terça-feira, 19 de novembro de 2019

Presidente do TJ da Bahia e mais 5 magistrados são afastados por suspeita de venda de sentenças

19 de novembro de 2019
O presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), Gesivaldo Britto, e outros cinco magistrados foram afastados do cargo por 90 dias na manhã desta terça-feira (19) em Salvador. A ação ocorreu durante uma operação da Polícia Federal para combater suposto esquema de venda de decisões judiciais, além de corrupção ativa e passiva, lavagem de ativos, evasão de divisas, organização criminosa e tráfico influência no estado. Durante a operação, quatro pessoas foram presas e 40 mandados de busca e apreensão foram realizados em quatro cidades baianas e em Brasília. Os mandados foram expedidos pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) e houve bloqueio de bens de alguns dos envolvidos em investigação sobre legalização de terras no oeste baiano, no total de R$ 581 milhões. 

Os magistrados afastados são:
*Gesivaldo Britto, desembargador e presidente do TJ-BA 
*José Olegário Monção, desembargador 
*Maria da Graça Osório, desembargadora 
*Maria do Socorro Barreto Santiago, que é desembargadora 
*Marivalda Moutinho, juíza 
*Sérgio Humberto Sampaio, juiz 

Em nota, o TJ-BA informou que foi surpreendido com a ação e que ainda não teve acesso ao conteúdo do processo. Segundo o comunicado, a investigação está em andamento, mas todas as informações dos integrantes do TJ-BA serão prestadas, posteriormente, com base nos Princípios Constitucionais. Ainda na nota, o órgão informou que o 1º vice-presidente, Desembargador Augusto de Lima Bispo, assumirá a presidência da Casa temporariamente, seguindo o regimento interno. [Confira nota na íntegra no final da reportagem] Além da suspensão, os seis magistrados estão proibidos de entrar no prédio do TJ-BA, se comunicar com funcionários e utilizar serviços do órgão. A assessoria informou ainda que, com relação à eleição da corte que estava marcada para quarta-feira (20), não há confirmação se ainda vai acontecer. 

Esquema 
Conforme o Ministério Público Federal (MPF), investigações apontam que, além dos desembargadores e juízes, integram a organização criminosa advogados e produtores rurais que, juntos, atuavam na venda de decisões para legitimar terras no oeste baiano. O esquema envolve ainda o uso de laranjas e empresas para dissimular os benefícios obtidos ilicitamente. A suspeita é de que a área objeto de grilagem supere 360 mil hectares e que o grupo envolvido na dinâmica ilícita movimentou quantias bilionárias. 

Nota do TJ-BA na íntegra
O TJBA foi surpreendido com esta ação da Polícia Federal desencadeada na manhã desta terça-feira (19/11/19). Ainda não tivemos acesso ao conteúdo do processo. O Superior Tribunal de Justiça é o mais recomendável neste atual momento para prestar os devidos esclarecimentos. A investigação está em andamento, mas todas as informações dos integrantes do TJBA serão prestadas, posteriormente, com base nos Princípios Constitucionais. Pelo princípio do contraditório tem-se a proteção ao direito de defesa, de natureza constitucional, conforme consagrado no artigo 5º, inciso LV: “aos litigantes, em processo judicial ou administrativo, e aos acusados em geral são assegurados o contraditório e ampla defesa, com os meios e recursos a ele inerentes." Ambos são Princípios Constitucionais e, também, podem ser encontrados sob a ótica dos direitos humanos e fundamentais. Logo, devem sempre ser observados onde devam ser exercidos e, de forma plena, evitando prejuízos a quem, efetivamente, precisa defender-se. Quanto à vacância temporária do cargo de presidente, o Regimento Interno deste Tribunal traz a solução aplicada ao caso concreto. O 1º Vice Presidente, Desembargador Augusto de Lima Bispo, é o substituto natural.

Fonte: G1 BA

Número de universidades portuguesas que aceitam Enem para selecionar estudantes brasileiros sobe para 47

19 de novembro de 2019
O número de universidades portuguesas que aceitam a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) chegou a 47. Segundo anunciou o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) nesta terça-feira (19), cinco novas instituições de ensino superior de Portugal aderiram ao convênio com o governo federal para que estudantes brasileiros possam ser selecionados para cursos de graduação por meio do exame. Assim, o número chegou a 47. Os acordos foram assinados pelo presidente do Inep, Alexandre Lopes, e representantes das cinco novas instituições na sede da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias em Lisboa, Portugal. 

As novas instituições conveniadas são:
*Instituto Superior Manuel Teixeira Gomes (Ismat) 
*Instituto Superior Dom Dinis (Isdom) 
*Instituto Superior de Gestão (ISG) 
*Instituto Superior de Gestão e Administração de Santarém (Isla Santarém) 
*Instituto Superior de Gestão e Administração de Gaia (Isla Gaia) 
Universidades de Portugal começaram a aceitar a nota do Enem em 2014 – a primeira instituição a aderir foi a Universidade de Coimbra, em maio daquele ano; em setembro, a Universidade de Algarve também entrou no convênio (veja abaixo a evolução das universidades portuguesas que aceitam o Enem). 

Enem em Portugal
O programa do Inep de convênio com faculdades portuguesas, que completou cinco anos em maio, tornou-se possível com uma mudança na legislação local. Um decreto de 2015 regulamentou o estatuto do estudante internacional em Portugal. Em março do mesmo ano, o Ministério da Educação de Portugal permitiu às suas instituições definirem a forma de ingresso de estudantes internacionais. Pelo convênio, cada universidade parceira define qual será a nota de corte do Enem para cada um de seus cursos. Cabe ao Inep conferir os resultados dos brasileiros que pleiteiam uma vaga no exterior. Até 2018, o Inep estima que pelo menos 1.200 brasileiros já ingressaram no ensino superior em Portugal por meio do programa.
Imagem: Google

Fonte: G1

WhatsApp corrige falha que podia atacar celular com arquivos de vídeo

19 de novembro de 2019
O Facebook publicou um alerta informando que corrigiu uma brecha no WhatsApp que poderia ser usada para atacar usuários por meio de um arquivo de vídeo (MP4). Segundo a empresa, uma das possíveis consequências do ataque seria a execução de código, o que poderia permitir o roubo de mensagens e fotos do aparelho ou, em casos mais graves, até a instalação de outros aplicativos. De acordo com o alerta, estas são as versões mínimas do WhatsApp que incluem a correção para a falha: 

