A&D Rastreamento

A&D Rastreamento
A&D Rastreamento

sexta-feira, 30 de julho de 2021

Guarda Municipal de Juazeiro Continua na luta no combate ao Covid-19

 29 de julho de 2021

Equipes da Guarda Municipal de Juazeiro-BA continuam presentes nos diversos pontos de vacinação da cidade, em apoio à Secretaria Municipal de Saúde, prestando apoio na segurança dos profissionais de saúde e repartições públicas. Os guardas seguem prestando apoio na segurança em todos os locais de vacinação contra a Covid-19.⁣ ⁣ 
Em caso de necessidade ligue para a Central 153 da GCM. O serviço é gratuito e funciona 24 horas por dia.⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣ _⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣ Secretaria de trânsito e transporte (Cstt) Guarda Municipal de Juazeiro a Guardiã da cidade!⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣ ⁣⁣⁣⁣

Ascom GCM Juazeiro-BA

Fonte: Blog Diniz K-9

quinta-feira, 27 de maio de 2021

O que comer primeiro no café da manhã? Nutricionista explica se há ordem certa

 27 de maio de 2021

Como anda seu cardápio alimentar pela manhã? Anda escolhendo bem os alimentos do seu desjejum? Essa refeição é muito importante para o seu dia, principalmente quando os quesitos são saúde e disposição. Em entrevista ao portal Taeq, a nutricionista Cristiane Coronel falou sobre a importância do café da manhã e deu dicas do que consumir, além de ensinar a ordem de consumo. "O café da manhã é um momento versátil, em que podemos fazer várias combinações incríveis para o corpo e para o cérebro. É uma excelente refeição que se pode oferecer prazer e nutrir bem o corpo para começar bem o dia", explica a nutricionista Cristiane Coronel ao portal Taeq. A especialista listou ao Taeq quais alimentos não devem faltar e a ordem de consumi-los. 

Confira:

Frutas: A primeira parte é escolher o cardápio do café da manhã, e frutas devem estar garantidas, segundo a nutricionista Cristiane Coronel. "As frutas, por serem fontes de nutrientes e fibras, ajudam o sistema digestivo a trabalhar bem", diz ela, que ressalta que o melhor consumo é o in natura - embora sucos e vitaminas sejam bem-vindos. 

Proteínas, fibras e fontes de energia: iogurte, queijos brancos e ovo são boas pedidas. "O ovo é uma excelente fonte proteica, e nos dá saciedade por mais tempo". Fibras como sementes de chia e linhaça, também enriquecem o café, segundo a nutricionista. Isso sem falar que é preciso comer algo que dê disposição para enfrentar o resto do dia. "Pão integral, tapioca, cuscuz, mandioca ou outros tubérculos são excelentes fontes de energia para o início da manhã". 

Ordem
Primeiro frutas ou vitaminas. "Inserir as fontes de energia, fibras e proteínas promove uma sensação de saciedade para depois. Assim, o organismo assimila melhor os alimentos e sua absorção". As frutas são alimentos completos e, por isso mesmo, são a primeira coisa a se comer na hora do café. Depois, para quem gosta de café preto, o ideal é consumir após ingerir alimentos sólidos. "Isso evita que a cafeína, presente no café, irrite a parede gástrica, quando consumido em jejum". Se tomado corretamente, o café pode trazer muitos benefícios para quem o toma. "O café é termogênico, ou seja, ajuda na perda de peso, dá disposição, é um antidepressivo natural e melhora o raciocínio." "Alimentos considerados 'pesados', muito calóricos e de difícil digestão, tais como frituras, doces em geral e tortas muito elaboradas que levem leite condensado, chocolates, glacê etc. devem ser evitados no café da manhã", aconselhou a especialista.

Fonte: iBahia

domingo, 23 de maio de 2021

Maiores campeões do Carioca: Flamengo chega a 37 títulos e amplia vantagem no topo; veja ranking

 22 de maio de 2021

Com o título do Campeonato Carioca conquistado neste sábado, após vitória por 3 a 1 sobre o Fluminense, o Flamengo ampliou a vantagem na lista de maiores campeões do torneio estadual. Com 37 taças, o clube rubro-negro passa a ter seis títulos a mais que o rival Fluminense, segundo maior vencedor da competição. O ge traz o ranking completo abaixo. Uma curiosidade: a final deste sábado foi o "tira-teima" dos Fla-Flus decisivos. Se antes havia cinco campeonatos (definidos em um Fla-Flu) para cada lado, o Flamengo agora assume a dianteira. O critério por trás desse número leva em conta apenas os confrontos diretos que valeram títulos entre os rivais. 

Veja os títulos do Carioca por clube

Flamengo - 37 
(1914, 1915, 1920, 1921, 1925, 1927, 1939, 1942, 1943, 1944, 1953, 1954, 1955, 1963, 1965, 1972, 1974, 1978, 1979, 1979*, 1981, 1986, 1991, 1996, 1999, 2000, 2001, 2004, 2007, 2008, 2009, 2011, 2014, 2017, 2019, 2020 e 2021) 

Fluminense - 31 
(1906, 1907*, 1908, 1909, 1911, 1917, 1918, 1919, 1924*, 1936*, 1937, 1938, 1940, 1941, 1946, 1951, 1959, 1964, 1969, 1971, 1973, 1975, 1976, 1980, 1983, 1984, 1985, 1995, 2002, 2005 e 2012) 

Vasco - 24
(1923, 1924*, 1929, 1934*, 1936*, 1945, 1947, 1949, 1950, 1952, 1956, 1958, 1970, 1977, 1982, 1987, 1988, 1992, 1993, 1994, 1998, 2003, 2015 e 2016) 

Botafogo - 21 
(1907*, 1910, 1912*, 1930, 1932, 1933*, 1934*, 1935*, 1948, 1957, 1961, 1962, 1967, 1968, 1989, 1990, 1997, 2006, 2010, 2013 e 2018) 

América-RJ - 7 
(1913, 1916, 1922, 1928, 1931, 1935* e 1960) 

Bangu - 2 
(1933* e 1966) 

São Cristóvão - 1 (1926) 

Paissandu - 1 
(1912*) 

OBSERVAÇÕES: 
*1907: Botafogo e Fluminense terminaram empatados e foram, posteriormente, declarados campeões 
*1912: foram realizadas duas competições - Botafogo e Paissandu levantaram as taças 
*1924: foram realizadas duas competições - Fluminense e Vasco levantaram as taças 
*1933: foram realizadas duas competições - Bangu e Botafogo levantaram as taças 
*1934: foram realizadas duas competições - Botafogo e Vasco levantaram as taças 
*1935: foram realizadas duas competições - América-RJ e Botafogo levantaram as taças 
*1936: foram realizadas duas competições - Fluminense e Vasco levantaram as taças 
*1979: foram realizadas duas competições - o Flamengo levantou as duas taças

Fonte: Globo Esporte

21 atletas que participavam de corrida em montanha na China morrem após queda brusca de temperatura

 22 de maio de 2021

Uma corrida de 100 km em uma montanha na província de Gansu, no Noroeste da China, terminou com a morte de 21 pessoas neste sábado (22). Um último corredor desaparecido foi encontrado morto às 9h30 no domingo (início da madrugada de domingo em Brasília). De acordo com a agência estatal Xinhua, os corredores foram pegos de surpresa com a queda brusca nas temperaturas. Fortes ventos, granizo e chuva congelada atingiram os atletas, que já estavam sob efeitos da altitude. O evento esportivo ocorria na Floresta de Pedras perto do Rio Amarelo, no condado de Jingtai. Mais de 700 socorristas participaram das operações de busca. Ao todo, 151 participantes da corrida foram resgatados. Cinco deles, levados ao hospital com ferimentos leves e passam bem.

