais 2 horas além do horário normal 
*Agências que abrem às 9h: abrirão 1 hora mais cedo e fecharão 1h mais tarde 
*Agências que abrem às 10h ou às 11h: abrirão duas horas mais cedo 

VEJA PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE O SAQUE:

Como fica o saque para quem ainda não retirou os R$ 500?
Quem ainda não sacou os R$ 500 e se enquadra na regra poderá sacar a integralidade dos R$ 998 também a partir de 20 de dezembro. A retirada dos recursos seguiu um calendário de acordo com a data de aniversário do trabalhador, e os R$ 500 já foram liberados para os nascidos de janeiro a outubro. Para os nascidos em novembro e dezembro e que não têm conta poupança na Caixa (ou seja, não receberão o crédito em conta), o saque imediato começa no próximo dia 18 de dezembro. Esses trabalhadores poderão sacar, já a partir do dia 18, tanto os R$ 500 quanto o crédito complementar. 

Até quando posso sacar esse dinheiro?
O crédito extra, assim como os R$ 500, estarão disponíveis até 31 de março. Quem não tiver conta poupança na Caixa e não quiser o dinheiro não precisa fazer nada. Os recursos voltam para o FGTS automaticamente. 

Como vai funcionar para o correntista da Caixa? 
Os correntistas da Caixa que já receberam os R$ 500 via crédito em conta e têm direito aos R$ 498 restantes também terão o pagamento creditado automaticamente no dia 20 de dezembro. 

Tenho poupança na Caixa e pedi o desfazimento. Também não quero o crédito extra. E agora?
Os trabalhadores que já pediram o desfazimento não precisarão comunicar novamente a Caixa. Os novos valores não serão depositados para esses beneficiários. 

A regra vale para mais de uma conta?
O pagamento é feito por conta. Isso quer dizer que o trabalhador que tinha mais de uma conta com até R$ 998 em 24 de julho poderá sacar a parcela complementar aos R$ 500 em todas elas. "A regra olha para a conta. Se em cada uma a pessoa tinha R$ 800, como era superior (aos R$ 500 do saque inicial e inferior a R$ 998), ela poderá sacar R$ 300 complementar de cada uma, totalizando R$ 600, a partir do dia 20 de dezembro", explicou Angelo. 

Como fica a opção pelo saque-aniversário?
O saque imediato de até R$ 998 não tem relação com o saque-aniversário, que só começa a ser pago em abril de 2020. 


Fonte: G1

quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

Lagoa Grande-PE: Henrique Diniz prepara o discurso para 2020

11 de dezembro de 2019
De olho na prefeitura de Lagoa Grande-PE, no Sertão do São Francisco, nas eleições de 2020, Henrique Diniz (sem partido) tem aproveitado os espaços em diversos programas de rádio na região do Vale do São Francisco para falar sobre economia, área em que possui bacharelado, mas por outro lado, Diniz vem esquivando-se a falar do processo eleitoral municipal. Na manhã desta quarta-feira (11), Henrique concedeu uma entrevista a Rádio Jornal Petrolina, no Programa Super Manhã com o apresentador Waldiney Passos, e mais uma vez deixou a política de lado e foi falar sobre a economia nacional e local. Segundo informações, o pré-candidato tem comentado com amigos que no momento, está com o discurso pronto para 2020. Henrique está fazendo um jogo político. Na verdade ele é pré-candidato a prefeito e prefere se esquivar para não ser alvo de ataques, ou seja, quer ficar blindado, entretanto, uma fonte garantiu que o discurso de economista vai mudar para o discurso político. É aguardar!

Fonte: Blog do Fabio Cardoso

segunda-feira, 9 de dezembro de 2019

Imposto de Renda 2019: Receita Federal diz que 700.221 contribuintes estão na malha fina

09 de dezembro de 2019
A Receita Federal informou nesta segunda-feira (9) que 700.221 contribuintes tiveram suas declarações do Imposto de Renda de 2019 retidas na chamada "malha fina" devido a inconsistências nas informações prestadas. Quando entram na malha fina, as declarações dos contribuintes ficam retidas para verificação de pendências e eventual correção dos erros. As restituições são pagas somente após a questão ter sido resolvida. A quantidade de declarações retidas em malha corresponde a 2,13% do total de 32.931.145 declarações apresentadas neste ano. De acordo com o órgão, desse total de declarações retidas em malha, 74,9% apresentam imposto a restituir; 22,4% apresentam imposto a pagar e 2,7% apresentam saldo zero. Ainda segundo a Receita, as principais razões que levaram à retenção de declarações em 2019 foram: 

1-Omissão de rendimentos do titular ou seus dependentes: 35,6% das declarações com esta ocorrência; 
2-Despesas médicas: 25,1% das declarações com esta ocorrência; 
3-Divergências entre o IRRF informado na declaração e o informado em DIRF: 23,5% declarações com esta ocorrência; 
-Dedução de previdência oficial ou privada, dependentes, pensão alimentícia e outras: 12,5% declarações com estas ocorrências. 