*WhatsApp para Android, versão 2.19.274; 
*WhatsApp Business para Android, versão 2.19.104 
*WhatsApp para iOS e WhatsApp Business para iOS, versão 2.19.100; 
*WhatsApp Enterprise Client, versão 2.25.3 

O problema também está presente no WhatsApp para Windows Phone, mas esta versão aparentemente não receberá mais atualizações — a versão 2.18.368 é vulnerável. O aplicativo para o sistema de celulares da Microsoft já é considerado descontinuado e deixará de funcionar em 31 de dezembro de 2019. Para explorar a brecha, um invasor precisaria criar um arquivo MP4 especial e manipular os metadados dos fluxos. "Fluxos" são os elementos que compõem um arquivo de vídeo, como as imagens, as faixas de áudio e a legenda. Os metadados explicitam as características desses fluxos para ajustar a reprodução do vídeo, além de informar o idioma das legendas e da faixa de áudio, por exemplo. Como o processamento ocorre de maneira incorreta, o WhatsApp pode congelar ou permitir que o hacker assuma o controle do aplicativo. 

Outras falhas no WhatsApp
Em outra atualização recente, o WhatsApp corrigiu uma falha na leitura de imagens em formato GIF. Diferente deste problema com MP4, no entanto, apenas a versão para Android era vulnerável. Em maio, o WhatsApp foi atualizado para eliminar uma falha no recurso de chamadas do aplicativo depois que o problema foi explorado para instalar um software de espionagem nos celulares de algumas poucas pessoas. Essas invasões, que teriam contado com o envolvimento da NSO Group, de Israel, estão em debate em uma ação judicial movida pelo WhatsApp.
Por Altieres Rohr

Fonte: G1

Sem impostos, 16 postos vão vender gasolina em Petrolina, em média, por R$2,70 por litro nesta quarta (20)

19 de novembro de 2019
Uma ação do Prodecon deve movimentar os postos de combustíveis de Petrolina nesta quarta-feira (20). Para chamar a atenção para a alta tributação do combustível, que sempre pesa no bolso do consumidor, 16 estabelecimentos vão vender, a partir das 7h, gasolina sem impostos. O litro da gasolina, que hoje é vendido, em média, a R$4,89, deve ser repassado ao consumidor de Petrolina, em média, por R$ 2,67 (valor variável) em 16 postos de Petrolina. A ação foi anunciada pelo diretor do Prodecon, Dhiego Serra, no Nossa Voz que explicou que serão 10 litros por abastecimento para carros e 5 litros para motos. Lembrando que o pagamento tem que ser à vista (em dinheiro). Segundo informações do Sindicombustíveis, o valor médio do litro de gasolina em Petrolina é de R$ 4,899 dos quais R$ 2,2332, ou seja, quase metade do valor, refere-se a impostos como ICMS; PIS; COFINS e CIDE. 

Confira a lista dos postos que participam da ação: 

Gasolina V-Power 
1-Areia Branca 
2-Distrito 
3-Delta 
4-Posto Orla 
5-Posto Quati 

Gasolina comum: 
6-Paizão 
7-Projeto Maria Tereza Km 25 
8-Gené 1 
9-Gené 3 
10-Joalina 
11-Novo Horizonte 
12-São Francisco 
13-Posto River Shopping 
14-Raul Lins Centro 
15-Posto Petrolina 
16-Posto Ipê Centro
Imagem: Google

Fonte: Blog Nossa Voz

sexta-feira, 15 de novembro de 2019

Criança pede comida em carta para o Papai Noel e comove PMs em SP

15 de novembro de 2019
"Papai Noel, mande aqui para a minha casa uma cesta de alimentos", pediu Gabriel, de 10 anos, em uma cartinha de pedidos de presentes de Natal em Peruíbe, no litoral de São Paulo. A cartinha foi entregue a policiais militares em patrulhamento nesta quinta-feira (14) para que chegasse até os Correios mas, em vez de levarem até a agência, os policiais decidiram realizar os desejos da criança. "A mãe do menino viu a viatura em patrulhamento e pediu ajuda", conta um dos policiais envolvido no caso, o soldado Fabiano Santil. "Pensamos até que era alguma ocorrência, mas ela pediu que a gente levasse uma carta a uma agência dos Correios na cidade". O policial concordou em levar a carta, mas ainda não sabia a quem ela estava endereçada. "Ela não explicou muito, só pediu para levar. Quando olhei atrás, o remetente era o Papai Noel. Imediatamente, sabíamos que a carta iria para a campanha de Natal dos Correios." O agente se refere à campanha 'Papai Noel dos Correios', que recebe cartinhas de crianças com pedidos de presentes de Natal para que sejam 'adotadas' por voluntários que compram os presentes pedidos e realizam os desejos. Os policiais concordaram em presentear o menino que escreveu a carta, mas o que os agentes não esperavam era os 'presentes' que a criança estava pedindo. "Nós esperávamos ler a carta com um pedido de brinquedo, algum jogo e, quando abrimos, ele pedia comida para a família passar o Natal e dois pares de chinelo, um para ele e outro para o irmão, que tem autismo", conta. "Me deu um nó na garganta. Nós temos filhos,e é muito triste ver uma criança pedindo comida para a família", se emociona o policial. Eles compraram uma cesta básica e os calçados pedidos, além de doces para as crianças. Na entrega, que aconteceu no mesmo dia, as crianças ficaram muito felizes, de acordo com Fabiano. "Dissemos aos meninos que o Papai Noel estava pelo Centro da cidade e que já tinha adiantado os presentes", relata. "O Gabriel não esperava. Ficou muito feliz", finaliza.
Fonte: G1

Administradora recomenda que Justiça decrete falência da Avianca Brasil

15 de novembro de 2019
A administradora judicial Alvarez & Masal recomendou à Justiça a decretação da falência a Avianca Brasil (Oceanair Linhas Aéreas). Responsável pelo acompanhamento da recuperação judicial da empresa, a administradora afirmou que a Avianca Brasil não é viável e que não vislumbra condições para o cumprimento do plano de pagamento de suas dívidas. "Os rumos tomados pela empresa parecem tornar inviável a manutenção da recuperação judicial em face do completo esvaziamento da atividade empresarial", diz. Em petição apresentada à 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais, cita que a empresa não detém mais a posse de nenhuma aeronave, assim como diz ter verificado a inexistência de funcionários nas suas dependências. A administradora afirma que o mecanismo da recuperação judicial serve para superação de uma situação de crise econômica temporária de um devedor, tendo como pilares a manutenção da fonte produtora, do emprego dos trabalhadores e dos interesses dos credores. "Se a empresa não é viável, o remédio previsto para tal situação é a falência", diz. 