Fonte: G1

Mega-Sena, concurso 2.374: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio acumula em R$ 80 milhões

 22 de maio de 2021

Nenhuma aposta acertou as seis dezenas do sorteio 2.374 da Mega-Sena, sorteados neste sábado (22), e o prêmio acumulou. Para o próximo concurso, o prêmio previsto para quem acertar as seis dezenas é de R$ 80 milhões. Veja as dezenas sorteadas: 12 - 13 - 25 - 37 - 39 - 41. A Quina teve 125 apostas ganhadoras e cada uma leva R$ 35.344,96. A Quadra teve 8.177 apostas ganhadoras e cada uma recebe R$ 771,87. 

Para apostar na Mega-Sena
As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), em qualquer lotérica do país ou pela internet, no site da Caixa Econômica Federal – acessível por celular, computador ou outros dispositivos. É necessário fazer um cadastro, ser maior de idade (18 anos ou mais) e preencher o número do cartão de crédito. 

Probabilidades
A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 4,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa. Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 22.522,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.

Fonte: G1

quarta-feira, 19 de maio de 2021

Brasileiros já pagaram mais de R$ 1 trilhão em impostos este ano

 19 de maio de 2021

Os brasileiros já pagaram R$ 1 trilhão em tributos arrecadados desde o 1º dia do ano de 2021 pelos governos federal, estaduais e municipais, de acordo com o que registra o Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP). Essa marca foi atingida às 7h53 de hoje (19). Entraram na conta impostos, taxas e contribuições, incluindo as multas, juros e a correção monetária. Segundo as informações da ACSP, no ano passado esse valor foi superado no dia 27 de junho e em 2019, em 24 de maio. “O índice, portanto, aponta que os contribuintes brasileiros devem pagar mais dinheiro para os cofres públicos neste ano do que pagaram em 2020 e, até mesmo, em 2019, época sem pandemia”. De acordo com a análise da ACSP, o aumento da inflação no período, comparada com as elevações de preços de produtos registradas anteriormente, a desvalorização do real frente ao dólar e o crescimento da economia em alguns setores como os relacionados ao aumento das importações, à indústria, à saúde, aos grandes varejistas e ao comércio considerado não essencial foram os fatores que contribuíram para essa marca. Também determinaram esse valor o aumento das compras online e pedidos de delivery. Segundo o economista-chefe da Associação Comercial de São Paulo, Marcel Solimeo, várias prestações de serviços e o comércio estão sendo muito afetados na pandemia, mas atividades que geram muitos impostos também cresceram bastante. “Alguns exemplos são as exportações, que estão em alta, e o montante das vendas em supermercados que, além de estar muito elevado, ainda proporciona maior arrecadação por conta dos preços dos produtos que vêm subindo”. Conforme dados do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação, de 2016 a 2019, os brasileiros tiveram de trabalhar 153 dias para pagar impostos. No ano passado, foram 151. O Impostômetro foi implantado em 2005 pela ACSP para conscientizar os brasileiros sobre a alta carga tributária e incentivá-los a cobrar os governos por serviços públicos de mais qualidade. Está localizado na sede da entidade, na região central da capital paulista. 
Edição: Valéria Aguiar 

Fonte: Agência Brasil

FGTS, INSS, férias e 13º: o que muda com a redução de jornada e suspensão dos contratos de trabalho

 19 de maio de 2021

O governo relançou, no final de abril, duas Medidas Provisórias (MPs) que permitem a redução da jornada e a suspensão dos contratos de trabalho e trazem medidas que flexibilizam regras trabalhistas referentes a direitos como férias e FGTS. Essas medidas, que vigoraram no ano passado e voltaram em 2021 com o objetivo de preservar empregos em meio à pandemia, trazem mudanças em direitos trabalhistas como 13º, FGTS e férias. Veja o que muda nos direitos dos trabalhadores com as mudanças trazidas pelas MPs, de acordo com Daniel Raimundo dos Santos, consultor trabalhista da Confirp Consultoria Contábil: 

1. Recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) 
Suspensão do contrato: Neste caso, não há recolhimento do FGTS por parte do empregador até o final do prazo da suspensão do contrato de trabalho. Santos lembra que as empresas que faturaram acima de R$ 4,8 milhões no ano de 2019 são obrigadas a pagar uma ajuda compensatória ao trabalhador de no mínimo 30% do salário, durante o período de suspensão. Porém, o FGTS não vai incidir sobre esse valor, já que a ajuda compensatória "não tem natureza de salário”. 
Redução de jornada e salário: O FGTS continua sendo recolhido, mas com base no valor do salário reduzido. Exemplo: se um trabalhador tem um salário de R$ 2.000 que foi reduzido em 70%, isso significa que ele passou a ganhar R$ 600. É justamente sobre os R$ 600 que será calculado o valor do recolhimento do FGTS por parte da empresa. Pelas regras da MP, o governo federal faz uma complementação do salário, com base no cálculo do seguro-desemprego. No exemplo acima, o governo entraria com uma complementação de 70% do valor da parcela do seguro a que o empregado teria direito se fosse demitido. Porém, este auxílio não será considerado na hora de calcular o valor do depósito do FGTS, uma vez que é custeado pela União e não pelo empregador. A MP 1.046, que flexibiliza regras trabalhistas, trouxe a opção para o empregador parcelar o FGTS das competências abril, maio, junho e julho de 2021, sem a incidência de multa e juros. Não é tão atrativo quanto o que vigorou em 2020, quando foi possível parcelar três competências em 6 parcelas – este ano, essas quatro competências serão parceladas em 4 vezes. O pagamento das parcelas começa em 7 de setembro, juntamente com o recolhimento do FGTS da competência de agosto de 2021. 

2. Contribuição ao INSS 
Suspensão do contrato: Neste caso, a contribuição previdenciária patronal fica suspensa. Como a empresa não vai pagar nenhuma remuneração ao trabalhador, logo não existirá base de cálculo para recolhimento das contribuições previdenciárias. Os empregadores que suspenderam os contratos, mas que estão pagando ajuda compensatória aos empregados, também não precisam recolher o INSS sobre este valor, já que ele não tem natureza salarial, é uma verba indenizatória. O trabalhador poderá continuar contribuindo ao sistema público de aposentadoria normalmente, se assim quiser, efetuando o recolhimento por conta própria, como segurado facultativo, através da Guia da Previdência Social (GPS). 
Redução de jornada e salário: Para as reduções de jornada e salário, a base de cálculo da contribuição patronal será o salário reduzido, ou seja, o valor que a empresa passou a pagar ao trabalhador. Assim como no caso do FGTS, a complementação salarial feita pelo governo não será considerada na hora de a empresa calcular o INSS. Aqui o trabalhador também pode continuar contribuindo ao sistema previdenciário normalmente. 