Consultas ao último lote do IR
Desde as 9h desta segunda-feira estão abertas as consultas ao sétimo e último lote do Imposto de Renda de Pessoas Físicas de 2019. 

*CLIQUE AQUI para consultar se você está no lote de restituição. 

As consultas já podem ser feitas pelo site da Receita Federal. Também é possível fazer a consulta por meio do aplicativo para tablets e smartphones. Quem não aparecer em um dos sete lotes regulares do IR está automaticamente na malha fina do Leão. 

Como sair da malha fina
Para saber o que há de errado com sua declaração, os contribuintes podem acessar o "extrato" do Imposto de Renda no site da Receita Federal no chamado e-CAC (Centro Virtual de Atendimento). Para acessar o extrato do IR é necessário utilizar o código de acesso gerado na própria página da Receita Federal, ou certificado digital emitido por autoridade habilitada. 


Após verificar quais inconsistências foram encontradas pela Receita Federal na declaração do Imposto de Renda, o contribuinte pode enviar uma declaração retificadora. Quando a situação for resolvida, o contribuinte sai da malha fina e, caso tenha direito, a restituição será incluída nos lotes residuais do Imposto de Renda.
Imagem: Google

Fonte: G1

Rússia é excluída da Copa do Catar e da Olimpíada de Tóquio

09 de dezembro de 2019
A Agência Mundial Antidoping (Wada) decidiu excluir a Rússia de grandes competições esportivas durante quatro anos por falsificação de dados dos controles entregues à entidade. Assim, o país não poderá ser representado nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 e de Inverno de Pequim 2022, além de Mundiais de todas as modalidades, o que inclui a Copa do Catar 2022. A Rússia também não poderá organizar disputas desse nível em seu território. A Eurocopa 2020 não corre perigo de perder São Petersburgo como uma das 12 sedes, pois não está categorizada no grupo de competições restringidas. A Rússia ainda pode - e deve - recorrer da decisão no TAS (Tribunal Arbitral do Esporte, na sigla em francês) e tem 21 dias para apresentar o recurso. Os atletas do país que passarem por testes antidoping poderão competir sob bandeira neutra. - Por muito tempo o doping russo prejudicou o esporte limpo. A violação flagrante pelas autoridades russas das condições de restabelecimento da Rusada (Agência Antidoping da Rússia), aprovadas pelo Comitê Executivo em setembro de 2018, exigiu uma resposta robusta. É exatamente isso que foi entregue hoje. A Rússia teve a oportunidade de colocar sua casa em ordem e voltar a se juntar à comunidade internacional antidoping para o bem de seus atletas e a integridade do esporte, mas optou por continuar na sua posição de fraude e negação. Como resultado, o Comitê Executivo da Wada respondeu nos termos mais fortes possíveis, protegendo o direito dos atletas russos, que podem provar que eles não estavam envolvidos e não se beneficiaram desses atos fraudulentos - afirmou em nota Craig Reedie, presidente da Wada. O anúncio foi feito por um porta-voz da agência depois de uma reunião do comitê executivo nesta segunda-feira, em Lausanne, em que a votação unânime decidiu pela suspensão dos russos. - A lista completa de recomendações (de sanções por parte do Comitê de Revisão de Conformidade, CRC) foi aprovada por unanimidade pelos 12 membros do comitê executivo - disse o porta-voz. O Comitê Olímpico Internacional (COI) chegou a excluir a Rússia dos Jogos Olímpicos do Rio 2016 e de Inverno de Pyeongchang 2018, mas deixou nas mãos das federações nacionais a decisão de executar a suspensão. O COI ressaltou que apoia a decisão da Wada desta segunda-feira, reforçando que já havia anunciado o alinhamento para seguir o estipulado pela entidade antidoping. - Os representantes do Movimento Olímpico hoje apoiaram a decisão unânime do Comitê Executivo da Wada, que está de acordo com a declaração feita pelo Comitê Executivo do COI e endossada pela Cúpula Olímpica - anunciou o COI. Os russos já competiram como atletas neutros no Mundial de atletismo deste ano e conquistaram dois títulos, com Mariya Lasitskene (salto em altura) e Anzhelika Sidorova (salto com vara). No Mundial de natação foram mais foram mais três ouros de atletas russos: Yuliya Yefimova (200m peito), Anton Chupkov (200m peito) e Evgeny Ryov (200m costas). A Rússia ainda conquistou três títulos no Mundial de ginástica artística, com a equipe masculina e dois com Nikita Nagornyy (individual geral e salto). Todos esses atletas agora precisam provar que estão limpos e foram submetidos a testes rigorosos antidopagem para serem elegíveis a competir como atletas neutros na Olimpíada. Caso o COI siga o posicionamento que teve nos Jogos de Inverno de PyeongChang, equipes russas de esportes coletivos devem passar pelo mesmo processo. O Comitê Paralímpico Internacional (IPC), que desde a Rio 2016 já havia excluído a bandeira russa, afirmou em nota que vai seguir a decisão da Wada. No entanto, aguarda o recurso da Rússia junto ao TAS antes de confirmar a suspensão na Paralimpíada de Tóquio 2020. Apesar de forte, a punição estipulada pela Wada nesta segunda-feira ainda abriu uma brecha para a participação dos atletas russos sob bandeira neutra, contrariando o pedido da Comissão de Atletas da entidade. No domingo, véspera da reunião decisiva, nove dos 17 membros dessa comissão divulgaram uma nota em que pediam o banimento total da Rússia, sem a prerrogativa de os russos competirem como neutros. A suspensão também é estendida a membros do Governo da Rússia e dirigentes esportivos do país em todas as modalidades. Eles não podem ser credenciados para nenhuma grande competição internacional.
Fonte:; Globo Esporte