Dívidas de R$ 2,7 bilhões 
Em dezembro de 2018, sem condições de pagar dívidas estimadas à época em R$ 494 milhões, a Avianca Brasil entrou com pedido de recuperação. Posteriormente, o valor foi corrigido para cerca de R$ 2,7 bilhões. Recuperação judicial é uma medida prevista em lei pela qual uma empresa ganha um fôlego para tentar evitar a falência. Ações de execução são suspensas pela Justiça por 180 dias, prazo que a empresa tem para apresentar um plano de pagamento aos credores, que o precisam aprovar. Em maio, no entanto, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) suspendeu todos os voos da Avianca Brasil, alegando temer pela falta de capacidade da empresa para operar com segurança. Após a decisão da Anac, o desembargador Ricardo Negrão propôs a falência da Avianca por considerá-la economicamente inviável. "Inexiste atividade a ser preservada", afirmou em seu relatório. "É nítida a impossibilidade de soerguimento da empresa." A maioria dos desembargadores da 2ª Câmara de Direito Empresarial rejeitou a medida, mantendo o processo de recuperação judicial. Considerou que não poderia impedir a empresa de tentar cumprir os compromissos. Mas afirmou que, "se o plano de pagamentos aprovado não for cumprido, a convolação da recuperação em falência é a consequência lógica". Há dois meses, o Tribunal de Justiça de São Paulo rejeitou um pedido de falência da companhia após questionamento do plano de recuperação peça Petrobras e pela prestador de serviços aeroportuários Swissport. O novo pedido será analisado pela 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais após manifestação da própria empresa, dos seus credores e do Ministério Público. A administradora judicial solicitou ainda que seja determinado o imediato bloqueio de todo e qualquer ativo financeiro da empresa. A reportagem não conseguiu contato com os administradores da Avianca Brasil.
Por Valor Online

Fonte: G1

Messi marca, e Brasil perde para a Argentina, na pior sequência de resultados desde 2012

15 de novembro de 2019
A derrota para a Argentina iguala sequência de resultados do fim da passagem de Mano Menezes e início da volta de Felipão na Seleção. Na ocasião, o Brasil empatou com a Colômbia (1 x 1), perdeu para a Argentina (1 x 2), as duas partidas com Mano, perdeu para a Inglaterra (1 x 2), e empatou com Itália (2 x 2) e com a Rússia (1 a 1). Nesta sequência, o Brasil empatou com a Colômbia (2 a 2), perdeu para o Peru (0 a 1), empatou com Senegal e Nigéria, e agora perdeu para a Argentina. 

Poucas chances
Gabriel Jesus sofreu pênalti e perdeu mais um - foi o terceiro erro nos último quatro cobrados. Messi foi derrubado por Alex Sandro, perdeu a cobranças, mas no rebote de Alisson marcou. Não foi uma partida de muitas chances, como é comm em muitos clássicos. Tite promoveu duas mudanças na equipe, com Paquetá na vaga de Coutinho e Militão no lugar de Marquinhos. O zagueiro do Real foi bem, mas o meia do Milan pouco criou. Finalizou uma vez sem força. Na segunda etapa, Coutinho voltou e criou boa jogada para Jesus, mas foi só. Depois, a Argentina retomou controle da partida e poderia ter marcado. Lautaro perdeu chance clara. E o Brasil só pressionou no fim. Tite colocou Renan Lodi e ainda promoveu estreias de Rodrygo e Wesley, mas o time brasileiro pouco ameaçou.
Fonte: Globo Esporte

Celulares pré-pagos devem ser recadastrados em 17 estados até segunda

14 de novembro de 2019
A Anatel está realizando o recadastramento dos usuários de celulares pré-pagos nacionalmente e clientes em 17 estados tem até o dia 18, próxima segunda-feira, para realizar o processo e não ter sua linha bloqueada. O procedimento deve ser feito apenas por quem está com dados desatualizados e as operadoras avisarão os consumidores com pendências cadastrais. O recadastramento tem como objetivo montar um banco de dados de linhas ativas que poderá ser utilizado para evitar fraudes. O processo já foi feito em alguns locais do país até o dia 15 de outubro. A fase atual está aberta para as cidades localizadas nos 17 estados abaixo: 

Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Piauí, Rio Grande do Norte, Pará, Paraíba, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Roraima, Sergipe e São Paulo.

Caso você seja um dos usuários que precisa passar pelo recadastro, um aviso via mensagem de texto ou ligação será realizado pelas operadoras. Para que os consumidores não sejam enganados, a Anatel divulgou em seu site o formato de SMS e número utilizado por cada empresa de telefonia nos alertas.
Foto: Anatel/Reprodução
As empresas de telefonia também já divulgaram números e sites voltados para o atendimento de clientes que precisam atualizar seus dados. O procedimento também pode ser feito em lojas físicas. Abaixo, você pode conferir os canais de contato e páginas de ajuda divulgadas por cada uma das operadoras:

Claro: site de ajuda - telefone: 1052
Tim: site de ajuda - telefone: *144
Vivo: site de ajuda - telefone: *8486
Oi: site de ajuda - telefone: *144
Algar: site de ajuda - telefone: 1055
Sercomtel: site de ajuda - telefone: 1051

Fonte: Tec Mundo

Zika inibe multiplicação de células do câncer de próstata

14 de novembro de 2019
Após revelar de modo pioneiro o potencial do zika de combater tumores no cérebro, um grupo da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) liderado pelo professor Rodrigo Ramos Catharino mostrou que o vírus também pode ser uma arma contra o câncer de próstata. Por meio de experimentos em laboratório, os cientistas observaram que esse patógeno é capaz de inibir a proliferação das células tumorais na próstata. Os resultados da pesquisa, apoiada pela Fapesp, foram divulgados na revista Scientific Reports. “O próximo passo da investigação envolve testes em animais. Caso os resultados sejam positivos, pretendemos buscar parcerias com empresas para viabilizar os ensaios clínicos, em seres humanos”, disse Catharino, professor da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Unicamp e coordenador do Laboratório Innovare de Biomarcadores. A linha de pesquisa coordenada por Catharino teve início em 2015, quando foi descoberta a relação entre a epidemia de zika e o aumento nos casos de microcefalia nos estados do Nordeste. Depois que estudos confirmaram a capacidade do patógeno de infectar e destruir as células progenitoras neurais – que, nos fetos em desenvolvimento, dão origem aos diversos tipos de células cerebrais – o cientistas idealizou testar o vírus em linhagens de glioblastoma, o tipo mais comum e agressivo de câncer do sistema nervoso central em adultos. “Como também já foi confirmada a transmissão sexual do zika e a preferência do vírus por infectar células reprodutivas, decidimos agora testar seu efeito contra o câncer de próstata”, contou à Agência Fapesp Jeany Delafiori, estudante de doutorado sob a orientação de Catharino. O trabalho vem sendo conduzido com o apoio do Centro de Pesquisa em Obesidade e Comorbidades (OCRC), um CEPID da FAPESP na Unicamp. 