3. Contagem do 13º salário 
Suspensão do contrato: No caso em que a empresa suspendeu o contrato pelo prazo limite de 120 dias, cujo período terminará até 25 de agosto (caso não haja prorrogação da MP), os meses não trabalhados não entram na contagem da proporcionalidade do 13º salário. Ou seja, eles não serão computados em caso de rescisão de contrato ou no pagamento das parcelas do 13º salário no final do ano. 
Redução de jornada e salário: A redução de jornada e salário não muda em nada a contagem da proporcionalidade do 13º salário, pois o contrato de trabalho continua ativo, e o trabalhador terá direito ao 13º levando em conta os meses em que trabalhou por no mínimo 15 dias. Quanto à redução da base de cálculo, uma vez que o salário foi reduzido, não há previsão legal para justificar essa proporcionalidade. Logo, ao calcular o 13º salário do empregado, será considerado seu salário normal, sem a redução. Para este caso, é importante acompanhar os acordos sindicais de redução de jornada, nos quais é possível que haja previsão específica nesse sentido de proporcionalidade do cálculo. 

4. Férias e pagamento do 1/3 
Suspensão do contrato: Neste caso, as férias também ficam suspensas. Durante o período de suspensão, o contrato de trabalho fica paralisado, e os meses em que o trabalhador ficou em casa não são contados como tempo de serviço para aquisição do direito às férias. Se o trabalhador ficar os 120 dias com o contrato suspenso, então o período aquisitivo do empregado para contagem de férias também será prorrogado pelo mesmo período da suspensão. E no restabelecimento do contrato, ele retoma a contagem do período aquisitivo de onde parou. Por exemplo, se trabalhou por 4 meses até 30 de abril e teve contrato suspenso por outros quatro meses: quando voltar a trabalhar, ele retoma a contagem do período aquisitivo de onde parou, ou seja, computando do 5º mês em diante. 
Redução de jornada e salário: A MP 1.045, que trata da redução da jornada e suspensão de contratos, não altera o direito a férias dos trabalhadores. Porém, a MP 1.046 flexibilizou as regras de pagamento das férias durante o período de 120 dias a contar do dia 28 de abril. Veja abaixo: 

*O empregador poderá antecipar férias, informando ao empregado com antecedência mínima de 48 horas, indicando o período a ser gozado, não podendo ser inferior a 5 dias corridos; 
*As férias poderão ser concedidas, mesmo que o período aquisitivo não tenha vencido; 
*Em caso de desligamento do empregado, por pedido de demissão, ele terá o desconto em rescisão das férias antecipadas gozadas, cujo o período não tenha sido adquirido; 
*Os empregados do grupo de risco serão priorizados para gozo das férias; 
*O adicional de 1/3 das férias concedidas no período de 120 dias (28/04 a 25/08) poderá ser pago após o gozo das férias, até 20 de dezembro, ou juntamente com a rescisão de contrato, o que ocorrer primeiro; 
*O pagamento das férias, concedidas no mesmo período de 120 dias (28/04 a 25/08), poderá ser efetuado até o 5º dia útil do mês seguinte ao do início. Por exemplo, se o trabalhador entra de férias no dia 10 de junho, a empresa pode depositar remuneração até o 5º dia útil do mês de julho. 

5. Vale-transporte
Suspensão do contrato: A empresa fica dispensada de pagar o vale-transporte, um vez que o benefício tem a finalidade exclusiva do deslocamento do empregado de sua residência para o trabalho e vice-versa. Portanto, não havendo esse trajeto, a empresa não é obrigada a pagar. 
Redução de jornada e salário: Se o trabalhador continua indo de transporte público até a empresa, o direito ao vale-transporte permanece válido. Se a redução de jornada provocou uma diminuição dos dias de trabalho, o valor do vale-transporte também será reduzido, sendo devido apenas para os dias em que em que houver o deslocamento do trabalhador. Se a empresa contratou um ônibus fretado para levar os funcionários ou passou a pagar táxi ou motorista particular para os trabalhadores, ela pode deixar de pagar o vale-transporte. 

6. Vale-refeição e alimentação 
Suspensão do contrato: Se o vale-refeição e o vale-alimentação fazem parte do pacote de benefícios da empresa ou estão previstos em convenção coletiva, os trabalhadores têm direito a continuar recebendo. 
Redução de jornada e salário: Trabalhadores continuam recebendo, desde que os benefícios façam parte do pacote de benefícios da empresa ou estejam previstos em convenção. No caso das empresas que fornecem alimentação aos empregados em refeitório próprio, se os trabalhadores estiverem trabalhando em casa, o empregador não é obrigado a pagar os benefícios, exceto se há alguma previsão na convenção coletiva da categoria. 

7. Plano de saúde e odontológico
Suspensão do contrato: Devem ser mantidos, já que a MP prevê a manutenção de todos os benefícios que fazem parte do pacote de benefícios concedidos pela empresa ao empregado. 
Redução de jornada e salário: Devem ser mantidos, seja para quem está trabalhando presencialmente ou em casa. O empregador deve ter atenção quando os planos têm coparticipação ou desconto dos empregados. Segundo Santos, quando há a coparticipação do empregado é recomendado que os empregadores equilibrem esse desconto, de modo que não ocorram reduções exageradas no salário líquido dos empregados, o que poderá comprometer a sua subsistência. É uma medida cautelar visando o bem estar do empregado e de seus familiares. 

8. Licença-maternidade 
Suspensão do contrato: Se a trabalhadora já estiver em licença maternidade, a suspensão do contrato não se aplica a ela. A empresa tem que continuar pagando o valor integral do último salário anterior ao afastamento. Quando acaba o período de licença maternidade, as mulheres entram na regra da suspensão. Redução de jornada e salário: As regras da suspensão também valem no caso de redução de jornada. Empregadas já em gozo de licença-maternidade não serão afetadas durante o período de licença, e o empregador continuará arcando com o valor do último salário anterior ao afastamento do trabalho, sendo que a redução só poderá ocorrer quando retornarem ao trabalho. 

9. Auxílio-creche 
Suspensão do contrato: O trabalhador continua recebendo se for um benefício previsto em convenção coletiva.
Redução de jornada e salário: Também continua recebendo se for um benefício previsto em convenção coletiva. Auxílio-creche é um benefício que não está previsto em lei e as empresas, geralmente, o oferecem porque foi acertado com os sindicatos.

10. Empréstimo consignado 
O trabalhador deve se atentar que, com o salário reduzido por causa da redução de jornada ou suspensão do contrato, se as parcelas do empréstimo consignado se mantiverem iguais, o comprometimento da renda será ainda maior. Não há uma regra definida em relação à redução do percentual de desconto do consignado em caso de redução de jornada ou suspensão de contratos. Nem um programa de renegociação de parcelas ou extensão de prazo para pagamento do empréstimo com desconto em folha. Mas a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) informa que é possível renegociar a dívida, tanto no caso de diminuição da jornada de trabalho quanto na suspensão do contrato de trabalho. Neste caso, o trabalhador deve procurar o banco com o qual tem o contrato de crédito e solicitar a negociação. O processo pode ser feito em todos os canais de atendimento que as instituições financeiras oferecem, como telefone, internet e agências. "Não há uma padronização das condições de negociação. Os bancos analisam caso a caso", informa a Febraban. Se preferir, o trabalhador pode também procurar o empregador para renegociar as parcelas - a empresa vai intermediar a negociação com a instituição financeira que cedeu o empréstimo com desconto em folha. Se não houver solução, para os casos em que as parcelas do consignado ultrapassarem 30% da renda mensal líquida, é indicado buscar o Juizado Especial Cível. Outra opção é buscar a portabilidade de crédito, levando a dívida para outro banco com juros menores.
Imagem: Reprodução/TV Globo

Fonte: G1

Mega-Sena pode pagar R$ 40 milhões nesta quarta-feira

 19 de maio de 2021

O concurso 2.373 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 40 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h desta quarta-feira (19) no Espaço Loterias Caixa, no terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo. A aposta mínima custa R$ 4,50 e pode ser realizada pela internet. 