Moro autoriza envio da Força Nacional para área de assassinato de indígenas no MA

09 de dezembro de 2019
O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, autorizou nesta segunda-feira (9) o envio de tropas da Força Nacional para a região onde dois índios da etnia Guajajara morreram durante um atentado registrado no sábado (7) na BR-226, entre as aldeias Boa Vista e El Betel, no município de Jenipapo dos Vieiras, localizado a 506 km de São Luís. A medida é válida para os próximos por 90 dias, de 10 de dezembro de 2019 a 8 de março de 2020, e pode ser prorrogada. Segprotundo a portaria do ministério, a ação é para garantir a integridade física e moral dos povos indígenas, dos servidores da Funai e dos não índios na região. 

Entenda 
*Grupo de indígenas guajajara foi atacado a tiros na BR-226. Dois morreram e dois ficaram feridos. 
*Após o crime, os indígenas realizaram um protesto e bloquearam a BR-226. 
*FUNAI acredita que índios morreram porque foram associados a assaltos na região. 
*Polícia Federal e Polícia Civil iniciaram as investigações. 
*Lideranças reagiram à morte dos indígenas. 
*Moro autoriza envio da Força Nacional para a região. 

Sepultamentos
Nesta segunda (9), corpo do cacique Firmino Silvino Guajajara foi sepultado na Terra Indígena Cana Brava, na região de Jenipapo dos Vieiras. A previsão é que o corpo do cacique Raimundo Bernice Guajajara, que também morreu no atentado, seja sepultado ainda nesta segunda. Sob forte emoção, o sepultamento foi realizado com a presença de familiares e amigos do cacique da aldeia Severino. Outros dois indígenas que ficaram feridos no atentado ainda continuam internados. Um dos índios foi submetido a uma cirurgia no Hospital Macrorregional de Presidente Dutra e encontra-se estável, mas seu estado de saúde é considerado grave, segundo boletim da Secretaria de Estado de Saúde (SES). O segundo índio que ficou ferido, Nelsi Guajajara, deve ter alta ainda nesta segunda. Em um vídeo (veja abaixo), Nelsi Guajajara contou que foi surpreendido por um veículo de cor branca que disparou diversas vezes contra a motocicleta onde ele e Firmino Guajajara estavam. 

Investigações
Um inquérito foi aberto pela Polícia Federal (PF) para investigar o caso. A Polícia Civil do Maranhão encaminhou um relatório à PF e também acompanha as investigações. Um representante do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos deve realizar ainda nesta segunda (9) uma visita à Terra Indígena Cana Brava. De acordo com a Fundação Nacional do Índio (Funai), o crime pode ter relação com os contantes assaltos registrados no trecho da BR-226. 