Como tornar o zika um aliado contra o câncer
Em estudo divulgado recentemente, também na Scientific Reports, o grupo de Catharino descobriu que marcadores de inflamação neurológica podiam ser encontrados na saliva de bebês nascidos com microcefalia – e cujas mães foram diagnosticadas com zika durante a gestação – até pelo menos dois anos após o parto. “Na versão ‘selvagem’, portanto, o vírus traria efeitos indesejáveis e não poderia ser usado como terapia”, explicou Catharino. Os pesquisadores então decidiram testar se o processo de inativação do zika, que contém esses danos, manteria a capacidade de destruir células tumorais. Entre outros procedimentos, vírus foi aquecido a uma temperatura de 56º C durante uma hora, com o intuito de inibir o potencial de causar infecção. O passo seguinte foi colocar uma cultura de células de câncer de próstata em contato com o zika inativado e, após 24 e 48 horas, comparar com outro grupo de células tumorais. “Na análise feita após 48h, a linhagem que ficou em contato com o vírus inativado apresentou um crescimento 50% menor que a linhagem controle”, contou Delafiori. Ou seja, o câncer se proliferou muito menos, o que justifica seguir com as investigações. 
Por Karina Toledo

Fonte: Agência Fapesp/MSN

terça-feira, 12 de novembro de 2019

Bolsonaro edita medida provisória que extingue o DPVAT a partir de 2020

11 de novembro de 2019
O presidente da República, Jair Bolsonaro, anunciou nesta segunda-feira (11) a edição de uma medida provisória que extingue o seguro obrigatório DPVAT e o DPEM a partir de 2020. O primeiro indeniza vítimas de acidente de trânsito e o segundo vítimas de danos causados por embarcações. "A Medida Provisória tem o potencial de evitar fraudes no DPVAT, bem como amenizar/extinguir os elevados custos de supervisão e de regulação do DPVAT por parte do setor público (Susep, Ministério da Economia, Poder Judiciário, Ministério Público, TCU), viabilizando o cumprimento das recomendações do TCU pela SUSEP", informou o governo em nota. O anúncio foi feito em cerimônia no Palácio do Planalto de lançamento de programa que tenta estimular a contratação de jovens. A medida provisória, porém, não está relacionada ao programa. A medida provisória que acaba com o DPVAT e com o DPEM entra em vigor assim que for publicada no "Diário Oficial da União". Porém, se não for aprovada pelo Congresso em 120 dias perde a validade. Sobre o seguro DPEM, o governo diz não haver seguradora que o oferte e que o mesmo está inoperante desde 2016. Porém, relacionado ao DPEM, "há o Fundo de Indenizações do Seguro (FUNDPEM), cujo responsável é a Agência Brasileira Gestora de Fundos Garantidores e Garantias (ABGF) e tem por objetivo indenizar os acidentes causados por veículos não identificados e inadimplentes".

De acordo com a Seguradora Líder, gestora do DPVAT, no primeiro semestre de 2019 foram pagas:

*18.841 indenizações por morte; 
*103.068 indenizações por invalidez permanente; 
*33.123 indenizações para despesas médicas. 

De acordo com o governo, a medida não vai desamparar os cidadãos em caso de acidentes, já que o Sistema Único de Saúde (SUS) presta atendimento gratuito e universal na rede pública. "Para os segurados do INSS, também há a cobertura do auxílio-doença, aposentadoria por invalidez, auxílio-acidente e de pensão por morte. E mesmo para aqueles que não são segurados do INSS, o Governo Federal também já oferece o Benefício de Prestação Continuada – BPC, que garante o pagamento de um salário mínimo mensal para pessoas que não possuam meios de prover sua subsistência ou de tê-la provida por sua família, nos termos da legislação respectiva", afirma o governo. Os acidentes ocorridos até 31 de dezembro ainda seguem cobertos pelo DPVAT, de modo que a atual gestora do seguro, a Seguradora Líder, continuará até 31 de dezembro de 2025 responsável pelos procedimentos de cobertura dos sinistros ocorridos até 31 de dezembro de 2019. Após o dia 31 de dezembro de 2025, a União sucederá a seguradora nos direitos e obrigações envolvendo o DPVAT. Segundo o governo, o Consórcio do DPVAT contabiliza um total de R$ 8,9 bilhões; sendo que o valor estimado para cobrir as obrigações efetivas do seguro até o fim de 2025 é de aproximadamente R$ 4,2 bilhões. "Quanto ao valor restante, cerca de R$ 4,7 bilhões, para o qual não há previsão de pagamento de indenização, será destinada, em um primeiro momento, à Conta Única do Tesouro Nacional, sob a supervisão da SUSEP, em três parcelas anuais de R$ 1,2 bilhões, em 2020, 2021 e 2022. Tais parcelas são suficientes para compensar as estimativas de repasse ao SUS e ao Denatran, em atendimento ao art. 14 da Lei de Responsabilidade Fiscal", explica o governo em nota. O governo afirma que, caso a seguradora Líder não esteja atendendo aos interesses públicos na defesa dos recursos remanescentes do DPVAT, a Susep deverá transferir as pendências para outra administradora. Em 2019, o valor a ser pago pelo seguro DPVAT varia de R$ 16,21 (automóveis e camionetas ​​particulares/oficiais, missão diplomática, corpo consular e órgão internacional, táxis, carros de aluguel e aprendizagem) a R$ 84,58 no caso de motos e similares. Por lei, o DPVAT protege motoristas, passageiros e pedestres em caso de acidente de trânsito em todo o território nacional. As indenizações podem ser requeridas em casos de: morte, invalidez permanente ou para pagamento de despesas médicas suplementares. 

No ano passado foram arrecadados R$ 4,6 bilhões com o seguro obrigatório DPVAT. Do valor arrecadado: 

*45% foram usados no financiamento do SUS: R$ 2,1 bilhões; 
*5% foram usados pelo Denatran para financiamento de programas de educação no trânsito: R$ 233,5 milhões; 
*50% foram usados para pagamentos de prêmios do DPVAT: R$ 2,3 bilhões. 