Para apostar na Mega-Sena
As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), em qualquer lotérica do país ou pela internet, no site da Caixa Econômica Federal – acessível por celular, computador ou outros dispositivos. É necessário fazer um cadastro, ser maior de idade (18 anos ou mais) e preencher o número do cartão de crédito. 

Probabilidades
A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 4,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa. Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 22.522,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.

Fonte: G1

terça-feira, 4 de maio de 2021

Policiais Militares do 5° BPM apreendem entorpecente no Bairro Jardim Petrópolis, em Petrolina

 04 de maio de 2021

Nesta terça-feira (04), por volta das 14h05, as equipes do GATI 5.250 e 5.251 do 5° BPM, quando em rondas pelo Bairro Jardim Petrópolis, em Petrolina, identificaram um indivíduo em atitude suspeita. Com a aproximação do efetivo policial, o mesmo teria se livrado de uma pequena sacola. Durante a abordagem foi identificado que na sacola arremessada havia uma pequena quantidade de Crack e uma caixa de fósforos também contendo porções da mesma substância, totalizando 12 pedras do entorpecente. Diante das circunstâncias, o indivíduo, juntamente com o material apreendido, foi conduzido e apresentado à Delegacia de Polícia Civil para adoção das medidas pertinentes ao caso. 
Ascom 5° BPM/PMPE 

Fonte: Blog Diniz K-9

Neymar passa em branco, City bate o PSG e avança à final da Liga dos Campeões pela primeira vez

 04 de maio de 2021

O Manchester City fez história nesta terça-feira. Depois de vencerem o jogo de ida da semifinal da Liga dos Campeões por 2 a 1, os Citizens voltaram a derrotar o Paris Saint-Germain nesta tarde, dessa vez por 2 a 0, em casa. Com o resultado, o time do técnico Pep Guardiola disputará pela primeira vez na história a final do torneio continental. A partida começou com o gramado do Etihad Stadium repleto de gelo. Isso porque, horas antes do embate, caiu uma forte tempestade de granizo na cidade de Manchester. Apesar das adversidades climáticas, o confronto foi bem movimentado. Os tentos decisivos saíram dos pés de Mahrez, um aos nove da etapa inicial e o outro aos 17 do segundo tempo. Na grande decisão, os ingleses encaram o vencedor de Real Madrid x Chelsea, que se enfrentam nesta quarta-feira, às 16 horas (de Brasília), em Londres. Na ida, houve um empate de 1 a 1, em Madri. A final está marcada para o dia 29 de maio, sábado, no estádio Olímpico Ataturk, em Istambul, na Turquia. 

O jogo
Os visitantes até começaram o primeiro tempo melhores, tentado apertar em busca do gol, mas quem acabou sendo mais eficiente foram os anfitriões. Com o relógio marcando dez minutos, Zinchenko recebeu lindo lançamento de Ederson e encontrou De Bruyne livre. O belga, então, finalizou, mas foi travado pela marcação. A bola, no entanto, sobrou limpa para Mahrez, que tocou por baixo de Navas para abrir o placar. A resposta do PSG saiu aos 16. Após cruzamento de Di María, Marquinhos subiu mais que a defesa e testou no travessão. Já aos 46, quase saiu mais um do City. Mahrez fez bela jogada individual e obrigou Navas a fazer boa defesa. No rebote, Bernardo Silva bateu com desvio e tirou tinta da trave. Na volta do intervalo, já com o gramado limpo, o Paris seguiu tentado apertar, mas o time encontrou muitas dificuldades para furar a marcação adversária. Do outro lado, os Citizens apostavam nos contra-ataques, e a estratégia deu resultado. Com 17 minutos, Foden tabelou com De Bruyne e cruzou rasteiro para Mahrez, que só teve o trabalho de estufar as redes e sair para o abraço. Cinco minutos depois, a vida dos visitantes ficou ainda mais difícil. Isso porque Di María foi expulso após dar um pisão sem bola em Fernandinho. Com um homem a mais, os ingleses sobraram em campo. Aos 31, Foden finalizou cruzado e carimbou a trave. A partir de então, os comandados de Guardiola apenas administraram o placar até o apito final do árbitro. 

Fonte: Gazeta Esportiva

Professora descreve terror ao socorrer crianças em ataque a creche em Santa Catarina

 04 de maio de 2021

A agente educativa Aline Biazebetti, de 27 anos, foi uma das pessoas que ajudou a socorrer as vítimas do atentado na creche Pró-Infância Aquarela, na manhã desta terça-feira (4), em Saudades, no Oeste catarinense. “Consegui pegar uma criança no colo e levei de carro até o hospital. A princípio, pelo que informaram, sobreviveu. O menino tinha um corte na boca, perto do nariz e um no pescoço. Estava consciente e me olhava, mas estava pálido, por isso resolvi levar logo ao hospital”, contou. A professora trabalha na creche no período vespertino e perdeu uma colega que trabalha na sala atrás da sua. Ela mora na frente da escola e relatou que ouviu gritos vindos da creche. “Foi um susto. Nunca pensamos que isso poderia acontecer aqui. Perdi colegas de profissão, é muito triste. São crianças pequenas, acho que ele tentou acertar o que via pela frente”, comentou. 

Luto de três dias
O prefeito de Saudades, Maciel Schneider, decretou luto oficial de 3 dias no município. “É uma notícia muito difícil e inesperada para qualquer gestor público, principalmente em início de mandato. O sentimento é de revolta e, ao mesmo tempo, de muita tristeza. Uma coisa que nenhum pai merece passar. É desesperador, a ficha ainda não caiu”, desabafou o prefeito. 

Suspeito está em estado grave 
O suspeito dos assassinatos é um jovem de 18 anos, que entrou na creche com um facão e desferiu golpes contra as vítimas. Ele ficou gravemente ferido e foi conduzido ao município de Pinhalzinho, distante 11 km de Saudades. 
Foto: Willian Ricardo/ND

Fonte: R7 Notícias

terça-feira, 27 de abril de 2021

Covid: Saúde inclui gestantes como grupo prioritário para vacinação

 27 de abril de 2021 

A coordenadora ainda destacou que as vacinas disponíveis no Brasil não contêm os agentes vivos que podem se replicar no organismo. “A do Butantan [CoronaVac] já existem evidências de não ter risco para gestantes e as outras não tem agentes vivos que se replicam no organismo”, disse. O Ministério da Saúde passou a incluir gestantes como grupo prioritário para receber a vacina contra a covid-19 no Brasil. O anúncio foi feito nesta terça-feira (27) durante audiência pública da Comissão de Enfrentamento à Covid-19, na Câmara dos Deputados. Segundo Franciele Francinato, coordenadora do PNI (Programa Nacional de Imunização), a decisão foi tomada de acordo com as recomendações da OMS (Organização Mundial de Saúde) e após uma reunião com a Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia, realizada na última sexta-feira (23). “Novas evidências mostram um risco maior de hospitalização das gestantes e puérperas, optamos por incluir os grupos como grupo prioritário. Vamos fazer a vacinação em duas fases, primeiro as gestantes que apresentam comorbidades e depois independente de terem alguma condição pré-existente ou não”, afirmou Franciele. A coordenadora ainda destacou que as vacinas disponíveis no Brasil não contêm os agentes vivos que podem se replicar no organismo. “A do Butantan [CoronaVac] já existem evidências de não ter risco para gestantes e as outras não tem agentes vivos que se replicam no organismo”, disse. 