Protestos
Por quase dois dias, três pontos da BR-226, na entre as aldeias Boa Vista e El Betel, localizado entre os municípios de Barra do Corda e Grajaú, ficaram bloqueados pelos indígenas que protestavam pelo atentado. O trecho só foi totalmente liberado no final da tarde desse domingo (8). Durante os bloqueios, um congestionamento de veículos de mais de 1,5 quilômetro foi registrado na área. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal do Maranhão (PRF-MA), os índios chegaram a atacar com pedras um ônibus que trafegava pela região. As janelas do veículo foram quebradas e a ação causou pânico e medo nos passageiros. Lideranças reagiram à morte dos indígenas, dentre elas, Sônia Guajajara, que se solidarizou com os familiares das vítimas e pediu justiça para o caso.
Fonte: G1/You Tube

PRF prende dupla com 20 kg de cocaína e 13 kg de crack na divisa de Petrolina-PE com Juazeiro-BA

09 de dezembro de 2019
Dois homens, de 32 e 24 anos, foram detidos, ao transportarem 20,6 kg de cocaína e 13,1 kg de crack, na madrugada de domingo (08), pela Polícia Rodoviária Federal, na BR 407, em Juazeiro-BA, próximo à divisa com Petrolina-PE. A droga estava escondida no fundo falso de um carro de luxo e os suspeitos estavam bastante nervosos no momento da abordagem. O flagrante ocorreu durante uma abordagem da PRF de Petrolina no quilômetro 8 da rodovia. Ao abordar um carro que estava parado no acostamento, os policiais perceberam que os dois ocupantes estavam bastante nervosos. Após realizarem uma busca minuciosa no veículo, os policiais encontraram 33 tabletes de droga escondidos embaixo da tampa do airbag do passageiro. Em princípio os homens alegaram desconhecer a existência do entorpecente, porém, logo após, o condutor admitiu que havia sido contratado para transportar a droga. A dupla foi detida e encaminhada à Delegacia de Polícia Federal de Juazeiro para adoção das medidas pertinentes ao caso.
Ascom

Fonte: Blog Diniz K-9

quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

Pente-fino do INSS cancela 261 mil benefícios em 4 meses

04 de dezembro de 2019
O pente-fino no INSS, previsto na medida provisória (MP) 871, que permitiu uma operação especial de análise de processos com suspeitas de irregularidade, resultou no cancelamento e na suspensão de 261,3 mil benefícios em quatro meses de trabalho. Do total, 24.640 são do Rio. Um universo de 1,84 milhão beneficiários com processos suspeitos estão sendo notificados. Segundo dados do INSS, a medida já resultou em uma economia de R$ 336 milhões e, em um ano, chegará a R$ 4,3 bilhões. A meta é bater R$ 10 bilhões por ano. A MP foi editada no início do ano, mas a operação começou a funcionar efetivamente em agosto porque faltava liberação orçamentária para pagar um adicional para os servidores na análise de processos suspeitos — um volume de cinco milhões. O Benefício de Prestação Continuada (BPC) pago a idosos e deficientes da baixa renda foi o campeão de fraudes. Do total de casos suspeitos de servidores públicos estaduais e municipais que deram declaração de renda falsa para obter o auxílio, 92,5% se confirmaram, o que levou à suspensão de 4.700 benefícios. Os números se referem apenas ao cruzamento de dados da base do INSS com a folha de sete estados e entre eles, o Rio. Diante do resultado, o trabalho foi ampliado para as demais unidades da Federação. O levantamento mostrou a existência de servidores estaduais e municipais recebendo o BPC, o que contraria as regras do programa. Uma servidora do Rio, com renda mensal de R$ 15,8 mil recebia o BPC, desde 2012, o que resultou num prejuízo de R$ 86 mil aos cofres públicos. Outro servidor do Estado do Rio com renda mensal de R$ 14 mil, recebia o auxílio desde 1999. Na Baixada Fluminense, foi detectado caso de uma mulher que recebia o BPC, acumulando duas pensões por morte.
Por Geralda Doca, Agência O Globo

Fonte:: iBahia

Copa América 2020: Seleção brasileira estreará contra Venezuela e terá Catar no grupo