Também em 2018, de acordo com a seguradora Líder, foi pago um total de R$ 1,9 bilhões em 328.142 indenizações. Foram identificados também 11.898 casos de fraude no seguro. De 2008 a 2018, o Fundo Nacional de Saúde (do SUS) recebeu R$ 33,3 bilhões do DPVAT.
Imagem: Google

Fonte: G1

segunda-feira, 11 de novembro de 2019

México concede asilo, e Evo Morales deixa a Bolívia

11 de novembro de 2019
Evo Morales renunciou à presidência da Bolívia no domingo (10). — Foto: Enzo De Luca/Agencia Boliviana de Informacion via A
O México anunciou nesta segunda-feira (11) que concedeu asilo político a Evo Morales. De acordo com o chanceler mexicano, Marcelo Ebrard, o ex-presidente da Bolívia pediu proteção um dia depois de deixar o cargo sob pressão de opositores, militares e policiais. Evo embarcou por volta das 23h (horário de Brasília) na aeronave cedida pelo governo mexicano em Chimoré, perto de Cochabamba – antigo reduto do ex-presidente –, informou Ebrard. Antes, o avião fez uma parada para abastecimento no Peru, que autorizou a entrada do avião no espaço aéreo local. De acordo com a agência Reuters, o governo mexicano pediu ao Ministério das Relações Exteriores boliviano que garantisse a saída segura de Evo Morales do país. Em mensagem publicada antes de embarcar, Evo agradeceu ao México "pelo desprendimento do governo desse povo irmão que nós deu asilo para cuidar de nossa vida". A Organização dos Estados Americanos (OEA) – que marcou reunião para esta terça-feira – está avisada da decisão. O governo do México afirmou mais cedo nesta segunda que reconhece Evo Morales como presidente "legítimo" da Bolívia, e denunciou que sua renúncia se deve a um "golpe" dado pelo Exército, o que classificou como um grave retrocesso para a região. Ebrard disse que o governo do presidente Andrés Manuel López Obrador não reconhecerá um governo de caráter militar na Bolívia. "A postura que o México definiu no dia de hoje é de reivindicar, pedir respeito à ordem constitucional e à democracia na Bolívia", acrescentou o chanceler. O ministro vai pedir reunião à OEA, mas acusou a organização de permanecer em silêncio diante do "pronunciamento militar e das operações policiais". Evo Morales, pouco depois do anúncio do asilo, publicou a seguinte mensagem no Twitter: "Peço ao meu povo com muito carinho e respeito que cuidem da paz e não caiam na violência de grupos que buscam destruir o estado de direito. Não podemos nos enfrentar entre irmãos bolivianos. Falo chamado urgente para resolver qualquer diferença com diálogo e concertação", escreveu. 

Carta de Renúncia
O Parlamento da Bolívia recebeu nesta segunda-feira a carta com o pedido de renúncia de Evo Morales à Presidência do país. No texto, obtido pelo jornal "El Deber" e pela agência EFE, o ex-presidente afirma que se retirou do poder devido a "um golpe de estado político cívico policial". "Minha responsabilidade como presidente indígena e de todos os bolivianos é evitar que os golpistas sigam perseguindo meus irmãos e irmãs dirigentes sindicais, maltratando e sequestrando seus familiares, queimando casas de governadores, de parlamentares e de conselheiros", afirma Evo, em carta. A segunda vice-presidente do Senado, a opositora Jeanine Añez, disse que a carta de renúncia será apreciada em sessão nesta terça-feira, às 11h30 (horário local, 12h30 em Brasília). Além disso, Añez reivindicou o direito de assumir interinamente a Presidência da Bolívia – afinal, o vice de Evo e os presidentes da Câmara e do Senado também renunciaram. Em discurso, Añez garantiu que respeitará os parlamentares do Movimento para o Socialismo (MAS), partido de Evo que detém maioria no Congresso. A senadora também afirmou que espera que a mudança de governo ocorra até 22 de janeiro. Depois de Evo, deixaram o posto o vice-presidente Álvaro García, a presidente do Senado, Adriana Salvatierra, o vice-presidente do Senado, Rubén Medinacelli, e o titular da Câmara dos Deputados, Víctor Borda. A Constituição prevê que a sucessão começa com o vice-presidente, depois passa para o titular do Senado e depois para o presidente da Câmara dos Deputados, mas todos eles renunciaram com Evo. 

Confrontos em La Paz
A renúncia de Evo Morales repercutiu em conflitos pela Bolívia, sobretudo na região de La Paz, onde apoiadores do ex-presidente deixaram bairros e cidades vizinhas como El Alto para protestar em bairros mais nobres da sede do governo boliviano. Os manifestantes incendiaram ônibus e entraram em confronto com forças de segurança locais. Alguns ainda fizeram piquetes e bloquearam estradas. Segundo o jornal "El Deber", à noite, grupos incendiaram casas e saquearam lojas. O comandante geral da polícia, Vladimir Yuri Calderón, renunciou nesta segunda-feira depois dos incidentes violentos. Um vídeo difundido entre os bolivianos mostra pessoas dentro da propriedade do próprio Evo Morales, depois que ele voou para outra parte do país. O imóvel foi alvo de pichação. Figuras importantes da oposição e o acadêmico Waldo Albarracin relataram em redes sociais que tiveram suas casas incendiadas por apoiadores de Evo. A residência de uma jornalista da Televisão Universitária também foi queimada. Em alguns bairros, vizinhos organizaram piquetes e barricadas de contenção. Houve ainda ataques a pátios de ônibus – em uma das centrais, 33 veículos viraram cinzas. 

Reunião internacional
A Organização dos Estados Americanos (OEA) terá reunião nesta terça-feira para discutir a situação da Bolívia. O encontro foi convocado pelo Brasil e outros países: Canadá, Colômbia, Estados Unidos, Guatemala, Peru, República Dominicana e pela representação de Juan Guaidó na Venezuela. "Da mesma forma, é importante que a justiça continue investigando as responsabilidades existentes em relação à prática de crimes relacionados ao processo eleitoral realizado em 20 de outubro, até as últimas consequências", completa a nota. Em nota, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou que a renúncia de Evo representa "um significante momento para a democracia no Hemisfério Ocidental" e que a decisão do ex-presidente em deixar o cargo "preserva a democracia" na Bolívia. Trump ainda acrescentou que a crise na Bolívia é um "forte sinal" para os "regimes ilegítimos" na Venezuela, de Nicolás Maduro, e da Nicarágua, de Daniel Ortega.