Fonte: R7 Notícias

domingo, 25 de abril de 2021

Policiais Militares do 5ºBPM conduziram indivíduo por tráfico de entorpecentes no Bairro São Gonçalo

 25 de abril de 2021

Nessa sexta-feira (23), por volta das 23h30, as GEs GATI 5.250 e 5.251 do 5° BPM, durante rondas com abordagens no Bairro São Gonçalo, em Petrolina, receberam informações acerca de um indivíduo que estaria conduzindo um veículo Toyota Etios, de cor branca, traficando drogas no citado bairro a alguns dias. Ao identificar e abordar o mesmo no referido bairro, foi encontrado 28 porções de Cocaína e 09 porções de Maconha no interior do veículo, além de 03 aparelhos celulares. O imputado, juntamente com o material apreendido, foi conduzido e apresentado à Delegacia de Polícia Civil para adoção das providências legais cabíveis. 
Ascom 5° BPM/PMPE 

Fonte: Blog Diniz K-9

Profissionais da educação de Petrolina pedem para serem incluídos no Plano de Vacinação

 25 de abril de 2021

O Presidente do Conselho do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (FUNDEB) em Petrolina (PE), e membro da Associação dos Profissionais da Educação do Município de Petrolina APEMP, Carlos Odair da Luz Sá, entregou no gabinete do Prefeito Miguel Coelho no início da semana, um ofício solicitando a vacinação contra a Covid-19 dos profissionais da educação. De acordo com o presidente do Conselho, a Rede Municipal de Ensino de Petrolina tem mais de cinco mil servidores, que atendem mais de cinquenta mil alunos. A Associação dos Profissionais da Educação do Município de Petrolina estima que com a vacinação dos servidores e servidoras da educação, pelo número de pessoas de convívio direto, mais de cem mil habitantes estarão diretamente se protegendo da possibilidade de contágio do coronavírus. “Espero que seja urgentemente priorizada a vacinação dos profissionais da educação municipal. Petrolina sairá na frente na recuperação do conhecimento dos seus alunos e permitirá que um segmento grande e importante possa avançar para uma situação de maior normalidade econômica e social,” destacou Carlos Odair. Por meio de nota enviada ao Blog, a Secretaria Municipal de Saúde informou que a vacinação contra a COVID-19 segue a programação do Plano Municipal de Saúde, que acompanha o que está previsto nos planos Estadual e Federal. O município segue as fases de vacinação estabelecidas pelo Ministério da Saúde, e, dessa forma, os trabalhadores da educação estão incluídos e serão contemplados na fase 4 da vacinação. A Secretaria de Saúde destacou ainda que, Petrolina é a cidade que mais tem avançado na vacinação dos grupos prioritários. Atualmente, estão sendo imunizados os idosos a partir de 60 anos e trabalhadores de saúde. A Prefeitura reforçou que continuará avançando na imunização das outras faixas etárias mediante o recebimento das novas doses no município.

Fonte: Blog do Carlos Britto

Ceará e Bahia estão na final da Copa do Nordeste

 25 de abril de 2021

O palco das duas semifinais da Copa do Nordeste foi a Arena Castelão, em Fortaleza (CE), neste sábado (24). Na primeira partida, o Ceará ganhou do Vitória-BA por 2 a 0. O resultado carimba o passaporte do Vozão para a final da competição, que já foi ganha pelos alvinegros em 2015 e em 2020. O outro finalista é o Bahia, que superou o Fortaleza nas penalidades máximas por 4 a 2. O Tricolor Baiano vai à caça da quarta taça da região, após as conquistas de 2001, 2002 e 2017. As finais serão em dois duelos, marcados pela CBF para para 1º e 8 de maio. Na primeira semifinal, o Vozão começou acuado pelo Rubro-Negro baiano. Mas quem marcou por duas vezes foram os donos da casa. Aos 19, Vina cabeceou para abrir o marcador. O lance deixava certa dúvida quanto à posição do jogador, mas o Árbitro de Vídeo (VAR) checou e confirmou a legalidade do gol. O Ceará ampliou aos 40. Em jogada ensaiada, Messias, também de cabeça, marcou o primeiro gol dele com a camisa alvinegra. Na etapa final, o Vitória voltou pressionando, mas encontrou o bem colocado goleiro Richard e uma defesa bem fechada para garantir o resultado. O lance mais movimentado foi aos 48 com a expulsão de Gabriel Dias. Chamado pelo VAR, o juiz aplicou o cartão vermelho, revoltando o lateral direito e os companheiros de time. Mesmo com um a menos, a equipe do técnico Guto Ferreira segurou a classificação para a decisão até o fim dos acréscimos, com a partida acabando aos 54. À noite, no segundo jogo, o gol não saiu no tempo normal. A disputa da vaga foi decidida nos pênaltis e o Bahia foi mais competente, graças ao goleiro Matheus Teixeira que defendeu duas penalidades. m 2020, Bahia e Ceará decidiram a Copa do Nordeste com o Vozão conquistando seu segundo título após vencer as partidas de ida (3 a 1) e volta (1 a 0).

Fonte: Agência Brasil

Submarino desaparecido é encontrado com tripulantes mortos

 25 de abril de 2021

A Marinha da Indonésia anunciou, neste domingo (25), que encontrou o submarino desaparecido que naufragou quatro dias antes na costa de Bali, e confirmou a morte dos 53 membros de sua tripulação, após uma busca intensa e desesperada. O submarino, que havia desaparecido na última quarta-feira, foi encontrado seccionado em três partes no fundo do mar na costa de Bali, segundo o chefe do Estado-Maior da Marinha, Yudo Margono. Por sua vez, o comandante das Forças Armadas da Indonésia, Hadi Tjahjanto, confirmou aos jornalistas que "todos os 53 tripulantes morreram". As autoridades disseram que receberam sinais do local a mais de 800 metros de profundidade na madrugada deste domingo. E acrescentou que usaram um veículo de resgate subaquático fornecido por Singapura para obter confirmação visual. Tjahjanto disse que mais partes da embarcação foram descobertas neste domingo, incluindo uma âncora e roupas de segurança usadas pelos membros da tripulação. Aviões, barcos e centenas de soldados foram mobilizados para localizar o "KRI Nanggala 402", um submersível de cerca de quarenta anos de construção alemã, desaparecido durante exercícios militares. As esperanças de sobrevivência da tripulação já eram consideradas mínimas, pois as reservas de oxigênio do submarino estariam esgotadas. No sábado, após encontrar destroços e objetos de dentro do submersível, a Marinha admitiu que ele sofreu danos irreparáveis ao naufragar. Entre os objetos encontrados, foram recuperados parte de um sistema de torpedo e um frasco de graxa para lubrificar periscópios. Também foi encontrado um tapete para orações, comum na Indonésia, país que abriga o maior número de muçulmanos do mundo. 