04 de dezembro de 2019 
A seleção brasileira conheceu na terça-feira o adversário de estreia na edição de 2020 da Copa América. Campeão do torneio há cinco meses, a equipe comandada por Tite fará o primeiro jogo contra a Venezuela, em 14 de junho, em duelo válido pelo Grupo Norte, que acontece na Colômbia. Argentina e Chile abrem a competição dois dias antes no estádio Municipal de Buenos Aires, em partida válida pelo Grupo Sul, que será disputado na Argentina. Leia mais sobre a Copa América. A cerimônia da definição dos confrontos aconteceu em Cartagena, na Colômbia. Também foram sorteadas as chaves dos dois países convidados. A Austrália foi para o grupo da Argentina e o Catar, para o do Brasil. O sorteio contou com a presença do pentacampeão brasileiro Juninho Paulista, coordenador de seleções da CBF. "É muito difícil, uma competição cada vez mais complicada, com as equipes se preparando mais. É uma honra o Brasil ter ganhado a última Copa América. O Brasil está preparado para competir, acredito que é um dos favoritos, como Argentina, Colômbia, Uruguai e Chile. Todas são equipes grandes. Antes dessa Copa América ao Brasil ficou 12 anos sem ganhar. Sabemos das dificuldades e valorizamos muita a última conquista", analisou. O chaveamento já estava pré-definido e os comandados de Tite também terão pela frente na primeira fase Colômbia, Equador e Peru. O lado Sul conta também com Paraguai, Bolívia e Uruguai. A próxima Copa América tem boa parte de seus grupos definido. Os países da América do Sul foram divididos entre Norte e Sul, e o Brasil caiu no lado Norte. O sorteio desta terça-feira definirá em quais chaves cairão Austrália e Catar, as seleções convidadas, além da ordem das partidas. Também será apresentado o nome do mascote, eleito em votação nas redes sociais oficiais da competição. A competição será realizada entre os dias 12 de junho e 11 de julho na Argentina e na Colômbia em um novo formato, com 12 seleções (sendo dez da Conmebol e mais duas convidadas) divididas em dois grupos com seis equipes cada. Os quatro primeiros avançam para a fase de mata-mata. 

Grupos da Copa América 2020

Grupo Norte: 
Colômbia 
Brasil 
Catar 
Venezuela 
Equador 
Peru 

Grupo Sul: 
Argentina 
Austrália 
Bolívia 
Uruguai 
Chile 
Paraguai 

Quando será a Copa América 2020? 
O torneio acontece entre os dias 12 de junho e 11 de julho. 
Onde será a Copa América 2020?
A competição continental será realizada pela primeira vez em dois países, na Colômbia e na Argentina, simultaneamente. 

Tabela da Copa América
Nas edições anteriores as seleções eram divididas em três grupos de quatro times. Desta vez a primeira fase terá dois hexagonais. Haverá confrontos de todos contra todos dentro de suas chaves. A ordem dos confrontos sairá nesta terça-feira. A Argentina vai abrir o torneio no dia 12 de junho e a final será disputada em 12 de julho, na Colômbia. 

As partidas das quartas de final em diante já estão definidas: 

Quartas de final
Jogo 1: 1º Norte x 4º Sul 
Jogo 2: 2º Norte x 3 Sul 
Jogo 3: 1º Sul x 4º Norte 
Jogo 4: 2º Sul x 3º Norte 
Semifinais
Jogo 5: Vencedor do Jogo 1 x Vencedor do Jogo 2 
Jogo 6: Vencedor do Jogo 3 x Vencedor do Jogo 4
Decisão de 3º lugar 
Perdedor do Jogo 5 x Perdedor do Jogo 6 
Final
Vencedor Jogo 5 x Vencedor do Jogo 6 

Regulamento da competição
Vão se classificar os quatro primeiros colocados de cada grupo, que jogarão no sistema mata-mata. Os dois primeiros colocados de cada chave ficarão nos países em que jogaram na primeira fase, enquanto os terceiros e quartos jogarão em outro país.

Fonte: Estadão/MSN

Águas do Rio São Francisco chegam ao Ceará no final de março de 2020, diz ministro

04 de dezembro de 2019
A chegada das águas do Rio São Francisco ao Ceará deverá acontecer em março de 2020, de acordo com o ministro do Desenvolvimento Regional (MDR), Gustavo Canuto. A expectativa do ministro é encher o reservatório de Negreiros, em Salgueiro (PE), Sertão Central, ainda neste ano. De lá, as águas seguem até a Barragem Milagres, ainda em território pernambucano. Com a estrutura preenchida, o recurso hídrico será transportado até a barragem de Jati, no Cariri cearense, onde será captada pelo Cinturão das Águas do Ceará e levada até o Açude Castanhão. “Em março a água chega a Jati e vai para a grande Fortaleza”, diz o ministro Canuto. Quando concluída, a transposição das águas do São Francisco deve beneficiar cerca de 4 milhões de pessoas no Ceará. 