Fonte: G1

Espaço do leitor: Opinião de comunitário sobre o ex-prefeito Júlio Lóssio

10 de novembro de 2019
"Venho através deste blog demonstrar minha opinião em relação ao ex-prefeito Júlio Lóssio. Em primeiro lugar quero desafiar qualquer cidadão petrolinense a dizer que o Leão Léo Vinícius já adulou algum político, qualquer um que seja. Já afirmei a toda Petrolina que dependo apenas de Deus e de meu trabalho para que eu e minha família possamos sobreviver, diferente de 90% desses que vivem nas rádios locais, que na sua grande maioria, são 'funcionários' desses políticos aliados do desespero que ali estão. Mais não poderia me calar com tamanha injustiça feita ao ex-prefeito que fez as melhores AMEs de nossa Petrolina, as únicas quadras cobertas, o maior projeto habitacional de Pernambuco, o maior programa de creches do Brasil (Nova Semente). E agora no período pré-eleitoral, aparecerem processos antigos que todos sabemos que não darão em nada. Afinal á tem anos e nada foi provado. Por desespero e coincidências, começaram agora a ser noticiado pela mídia, que por sinal ganham altos abraços do governo atual, e mais uma vez, eu, Leo Vinícius, pergunto a todos: Será que foi devido o ex-prefeito Júlio Lóssio tê-los vencido por dois mandatos consecutivos? Essa é a grande pergunta do Leão Léo Vinícius..."
Assina Comunitário Léo Vinícius

Fonte: Blog Diniz K-9

quinta-feira, 7 de novembro de 2019

6º lote da restituição do imposto de renda será paga neste mês

06 de novembro de 2019
No dia 18 de novembro, a Receita Federal irá pagar o 6º lote da restituição do imposto de renda de 2019. A restituição é a devolução do valor pago a mais ou a menos para a Receita durante o ano anterior. Se houver quantia a receber, o valor é depositado na conta bancária do contribuinte. Para ter acesso, o contribuinte não pode ter pendências de débitos junto à Receita ou à Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional. Os lotes são pagos de acordo com a data de envio do documento e o valor de direito é corrigido pela variação da taxa básica de juros e sem acréscimo de impostos. O 7º lote será pago em 16 dezembro. Quem não for contemplado no 6º pode pesquisar no site da Receita a situação da declaração. Ao acessar, o restituinte será informado sobre sua situação.

Fonte: Agência Brasil

domingo, 3 de novembro de 2019

Satélite revela raio mais longo já registrado com 500 km de comprimento

02 de novembro de 2019
Uma nova pesquisa publicada pelo Boletim da Sociedade Meteorológica Americana registrou um raio que se estendeu por mais de 500 quilômetros acima dos estados de Texas, Oklahoma e Kansas no ano de 2017. Com uma média de 6 a 10 quilômetros, esse em questão se sobressaiu e cruzou o céu dos três estados no sudoeste dos Estados Unidos. Na manhã de 22 de outubro de 2017, uma linha de instabilidade, ou seja, uma série de tempestades que se formavam à frente de uma frente fria, apareceu no sudoeste dos EUA. À 1h13 da manhã no horário local, um raio apareceu acima do norte do Texas e se espalhou rapidamente na direção norte-nordeste através de Oklahoma, terminando finalmente no sudeste do Kansas. No total, o megaflash viajou mais de 500 quilômetros, iluminando uma área de 67.845 quilômetros quadrados. Os "megaflashes", como são conhecidos cientificamente, se estendem por mais de 100 quilômetros de comprimento. "A extensão horizontal de um raio dentro da nuvem, no entanto, pode ser muito mais longa, atingindo dimensões de 'mesoescala' em grandes sistemas de tempestades", escreveram os autores do novo estudo, liderado por Walter Lyons da FMA Research em Fort Collins, no Colorado. Para chegar aos resultados do estudo, os pesquisadores coletaram dados do Mapeador Geoestacionário de Raios (GLM) a bordo dos satélites GOES 16 e GOES 17 da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica dos EUA (NOAA, na sigla em inglês), lançados em 2016 e 2018, respectivamente.

Fonte: Tilt/UOL

Casal é preso suspeito de estuprar irmãs de 7 e 9 anos no Mato Grosso

02 de novembro de 2019

Um casal foi preso acusado de amordaçar, amarrar e estuprar duas crianças de 7 e 9 anos em Cocalinho, no Mato Grosso, na última quinta-feira (31). De acordo com a Polícia Civil, o homem e a mulher não tinham vínculo da família, mas cuidavam das crianças enquanto os pais estavam trabalhando. Os suspeitos, que não tiveram a identidade revelada, vão responder por estupro de vulnerável. Os dois foram presos na casa onde viviam na zona rural da cidade. O pai das meninas trabalha em uma fazenda e só fica com elas durante os finais de semana. O caso começou a ser apurado em 14 de janeiro, após uma assistente social denunciar o caso para a polícia. Os abusos eram cometidos pelo homem com a ajuda da esposa. A mulher amarrava e amordaçava as jovens para que elas não pudessem pedir ajuda. Ainda segundo a polícia, durante as investigações, o casal fugiu de Cocalino e chegou a ir para Goiás, passando por diversas cidades diferentes, dificultando o trabalho dos agentes. “Logo eles resolveram voltar para Mato Grosso, foi quando finalmente conseguimos efetuar a prisão deles em uma fazenda no município de Novo São Joaquim”, destacou o delegado, Valmon Pereira da Silva em nota divulgada. O casal foi encaminhado para unidades prisionais da região ficando à disposição da Justiça.