Os "melhores patriotas" 
O presidente Joko Widodo descreveu os marinheiros desaparecidos como os "melhores patriotas". "Todos os indonésios expressam sua profunda tristeza por este acidente, especialmente aos parentes da tripulação do submarino", acrescentou o presidente. As autoridades ainda não deram uma explicação oficial para o acidente, mas afirmam que o submarino pode ter sofrido uma grande avaria elétrica que impediu a tripulação de retornar à superfície. Yudo Margono, chefe da Marinha da Indonésia, havia descartado, no entanto, uma possível explosão, estimando mais provável que o submarino se partiu devido à pressão da água em profundidades superiores a 800 metros, acima do seu limite de resistência. "Os cascos dos submarinos estão pressurizados (...) mas quando se rompem, a água invade o interior", explicou Wisnu Wardhana, especialista marítimo do Instituto de Tecnologia Sepuluh Nopember da Indonésia. O vice-almirante francês aposentado Jean-Louis Vichot disse à AFP que o casco de aço do submarino poderia ter quebrado "como um acordeão" ao atingir profundidades acima de seu limite. O submarino, um dos cinco pertencentes às Forças Armadas indonésias, submergiu na manhã de quarta-feira durante exercícios militares planejados no norte da ilha de Bali. O contato foi perdido pouco depois. Segundo a Marinha, o submarino, entregue à Indonésia em 1981, estava em boas condições de serviço. Mas esse tipo de submarino foi projetado para suportar uma pressão de apenas 300 ou 400 metros de profundidade. A Indonésia não registrou incidentes graves relacionados com seus submersíveis, mas outros países sofreram acidentes deste tipo. Uma das tragédias mais conhecidas ocorreu em 2000, quando o submarino nuclear russo "Kursk" afundou enquanto fazia manobras no Mar de Barents com 118 tripulantes a bordo. Um dos torpedos explodiu, destruindo todo o depósito de munição. 23 marinheiros sobreviveram à explosão, mas morreram porque não foram resgatados a tempo. Em 2017, o submarino da frota argentina "San Juan", com 44 tripulantes, desapareceu a cerca de 400 km da costa argentina. Uma explosão subaquática foi registrada perto de sua última posição. Em 2019, os restos do submarino Minerva, que naufragou em 1968 com 52 homens a bordo, foram encontrados no Mediterrâneo. O submersível da Marinha francesa, que realizava manobras a trinta quilômetros da costa de Toulon (sudeste da França), afundou em quatro minutos e se rompeu no fundo do mar por motivos até agora desconhecidos.

Fonte: R7 Notícias

Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em setembro

 25 de abril de 2021

Os trabalhadores informais nascidos em setembro começam a receber hoje (25) a nova rodada do auxílio emergencial. O benefício terá parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família. O pagamento também será feito a inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos no mesmo mês. O dinheiro será depositado nas contas poupança digitais e poderá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem. Somente de duas a quatro semanas após o depósito, o dinheiro poderá ser sacado em espécie ou transferido para uma conta-corrente. O saque da primeira parcela foi antecipado em 15 dias. O calendário de retiradas, que iria de 4 de maio a 4 de junho, passou para 30 de abril a 17 de maio. Ao todo 45,6 milhões de brasileiros serão beneficiados pela nova rodada do auxílio emergencial. O calendário de pagamentos foi divulgado pelo governo no fim de março e atualizado na semana passada. O auxílio será pago apenas a quem recebia o benefício em dezembro de 2020. Também é necessário cumprir outros requisitos para ter direito à nova rodada. 
Calendário de pagamento das parcelas do auxílio emergencial. - Arte/Agência Brasil
Bolsa Família 
Para os beneficiários do Bolsa Família, o pagamento ocorre de forma distinta. Os inscritos podem sacar diretamente o dinheiro nos dez últimos dias úteis de cada mês, com base no dígito final do NIS. O pagamento da primeira parcela aos inscritos no Bolsa Família começou no último dia 16 e segue até o dia 30. Amanhã (26), recebem os beneficiários com NIS de final 6. O auxílio emergencial somente será pago quando o valor for superior ao benefício do programa social.
Calendário de pagamento das parcelas do auxílio emergencial. - Arte/Agência Brasil

Fonte: Agência Brasil

Trabalhador com síndrome de burnout tem direito a licença médica; entenda os direitos e conheça a doença

 25 de abril de 2021

Profissionais que têm de lidar com a maior demanda de trabalho em meio ao desafio da pandemia que já dura mais de um ano no país podem desenvolver a síndrome de burnout, também conhecida como síndrome do esgotamento profissional. Segundo advogados, os trabalhadores têm direito ao afastamento por licença médica, estabilidade e, em casos mais graves, à aposentadoria por invalidez. A síndrome desencadeada pelo estresse crônico no trabalho se caracteriza pela tensão resultante do excesso de atividade profissional e tem o esgotamento físico e mental, a perda de interesse no trabalho e a ansiedade e a depressão entre os sintomas. Os especialistas orientam os trabalhadores a procurarem por atendimento médico. Após identificada a síndrome, a apresentação de atestado ao empregador dá direito a uma licença médica por um período mínimo de 15 dias, tempo no qual a remuneração é mantida pela empresa. Caso a licença se estenda por tempo maior, o trabalhador passa a contar com o benefício de auxílio-doença do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). “Uma vez comprovada a doença ocupacional, o trabalhador afastado pelo INSS tem direito à estabilidade por um período de 12 meses no emprego”, afirma Cíntia Fernandes, advogada especialista em Direito do Trabalho e sócia do escritório Mauro Menezes & Advogados. É necessário que o trabalhador passe pela perícia médica para garantir o recebimento do auxílio por incapacidade temporária. No caso de não recuperar a capacidade de trabalho, será concedido o direito à aposentadoria por invalidez. Atualmente, a síndrome está classificada na 10ª Classificação Internacional de Doenças (CID-10) como Z73, mas para a 11ª CID terá o código QD85, que entrará em vigor em 2022. Apesar de vir crescendo ano a ano o número de concessões de auxílio-doença relacionados à síndrome – entre 2017 e 2018, o crescimento foi de 115%, passando de 196 para 421 –, o burnout ocupa a 436ª posição entre as doenças com pagamentos de auxílio-doença nos três primeiros meses de 2021, com 148 concessões, de um total de 486.219. Já em 2020, foram 610 concessões de um total de 2.341.029, e o burnout ficou na 508ª posição entre as doenças com pedidos de auxílio por incapacidade temporária. A síndrome tem acometido principalmente os profissionais da área de saúde que atendem na linha de frente do tratamento da Covid-19. Estudo recente realizado por pesquisadores do Instituto D´Or de Pesquisa e Ensino mostra que ao menos um em cada seis profissionais da área apresenta sinais de burnout. A pesquisa foi feita com 715 profissionais de saúde, entre médicos, enfermeiras, técnicos de enfermagem e fisioterapeutas que trabalha em UTIs de 36 hospitais públicos e privados. 