Fonte: G1 CE

7º e último lote do Imposto de Renda será liberado em 16 de dezembro

03 de dezembro de 2019
No próximo dia 16, o sétimo e último da restituição do imposto de renda será liberado. O valor se dá no momento em que a Receita Federal detecta que o contribuinte pagou mais impostos do que deveria. Assim, ele tem direito a receber de volta parte do valor. O valor a ser recebido é corrigido pela Selic (taxa básica de juros). Contudo, de todo modo, após cair na conta, não recebe nenhuma atualização. Os percentuais de correção variam de 4,02% (maio de 2019) a 112,3% (declarações entregues em 2008). Para verificar se a declaração foi liberada, o contribuinte deve acessar o site da Receita, ou caso prefira, ligar para o Receitafone, no número 146. Há ainda a possibilidade de fazer a consulta por meio do aplicativo Pessoa Física, disponível para os sistemas Android e iOS. Caso o contribuinte tenha direito a restituição, ela será paga até o fim do ano, sendo este, o último lote de 2020. Geralmente, quem entregou a declaração mais cedo recebe primeiro. Contudo, o dinheiro só não chega no mesmo ano se a declaração tiver algum problema. Se esse for o caso, ela cai na malha fina fiscalização da Receita para verificar possíveis irregularidade. Nesse caso, se realmente tiver direito e o valor não tenha sido creditado, é necessário contatar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento: 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).
Imagem: Google

Fonte: Edital Concursos Brasil

domingo, 1 de dezembro de 2019

7ª CIPM realiza formatura do PROERD em Lagoa Grande-PE

01 de dezembro de 2019
Por volta das 19h00 da última sexta-feira (29/11), o Comando da 7ª CIPM em parceria com a Secretaria de Educação do município de Lagoa Grande-PE, realizou a Solenidade de Formatura do PROERD (Programa Educacional de Resistência as Drogas e a Violência), onde cerca de 180 alunos do 5° Ano, da Rede Municipal, foram formados. O evento, contou com a presença de várias autoridades, pais de alunos, convidados e a sociedade lagoagrandense. Aproximadamente 600 pessoas participaram do evento.
Ascom 7ª CIPM/PMPE

Fonte: Blog Diniz K-9

Operações com criptomoedas informadas à Receita somam R$ 14 bilhões em dois meses

01 de dezembro de 2019
Contribuintes brasileiros comunicaram, entre agosto e setembro, quase R$ 14 bilhões em transações com moedas virtuais, informou ao G1 a Receita Federal. Desde agosto, a Receita exige a comunicação de operações com as chamadas criptomoedas. Esta é a primeira norma sobre o tema editada no país. São obrigadas a fazer a declaração, todas as pessoas físicas ou jurídicas, domiciliadas no Brasil e que movimentem acima de R$ 30 mil ao longo do mês, e as "exchange" – empresas que funcionam como casas de câmbio e intermediadoras de negócios com as moedas digitais. Em agosto, primeiro mês em que a regra esteve em vigor, foram comunicadas à Receita 1,5 milhão de operações, que movimentaram um total de R$ 4,483 bilhões e envolveram desde compras e vendas até doações e transferências com criptoativos. Em setembro, caiu o número de operações informadas (989,9 mil), mas o valor dobrou: foram R$ 9,488 bilhões em transações. No total do bimestre, as operações com criptomoedas somam R$ 13,971 bilhões. Na época em que anunciou a instrução normativa, a Receita informou que a exigência da comunicação tinha o objetivo de combater a sonegação fiscal e evitar crimes como lavagem de dinheiro e remessa ilegal de divisas ao exterior por meio moedas virtuais. A Receita diz que não abriu nenhum procedimento de investigação com base nas declarações recebidas até agora. De acordo com o órgão, as declarações são "fundamentais para identificar eventuais evasões fiscais" e a eficácia dessa exigência "será melhor avaliada quando do próximo período de declaração de Imposto de Renda Pessoa Jurídica, quando será possível comparar os valores declarados pelas exchanges com os valores declarados pelos seus clientes.

Potencial 
O diretor-executivo da Associação Brasileira de Criptoeconomia (ABCripto), Safiri Felix, disse que o volume de transações com criptomoedas informado pela Receita não surpreende. De acordo com dados do setor, repassados pela ABCripto, as transações com criptoativos atingem, no Brasil, cerca de US$ 3 milhões por dia, o que equivale a cerca de R$ 12,7 milhões, pela cotação atual do dólar. Pelos dados da Receita, porém, apenas no mês de setembro, o país registrou média diária superior a R$ 300 milhões em transações com criptomoedas. Felix aponta que, além de a Receita obter dados mais completos (operações entre pessoas físicas, por exemplo), o resultado pode ser explicado também pela valorização registrada nos últimos meses pela Bitcoin, uma das criptomoedas disponíveis no mercado. O levantamento da Receita, aponta ele, revela ainda que é grande o potencial desse mercado no Brasil. "O número sem dúvida é positivo, mostra a relevância do mercado e a disseminação do bitcoin no Brasil, apesar da insegurança jurídica e das limitações que a gente tem hoje", disse Felix. Em 2017, o Banco Central do Brasil divulgou alerta sobre as moedas virtuais, apontando que elas não são emitidas e nem garantidas por qualquer autoridade monetária e que "estão sujeitas a riscos imponderáveis", incluindo "a possibilidade de perda de todo o capital investido, além da típica variação de seu preço". Segundo a Abcripto, o Brasil é responsável por menos de 1% do total de transações com as moedas virtuais no mundo. As três maiores "exchange" do país (Mercado Bitcoin, Foxbit e Bitcoin to You) informaram terem, juntas, mais de 2,7 milhões de clientes cadastrados. Felix defendeu mais clareza nas regras para operações com esses ativos e que o setor seja reconhecido como atividade econômica. "O Brasil tem potencial para ser 'player' cada vez mais relevante no mercado de cripto ativos. A nossa economia, apesar das reformas recentes, ainda é instável, a gente ainda tem um problema sério de dívida púbica, o real está longe de ser uma moeda das mais estáveis. São todos ingredientes que fazem com que o mercado de cripto ativos seja cada vez mais atraente", completou ele.
Imagem: Reprodução/Globo News