Fonte: Rede TV/UOL

PF prende em São Paulo maior traficante de pessoas do mundo

02 de novembro de 2019
A Polícia Federal, em uma ação conjunta com a Agência Norte-Americana de Imigração, prendeu na última quinta-feira (31) em São Paulo Saifullah Manun, apontado como o maior traficante de imigrantes do mundo. Natural de Bangladesh, Manun foi detido no Brás, região central de São Paulo, onde morava há seis anos. Ele é suspeito de comandar uma organização criminosa que já levou quase 200 pessoas do continente asiático para os Estados Unidos passando pelo Brasil. Grande parte das pessoas que foram levadas ilegalmente para os Estados Unidos eram de países do sul da Ásia, como Paquistão, Índia e Afeganistão. Os imigrantes desembarcavam no Aeroporto Internacional de Guarulhos e eram transportados para Rio Branco, no Acre. A partir daí, eles faziam a perigosa travessia por nações das Américas do Sul, Central e do Norte até chegar ilegalmente em solo norte-americano. De acordo com as autoridades norte-americanas, Manun possui permanência de refugiado no país e era dono de um mercado no Brás e de uma agência de turismo. Ele estava na lista de procurados da Interpol. "Eles utilizariam como método para a introdução desses estrangeiros no território nacional a legislação de refúgio, solicitações de refúgio que eram feitas por esses imigrantes que tinham por objetivo de ingressar no país e migrar posteriormente, com a ajuda desse grupo para os Estados Unidos", disse o delegado da Polícia Federal, Marcelo Ivo de Carvalho. "Havia um advogado que dava todo o suporte, toda a assistência a essas pessoas. Esse advogado ele fazia petições de pedido de refúgio até mesmo antes desses estrangeiros chegarem, que chegassem ao ter nacional e acompanhava todo o desembarque desses estrangeiros. Então essa participação desse advogado contribuiu e muito para realização dessa atividade ilícita", concluiu. No total, cinco imigrantes que estavam detidos foram resgatados pelas autoridades. A polícia cumpriu oito mandados de prisão e outros 18 de busca e apreensão. Estavam envolvidos na ação 20 países. Segundo as autoridades, a rede criminosa chegou a movimentar R$ 40 milhões e 42 contas bancárias foram bloqueadas. 

Fonte: Leia Mais

Câncer de próstata mata 42 pessoas por dia em todo o país

01 de novembro de 2019
Resultado de imagem para novembro azul"
Por dia, 42 homens morrem em decorrência do câncer de próstata, e aproximadamente três milhões vivem com a doença no Brasil, segundo a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU). Essa patologia é a segunda principal causa de óbitos e a mais comum entre os homens em todo o mundo, ou seja, a segunda mais letal depois do câncer de pele não melanoma. O Instituto Nacional do Câncer (Inca) estima que este ano será registrado um total de 68,2 mil casos, 850 no Distrito Federal. Em sua fase inicial, a enfermidade tem evolução silenciosa e a maioria dos homens não apresenta sintomas. Quando manifestada, os sintomas são semelhantes aos do crescimento benigno da próstata, como dificuldade de urinar ou necessidade de urinar mais vezes. Em sua fase mais avançada pode provocar, além dos sintomas urinários, dor óssea, infecção generalizada ou insuficiência renal. 

Avanços
As tecnologias para o tratamento evoluíram bastante nos últimos cinco anos, destaca o coordenador do departamento de Uro-Oncologia da SBU, Dr. Wilson Busato. “De 2015 para cá, tivemos grandes avanços como a ressonância multiparamétrica da próstata, que consegue localizar os tumores com maior chance no início”, disse. Segundo ele, atualmente há medicamentos com resposta de melhora média de 72%. O doutor em urologia pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Ricardo Ferro, chama atenção para a diferença no comportamento feminino. “A grande questão que existe é que a mulher, ao iniciar vida sexual, procura um ginecologista, que passa a ser médico de avaliação periódica, e é justamente essa avaliação periódica que faz diferença. Os homens tendem a procurar um médico apenas quando apresentam sintomas, mas deveriam se espelhar na mulher e ter um urologista para acompanhamento toda a vida, especialmente homens com fatores de risco”, ressaltou. O médico acredita que as campanhas ainda são insuficientes. “O Brasil tem um programa de saúde da mulher há mais de 40 anos. Entretanto, não há nada disso para os homens”, comparou. Quando o assunto é câncer, os especialistas ressaltam a importância do diagnóstico precoce e de informação. A Secretaria de Saúde do DF informou, no entanto, que ainda não há programação para a prevenção do câncer de próstata, mas afirmou que não haverá a campanha Novembro Azul, como o Outubro Rosa (de prevenção do câncer de mama) feita no mês passado. Questionada, a assessoria do Ministério da Saúde não informou se fará a campanha. “Essas campanhas são importantes para que a sociedade, de forma geral, coloque em voga o assunto, difunda o conhecimento e saiba da importância do diagnóstico precoce. Detectando mais tarde (a doença), dificilmente haverá capacidade de cura, e os tratamentos paliativos causam perda da qualidade de vida”, explicou o urologista Ricardo Ferro. 
Imagem: Google

Fonte: Diário de Pernambuco

quinta-feira, 31 de outubro de 2019

Trailer do Filme: Bad Boys Para Sempre

31 de outubro de 2019
Fonte: You Tube

Governo entrega ao Congresso projeto que garante aposentadoria especial para profissões de risco

30 de outubro de 2019
O governo entregou nesta quarta-feira (30) a um grupo de senadores o texto do projeto que vai estabelecer aposentadoria especial para profissões consideradas de risco. A reforma da Previdência, já aprovada pelo Congresso, determina que trabalhadores expostos a agentes químicos nocivos à saúde terão direito de se aposentar com regras específicas. O projeto proposto nesta quarta deve garantir essas mesmas condições diferenciadas a mineradores, vigilantes armados e profissionais que trabalham com alta tensão de energia. Hoje, não há legislação que defina critérios de aposentadoria para trabalhos considerados periculosos. Assim, há um vácuo jurídico que permite concessões de aposentadoria especial para diversas categorias. O secretário especial de Previdência do Ministério da Economia, Rogério Marinho, e o secretário especial adjunto, Bruno Bianco, entregaram o texto para o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), no gabinete do parlamentar. "A questão de categoria, desde o princípio, foi afastada na própria PEC. A periculosidade se dá pelo exercício da atividade e não em função da categoria, pela exposição a agentes nocivos", explicou Marinho. Para começar a tramitar no Congresso, a proposta precisa ser apresentada por um parlamentar. O líder do MDB, senador Eduardo Braga (AM), será o autor da medida. De acordo com Bezerra, a previsão é de que a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) vote o texto na próxima quarta-feira (6). A reforma da Previdência, aprovada pelo Senado em segundo turno na semana passada, ainda precisa ser promulgada em sessão do Congresso para entrar em vigor e fazer parte da Constituição brasileira. O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), chegou a dizer, após a conclusão da votação, que gostaria de "organizar" este projeto das profissões de risco antes de promulgar a reforma.
Imagem: Google

Fonte: G1

Mega-Sena, concurso 2.203: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 40 milhões

30 de outubro de 2019
Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.203, realizado na noite desta quarta (30) em São Paulo (SP). O prêmio acumulou. As dezenas sorteadas foram: 17 - 34 - 46 - 49 - 50 - 57. A quina teve 57 apostas ganhadoras; cada uma receberá R$ 49.414,01. Outras 4.811 apostas acertaram a quadra; cada uma ganhará R$ 836,35. O próximo concurso (2.204) será no sábado (2). O prêmio é estimado em R$ 40 milhões. 