Home office pode contribuir com esgotamento
É responsabilidade do empregador evitar o adoecimento de seus funcionários, assim como zelar por um ambiente de trabalho saudável, seja presencial ou remoto, apontam os especialistas. “O empregador precisa fiscalizar se o empregado tem usufruído dos intervalos de jornada necessários. A depender das provas que o trabalhador tem do contexto em que foi inserido e que resultou nessa síndrome, ele tem o direito de buscar judicialmente a indenização pelos danos morais e materiais decorrente desse quadro de esgotamento”, alerta Cíntia Fernandes. Para o advogado trabalhista Ruslan Stuchi, sócio do escritório Stuchi Advogados, as empresas devem dar uma atenção individualizada ao funcionário. “Cabe ao gestor de recursos humanos conscientizar os líderes de como administrar o trabalho sem agredir o bem-estar do funcionário e a enxergar que o profissional é mais do que uma matrícula e um número em uma planilha. Muitos gestores nem conhecem os seus funcionários”, afirma. Com o avanço da pandemia, muitos trabalhadores que migraram para o home office tiveram a carga de trabalho elevada. Stuchi defende que, enquanto o trabalho remoto apresenta vantagens, como evitar o deslocamento do funcionário até o local da empresa, também há pontos negativos em migrar para a modalidade. Na opinião de Cíntia, o trabalho remoto tem como característica o desafio de conservar um ambiente de trabalho saudável. “Quando falamos de home office, vem à mente aquela estrutura de escritório em casa com um cômodo reservado para o trabalho. Essa não é a realidade da maioria dos trabalhadores. O trabalho é realizado no mesmo cômodo onde estão os demais membros da família e se insere no contexto doméstico”, ressalta. 

Entenda a doença
A síndrome do esgotamento profissional é resultante do estresse crônico no local de trabalho que não foi gerenciado com sucesso e tem as seguintes características: 

*Sentimentos de exaustão ou esgotamento de energia; 
*Aumento do distanciamento mental do próprio trabalho, ou sentimentos de negativismo ou cinismo relacionados ao próprio trabalho; 
*Redução da eficácia profissional. 

De acordo com a neurocientista Ana Carolina Souza, a síndrome de burnout é um quadro psicológico associado a uma percepção de exaustão que ocorre de forma prolongada, ou seja, não é uma fadiga pontual. “Esse cansaço excessivo é associado a uma forte perda de interesse e engajamento nas atividades de trabalho. Além disso, a percepção grande de esforço é somada a sentimentos negativos, como frustração, depressão ou a ausência de significado associado ao trabalho. Ou seja, a pessoa entende que se esforça ao máximo, mas não consegue ver nenhum fruto associado ao seu trabalho, não vê para onde vai toda essa dedicação. Muitas vezes a percepção é que se alcançou muito pouco ou que o que foi conquistado não tem valor”, diz. 

Sintomas
Os sintomas mais comuns são sensação de esgotamento físico e mental, perda de interesse nas atividades de trabalho, sentimentos negativos associados ao ambiente de trabalho, falta de motivação para trabalhar, irritabilidade, depressão, ansiedade, baixa autoestima, dificuldade de concentração e pessimismo. Alguns sintomas também podem ser físicos, como dores de cabeça constantes, enxaqueca, fadiga, palpitação, pressão alta, tensão muscular, insônia, problemas gastrintestinais, gripes e resfriados recorrentes. 

Condições que favorecem a síndrome
O início dos sintomas pode se dar por um acúmulo de tarefas, um excesso de responsabilidades e um nível de exigência e pressão exagerados associados a uma alta demanda de trabalho. Esse cenário tende a favorecer a sensação de impotência e a falta de perspectiva, que junto com a sobrecarga de trabalho permitem o quadro. “A síndrome de burnout está associada a uma desconexão entre aspectos importantes como o volume de trabalho, a percepção de controle do indivíduo sobre a situação, seu reconhecimento e as relações com as pessoas, inclusive os gestores”, afirma Ana Carolina. Além disso, a diversidade de canais de comunicação disponíveis pode levar a uma sensação de sobrecarga. Isso pode gerar dificuldade de alinhamento de prioridades, excesso de cobrança, erros de comunicação, sentimentos negativos e percepção de maior distanciamento e frieza por parte dos gestores ou da empresa, salienta a neurocientista. “Ao mesmo tempo que a tecnologia permite mais autonomia pode gerar a sensação de que as pessoas devem estar disponíveis para o trabalho constantemente, uma vez que podem responder e-mails e mensagens facilmente do seu celular. Isso traz um excesso de carga horária, mesmo quando a pessoa está fora do escritório o que, associado às cobranças e pressão, pode piorar ou favorecer um quadro de burnout”, afirma. 

Como prevenir

Veja as dicas da neurocientista: 

*O controle do estresse e o exercício saudável da liderança são fundamentais para a prevenção. É importante que os gestores estejam atentos aos seus colaboradores. Ao perceber que algum funcionário possa estar sob grande pressão, sobrecarregado ou desenvolvendo uma possível frustração associada ao trabalho, ele deve buscar formas de reverter o cenário e evitar um desgaste maior. 
*Nesse contexto, o exercício da empatia pode ser uma forma muito eficiente de leitura dos colaboradores, permitindo uma maior sensibilidade na hora de direcionar suas atividades e dar retorno sobre seu desempenho. 
*Para os líderes, uma dica é sempre se lembrar qual é a importância daquela pessoa para a sua equipe, valorizando o que as pessoas têm em comum. 
*Existem diferentes formas de exercitar a empatia; uma delas é dar atenção às pessoas. Quando conversar com elas, fazer contato visual e ouvir atentamente ao que dizem. Exercitar o que chamamos de “escuta ativa”, quando ouvimos o que o outro está dizendo, inibindo julgamentos e pensamentos para que de fato seja possível compreender a perspectiva e os sentimentos da pessoa que fala.

Fonte: G1

Flamengo conquista a Taça Guanabara 2021 ao vencer o Volta Redonda

 24 de abril de 2021

O sábado (24) à noite no Maracanã terminou com mais um título para o Flamengo, a 23ª Taça Guanabara da história do clube. Os Rubro-Negros ganharam do Volta Redonda por 2 a 1 e chegaram a 23 pontos. O Tricolor da Cidade do Aço, que até então liderava o campeonato com 21, também foi ultrapassado pela Portuguesa (22), que derrotou por 4 a 2 o Boavista. Caso o Fluminense vença o Madureira neste domingo (25), o Voltaço pode voltar a enfrentar o Fla nas semifinais da competição. Pensando na partida da próxima terça-feira (27) pela Libertadores da América, o técnico Rogério Ceni escalou um time misto de reservas e titulares. Mesmo assim, a equipe veio ofensiva com Pedro e Gabriel juntos no ataque, mas quem marcou foi Michael. Aos 45, o atacante recebeu passe do zagueiro Gustavo Henrique e assinalou o primeiro gol dele na temporada. A reação veio imediata ainda nos acréscimos do primeiro tempo, aos 49, com Bruno Barra. O volante aproveitou a sobra após cobrança de escanteio e deixou tudo igual no placar. Na etapa final, coube a Vitinho colocar o Rubro-Negro novamente na frente. Aos 17, o meia recebeu a bola da entrada área e com um bonito chute venceu o goleiro Andrey. Até então mais fechado, o time do treinador Neto Colluci lançou-se ao ataque no final, porém, não conseguiu mudar o rumo da Taça Guanabara que segue para a Gávea. O título também garante a vantagem do empate e do mando de campo nas semifinais do Estadual do Rio. Enquanto aguarda definição do adversário da semifinal do Campeonato Carioca, que vai depender do resultado entre Fluminense e Madureira, o Flamengo recebe o chileno Unión La Calera pela segunda rodada da Libertadores, às 19h15.