Fonte: G1

Ricos e campeões, Flamengo e Palmeiras disputam hegemonia nacional também na base

01 de dezembro de 2019
Principais protagonistas do futebol brasileiro nos últimos anos e clubes com maiores receitas do país, Flamengo e Palmeiras também disputam a hegemonia dos campeonatos nacionais nas categorias de base. Os dois clubes são os maiores campeões dos principais torneios do Brasil nos últimos anos. Neste ano, o Flamengo conquistou o Brasileiro Sub-17 e pode fazer dobradinha com o Brasileiro Sub-20 – ou triplete geral, se considerar o Brasileirão do time de Jorge Jesus. Já o Palmeiras levou as Copas do Brasil Sub-17 e Sub-20 e pode emendar o Brasileiro Sub-20. No primeiro jogo da final do Brasileiro, disputado na quinta-feira, no Pacaembu, o Verdão levou a melhor, vitória por 1 a 0, com gol do atacante Gabriel Silva. A partida de volta será neste domingo, às 14h, em Cariacica. Flamengo e Palmeiras, campeões brasileiro e da Copa do Brasil deste ano, respectivamente, ainda disputam a Supercopa Sub-17. O Verdão também levou a melhor no jogo de ida, vitória por 2 a 0. O jogo de volta será na quinta-feira, às 16h, no Maracanã, preliminar de Flamengo x Avaí, pelo Brasileirão profissional. 
Retorno financeiro
Além de títulos, as categorias de base dos clubes também rendem centenas de milhões de reais a Flamengo e Palmeiras. Nos últimos três anos, o Rubro-Negro embolsou mais de R$ 300 milhões com a venda de atletas formados no Ninho do Urubu – Vinicius Jr. e Lucas Paquetá foram os expoentes. Na base rubro-negra hoje, o meia Yuri Cesar e o atacante Vitor Gabriel, ambos de 19 anos, são os destaques. Vitor Gabriel já tem alguns jogos pelo time profissional e multa rescisória de 50 milhões de euros (cerca de R$ 230 milhões). Yuri Cesar também tem contrato até o fim de 2023 e multa rescisória no mesmo valor. Além deles, destaca-se o goleiro Hugo Souza, 20 anos e 1,96m de altura. Ele já foi convocado para a Seleção principal de Tite para um período de experiência nos amistosos contra EUA e El Salvador, no ano passado. Sem contar o meia-atacante Reinier, 17 anos, já no time profissional campeão da Libertadores e do Brasileirão, e com contrato renovado recentemente até outubro de 2023 e multa padrão de 50 milhões de euros. O Palmeiras somou cerca de R$ 160 milhões, valor principalmente puxado pela venda de Gabriel Jesus ao Manchester City (ING), negócio fechado no fim de 2016, ano em que ele conquistou o Brasileirão e foi eleito o craque do campeonato. Na base de hoje, o meia Alanzinho, 19 anos, tem contrato com o Palmeiras até junho de 2023 e é considerado uma das principais revelações do clube, com passagens por todas as seleções de base. O volante Patrick de Paula, capitão do time, renovou o contrato com o Palmeiras em maio deste ano por mais três anos, até o fim de 2022. O volante meia Gabriel Menino tem 18 anos (completará 19 anos no próximo dia 29), mas já é titular do sub-20 e uma das promessas da base do Palmeiras. Além deles, Gabriel Verón, de 17 anos, foi eleito o craque do Mundial Sub-17 e relacionado pelo técnico Mano Menezes entre os profissionais para o jogo contra o Fluminense, na quinta-feira passada. Para a pré-temporada de janeiro, já serão promovidos além de Veron, os volantes Gabriel Menino e Patrick de Paula, o lateral-esquerdo Esteves e o atacante Angulo, também do time sub-20, e três garotos que voltarão de empréstimo: o goleiro Vinícius Silvestre, do CRB; o zagueiro Pedrão, do América-MG; e o atacante Artur, no Bahia.