Para apostar na Mega-Sena
As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país ou pela internet. A aposta mínima custa R$ 3,50. 

Probabilidades
A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 3,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa. Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 17.517,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.

Fonte: G1

quarta-feira, 30 de outubro de 2019

Prefeitura de Petrolina e Facape lançam projeto para estimular negócios de pequenas e médias empresas

30 de outubro de 2019
Aprimorar as vendas e diminuir erros de pequenas e médias empresas, essas são as principais metas de um projeto de consultoria gratuita em uma parceria entre a Prefeitura de Petrolina e a Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape). A iniciativa foi lançada nessa terça-feira (29) pelo prefeito Miguel Coelho junto com estudantes, professores, especialistas e 50 empreendedores da cidade. Denominado “Empreender Mais”, o projeto fornecerá consultorias e capacitações para empresas que estão começando ou em fase de amadurecimento dos negócios. Os empresários terão acompanhamento de técnicos da Agência do Empreendedor (AGE), estudantes de cursos da Facape e professores da instituição de ensino para evitar erros comuns na condução dos empreendimentos. Além disso, serão dadas dicas para fortalecer as vendas e melhorar o planejamento dessas empresas apoiadas pelo projeto. No lançamento do Empreender Mais, o prefeito Miguel Coelho destacou a importância de incentivar negócios em Petrolina como forma de manter a economia local aquecida. “Neste ano, a AGE já garantiu mais de R$ 1 milhão em financiamentos para os empreendedores de Petrolina em condições muito favoráveis. Agora, com a união de especialistas da agência com estudantes e professores da Facape vamos acelerar essas empresas, dar mais segurança, planejamento e, dessa forma, gerar renda, empregos e uma economia dinâmica em Petrolina”, ressaltou o prefeito. 
Ascom PMP/Foto: Alexandre Justino

Fonte: Blog Diniz K-9

Plano Mais Brasil deverá chegar ao Senado nesta quarta-feira (30), diz líder do governo

30 de outubro de 2019
O governo deve enviar ao Senado nesta quarta-feira (30) um conjunto de medidas para elevar o controle fiscal, flexibilizar o Orçamento e avançar na partilha de recursos federais com estados e municípios. Segundo o líder do governo, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), esse conjunto de medidas está sendo chamado de Plano Mais Brasil. “É um novo marco legal para o pacto federativo, uma nova ordem fiscal”, resumiu. Segundo o senador, o Plano inclui medidas para desvincular, desindexar e desobrigar os gastos, eliminando as amarras do Orçamento, e cria o Conselho Fiscal da República, com a participação de representantes dos três poderes. Também reúne medidas para ampliar os repasses de recursos da União e dar mais autonomia, inclusive, diminuindo a participação do governo federal na recuperação fiscal de estados e municípios. “Destaco a sequência da partilha de recursos com estados e municípios, mas, dentro desse entendimento, há uma série de iniciativas para diminuir a judicialização de estados com a União e também criando mecanismos de autonomia dos entes federativos para que a União fique liberada de fazer resgates de entes federativos”, explicou o líder do governo. “Hoje, muitas vezes a gestão termina sendo uma gestão fiscal imprudente porque sempre os gestores acham que terão a União por trás, para resgatar. Então a ideia é criar um novo volume de partilha, que vai surpreender, mas a grande novidade é que a partir de agora cada um cuida de si”, acrescentou. 
Ascom Senador Fernando Bezerra Coelho

Fonte: Blog Diniz K-9

Abertas inscrições para concurso público da Câmara de Cabrobó-PE

30 de outubro de 2019
Já estão abertas as inscrições para o concurso público da Câmara Municipal de Cabrobó (PE), Sertão do São Francisco. O certame oferece 4 vagas para Auxiliar Administrativo com carga horária de 40h semanais e salário de R$ 1.000,00. As provas serão aplicadas pela PLANEJAR (Consultoria e Planejamento Ltda EPP). As inscrições devem ser feitas no site: www.planejarconcursos.com.br até o próximo dia 22 de novembro. A taxa de inscrição é de R$: 80,00. De acordo com o edital, serão 40 questões de nível médio com conhecimentos gerais e específicos. O período para pedir isenção vai até amanhã (31) e a aplicação das provas está prevista para acontecer no dia 12 de dezembro. Outros detalhes no edital (veja aqui).

Fonte: Blog do Carlos Britto

iFood terá robôs no processo de entrega de pedidos a partir de 2020

30 de outubro de 2019
Um robô que utiliza inteligência artificial, 100% autônomo e elétrico será utilizado a partir de janeiro de 2020 na operação da entrega do aplicativo iFood. O projeto piloto foi desenvolvido para atender as necessidades de operação do iFood, em parceria com a Synkar, empresa especializada em inteligência artificial. Na fase de testes, o veículo autônomo fará a primeira etapa do deslocamento da entrega , retirando o pedido no restaurante, localizado dentro da praça de alimentação, e levando até o iFood Hub, uma estrutura física onde o entregador retira os pedidos e finaliza a entrega por moto ou bike, por exemplo. Na fase seguinte de testes, o robô contemplará a última etapa da entrega, que compreende em receber o pedido pelo entregador e deslocá-lo até o consumidor dentro de grandes condomínios residenciais. “O uso de robôs autônomos é um passo em direção à aplicação de inteligência artificial para uma experiência de entrega ainda mais eficiente”, conta Fernando Martins, gerente de Inovação Logística do iFood. ''É com o olhar para o futuro que estamos sendo pioneiros em testar equipamentos autônomos para entregas, garantindo otimização logística pela complementaridade com outros modais. Depois dos primeiros três meses de teste, teremos uma ideia mais concreta de como poderemos escalar", acrescenta Martins. “Essa iniciativa é um marco para a indústria e mobilidade urbana no Brasil. Ela representa o domínio de uma tecnologia que poderá ser a chave para colocar o país entre os mais competitivos do mundo. A parceria com o iFood é especialmente estratégica pela sua possibilidade de massificação da tecnologia de carros autônomos”, afirma Matheus Theodoro, CEO da Synkar Autonomous, do Grupo Data H. 

Fonte: iG