Fonte: Agência Brasil

Mega-Sena, concurso 2.365: ninguém acerta as seis dezenas, e prêmio vai a R$ 28 milhões

 24 de abril de 2021

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.365 da Mega-Sena, realizado neste sábado (24 ) no Espaço Loterias Caixa, no terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo. A aposta mínima custa R$ 4,50 e pode ser realizada pela internet - saiba como fazer. O prêmio acumulou. Veja as seis dezenas sorteadas: 01 - 17 - 28 - 37 - 44 - 50. A quina teve 40 ganhadores; cada um receberá R$ 60.015,09. A quadra teve 2.940 vencedores; cada um levará R$ 1.166,47. O prêmio para o próximo concurso, previsto para quarta-feria (28), é estimado em R$ 28 milhões. 

Para apostar na Mega-Sena 
As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), em qualquer lotérica do país ou pela internet, no site da Caixa Econômica Federal – acessível por celular, computador ou outros dispositivos. É necessário fazer um cadastro, ser maior de idade (18 anos ou mais) e preencher o número do cartão de crédito. 

Probabilidades 
A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 4,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa. Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 22.522,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa. 
Foto: Marcelo Brandt/G1 

Fonte: G1

segunda-feira, 15 de março de 2021

Guarda Civil Municipal de Juazeiro-BA intensifica fiscalização nos dias de lockdown

 15 de março de 2021



A Guarda Civil Municipal de Juazeiro continua realizando um trabalho de fiscalização de estabelecimentos e aglomerações, para garantir o distanciamento social necessário durante a pandemia do coronavírus. 

Durante esses dias, o funcionamento dos serviços essenciais também passará por uma série de restrições. Além das rondas de fiscalização e o atendimento às denúncias, serão realizadas barreiras com atenção especial em toda área urbana e periférica da cidade.

As medidas mais rígidas adotadas durante os finais de semana estão sendo realizadas para o aumento dos índices de isolamento social. Porém, os percentuais mais positivos ainda estão inferiores aos 70% recomendados pela OMS (Organização Mundial da Saúde.)

A população pode contribuir ficando em casa e respeitando as recomendações sanitárias. Também podem colaborar e realizar denúncias através do 153 ou (74) 3611-9880.

As medidas de isolamento mais rigorosas em vigor, que foram adotadas pelo Governador Rui Costa (PT) e no município pela Prefeita Suzana Ramos (PSDB), cita o que pode funcionar de Segunda-feira a Sexta-feira até às 18h.


1-Mercados e Congêneres.


2-Panificadoras e Padarias.


3-Borracharias.


4-Serviços Bancários.


5-Casas Lotéricas.


6-Concessionárias de veículos, exclusivamente o setor de oficina.


7-Atividades de distribuição e comercialização de combustível.


8-Bares e Restaurantes.


Poderão funcionar todos os dias até às 00:00h


1-Farmácias e Drogarias.


2-Serviço de Saúde.


3-Serviços de Segurança e Vigilância.


4-Delivery exclusivamente para alimentação.


5-Órgãos e profissionais de comunicação.


6-Situações comprovadas de urgência e emergência.

Ascom GCM Juazeiro-BA 

Fonte: Blog Diniz K-9

sábado, 13 de março de 2021

Guarda Civil Municipal de Juazeiro-BA divulga contatos para denúncias relacionadas a aglomerações e perturbação do sossego

 12 de março de 2021

A segurança pública municipal de Juazeiro através da Guarda Civil Municipal está aprimorando um novo reforço no combate a eventos irregulares, poluição sonora e perturbação do sossego. Isso porque a Guarda está disponibilizando à população um canal de comunicação mais rápido e sem esperas, o Disque Denúncia 153, além do número (74) 3611-9880. O canal está disponível para denúncias de aglomerações e perturbação do sossego Público, além de outros tipos de denúncias, como violência contra a mulher, crianças, adolescentes e idosos. O objetivo é estimular o registro de ocorrências, além de promover um ambiente de confiança para que as vítimas se sintam à vontade para fazer as denúncias, sem medo de ser identificada, vindo a sofrer algum tipo de retaliação.

Ascom GCM Juazeiro-BA 

Fonte: Blog Diniz K-9

quarta-feira, 3 de março de 2021

Vereador Nalvinho revela preocupação com a situação da BA 210

 02 de março de 2021

O Vereador Nalvinho Leopoldo, (Patriota) fez forte pronunciamento em favor da BA 210, na Sessão desta terça-feira (02), na Câmara de Vereadores de Juazeiro-BA, onde relatou o acontecimento de vários acidentes, bem como a dificuldade do tráfego de pessoas e de veículos na região do Salitre e nas proximidades dos bairros Vila Tiradentes, Dom José Rodrigues e adjacências. O edil relatou ainda que, às margens da BA 210, circulam vários animais. Nalvinho Leopoldo cobrou ações de urgências junto ao Governo do Estado, como também, solicitou de todos os Vereadores presentes, que se junte a ele na luta dessa causa de melhorias para BA 210, que é muito importante para nossa população, para nossa Juazeiro e que liga à Cidade de Sobradinho que é terra da Barragem.

Ascom / Vereador Nalvinho Leopoldo

Fonte: Blog Diniz K-9

terça-feira, 2 de março de 2021

Declaração do Imposto de Renda e demais serviços contábeis é na Contabilidade do Vale

 02 de março de 2021







Foi divulgado na quarta feira (24/02), as regras para entrega da declaração de Imposto de Renda Pessoa Física 2021.
Dentre as novidades, a que mais chama atenção é quanto aos beneficiários do auxílio emergencial que tiverem obtido rendimentos tributáveis acima de R$ 22.847,76 ao longo de 2020 são obrigados a fazer a declaração. Além disso, os beneficiários do auxílio que se enquadrarem nessa situação deverão devolver os valores recebidos por eles e por seus dependentes.
Devem declarar o Imposto de Renda, em 2021:
quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2020. O valor é o mesmo da declaração do IR do ano passado.
- Contribuintes que receberam rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40 mil no ano passado;
- Quem obteve, em qualquer mês de 2020, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;
- Quem teve, em 2020, receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50 em atividade rural;
- Quem tinha, até 31 de dezembro de 2020, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil;
- Quem passou para a condição de residente no Brasil em qualquer mês e se encontrava nessa condição até 31 de dezembro de 2020;
- Quem optou pela isenção do imposto incidente em valor obtido na venda de imóveis residenciais cujo produto da venda seja aplicado na aquisição de imóveis residenciais localizados no país, no prazo de 180 dias, contado da celebração do contrato de venda.
Contatos: (87) 98836-6875/3862-7196

Fonte: Blog Diniz K-9