Fonte: Globo Esporte

Mega-Sena, concurso 2.212: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 50 milhões

30 de novembro de 2019
Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.212, realizado na noite deste sábado (30) em São Paulo (SP). O prêmio acumulou. Veja as dezenas sorteadas: 23 - 26 - 51- 52 - 53 - 58. A quina teve 61 apostas ganhadoras; cada uma receberá R$ 56.566,09. A quadra teve 5.215 apostas ganhadoras; cada um ganhará R$ 945,22. O próximo concurso (2.213) será na quarta-feira (4). O prêmio é estimado em R$ 50 milhões. 

Para apostar na Mega-Sena 
As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país ou pela internet. 

Probabilidades
A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 4,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa. Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 17.517,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.

Fonte: G1

Mulher transexual, presa em cela feminina, engravida detenta

30 de novembro de 2019
Um detento que cumpria pena em uma penitenciária na cidade de Córdoba, na Argentina, resolveu mudar de nome e se declarar mulher trans. Após alegar a mudança de gênero na justiça, ele ganhou o direito de ser colocado numa prisão feminina. De acordo com a imprensa local, alguns meses depois, uma das detentas ficou grávida após manter relações sexuais com o homem que a pouco tempo passou a se chamar Gabriela. Ainda segundo os jornais, o caso aconteceu há dois meses, mas o episódio veio a público semana passada, através da história do advogado Juan Gacitúa, no programa argentino “El show de la Mañana”. "A lei é muito mais rápida do que a infraestrutura que o Estado pode fornecer”; disse o advogado com relação ao que aconteceu, uma vez que, segundo ele, houve diversas reclamações de mulheres que se queixaram da presença da autodeclarada prisioneira, na prisão feminina. “O prisioneiro, Gabriel, mudou seu nome para Gabriela e o Serviço Penitenciário, por ordem de um juiz, transferiu-o da prisão masculina para a prisão feminina”, disse Gacitúa. “Isso é garantido por lei. Foi lá que ele fez contato com as detentas e engravidou uma delas.” Segundo as autoridades, Gabriel havia sido preso por violência contra mulheres e após ter engravidado uma das detentas, um juiz decidiu libertá-lo da prisão.

Fonte: O Imparcial

ANEEL altera bandeira tarifária em energia de vermelha para amarela em dezembro

30 de novembro de 2019
A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou na sexta-feira, 29, que as contas de luz vão ficar mais baratas em dezembro. É que a agência reguladora alterou a bandeira tarifária de vermelha patamar 1 para a amarela em dezembro. A bandeira amarela representa um custo extra de R$ 1,343 para cada 100 quilowatts-hora consumidos (kWh) contra os R$ 4,169 por kWh cobrados quando a bandeira tarifária é vermelha patamar 1. “Para dezembro, as previsões meteorológicas sinalizam melhora nas condições de chuva sobre as principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN), caracterizando o início do período úmido na região dessas bacias. A previsão hidrológica para o mês é a de que as vazões afluentes aos principais reservatórios se elevem gradativamente, mas ainda atingindo patamares abaixo da média quando comparadas às referências históricas. Essa condição intermediária repercutirá na capacidade de produção das hidrelétricas, ainda demandando acionamento de parte do parque termelétrico, com impactos diretos na formação do preço da energia (PLD) e nos custos relacionados ao risco hidrológico (GSF). O PLD e o GSF são as duas variáveis que determinam a cor da bandeira a ser acionada”, diz a Aneel em nota divulgada na sexta. No sistema de bandeiras tarifárias, em vigor desde 2015, a cor verde não tem cobrança de taxa extra, indicando condições favoráveis de geração de energia no País. Na bandeira amarela, a taxa extra é de R$ 1,343 a cada 100 kWh consumidos. A bandeira vermelha pode ser acionada em um dos dois níveis cobrados. No primeiro nível, o adicional passa a ser de R$ 4,169 a cada 100 kWh. No segundo nível, a cobrança extra será de R$ 6,243 a cada 100 kWh. As bandeiras tarifárias indicam o custo da energia gerada para possibilitar o uso consciente de energia. Antes do sistema, o custo da energia era repassado às tarifas no reajuste anual de cada empresa, e tinha a incidência da taxa básica de juros. 

Fonte: Estadão Conteúdo/Tribuna PR